Resenha: A Hora do Lobisomem

Um livro do Stephen King tão curto que coube na minha caixa de correio. Pode isso, gente? Este é A Hora do Lobisomem, reedição da obra clássica do autor, em nova capa (dura!) e roupagem. Mas, além de ser uma edição linda de se ter na estante, o livro vale a pena?

Sim. E por quê? Porque mesmo quando não é a melhor obra de Stephen King, ele ainda consegue surpreender.

“UMA CRIATURA CHEGOU A TARKER’S MILLS. A HORA DELA É AGORA, O LUGAR DELA É AQUI

O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora, a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’sMill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu,um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada. Um clássico de Stephen King,com as ilustrações originais de Bernie Wrightson.” Fonte

Comecei a ler A Hora do Lobisomem no café da manhã de domingo e terminei antes do almoço. Como se costuma dizer: li-o de uma sentada. Foi o livro mais rápido do King que eu li – e talvez um dos livros que li mais rápido na vida. Comecei-o sem pretensões, fiquei aborrecida nos primeiros capítulos, que narravam apenas mortes e encontros sangrentos com o lobisomem, mas, quando o menino Marty apareceu… Bem, digamos que aí King fez sua mágica.

É engraçado como, até mesmo em outras que não são suas melhores, o autor consegue manter o interesse do leitor. Stephen King é realmente um mestre das palavras. Ele sabe como criar tensão, como cativar, como fazer com que você não queira largar um livro. Mesmo entediada nos primeiros capítulos, havia alguma magia que me fazia querer continuar virando as páginas; eu continuava dizendo a mim mesma “vou pausar a leitura no próximo capítulo”, mas protelei a decisão até que apareceu o melhor personagem do livro – Marty, um garoto de dez anos, cadeirante, que só queria ver os fogos do 4 de julho, cancelados por causa do lobisomem. O menino mostra a marca registrada do autor, que gosta de inserir heróis improváveis, muitas vezes crianças.

A partir de então, a leitura progrediu, tornou-se deliciosa, e eu só queria saber se e como o menino conseguiria derrotar o monstro. Mais interessante ainda é o paralelo religioso que King faz no livro, questionando religião x moralidade. Não posso contar muito para não soltar spoilers, mas devo dizer que essa parte é uma das melhores e muito surpreendente.

Clique na imagem para assistir um vídeo da edição.

É claro que a gente precisa parar e falar (muito!) desta edição lindíssima da Suma de Letras. Essa coleção do Stephen King está de arrasar e com A Hora do Lobisomem não foi diferente, aliás, talvez tenha sido até melhor! Para começar: capa dura, com relevo no lobisomem; além disso, todos os capítulos são belamente ilustrados por Bernie Wrightson, acrescentando ainda mais à experiência e contribuindo para dar um ar “quadrinesco” à obra. Quer mais? No final do livro há quatro ilustrações e depoimentos de ilustradores brasileiros (e todas elas são de cair o queixo de tão incríveis)!

Agora, é um dos melhores livros do Stephen King? Não, não é. O começo é tedioso, parece mais do mesmo, sem envolvimento, porém quando conhecemos o personagem principal e começamos a compreender para onde a história está se encaminhando, fica impossível parar de ler. Como já disse antes: King sempre surpreende.

Livro gentilmente cedido para resenha pela Suma de Letras, selo do Grupo Companhia das Letras.

Ficha Técnica

Título: A Hora do Lobisomem
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 152
Onde comprar: Livraria Cultura / Amazon / Saraiva / Livraria da Folha / Livraria da Travessa / Submarino / Shoptime / Americanas
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Viviane disse:

    Oi, eu já estava louca por esta nova edição em capa dura, e agora, lendo tua resenha, fiquei com ainda mais vontade de ler. São poucos os livros que lemos “em uma sentada”, então este deve ser muito bom mesmo.
    Já li alguns livros do King, mas pouca coisa, comparada a quantidade de livros publicados.
    Parabéns pela resenha.
    P.S. Mega curiosa pelos depoimentos no final do livro.
    Bjos
    Vivi

  • Nina Spim disse:

    Oi, tudo bem? Nunca li nada do Stephen, porque o gênero não passa nem perto da minha estante, mas fiquei interessada na temática. Gosto do sobrenatural e gosta dessa crueza que os livros contemporâneos de fantasia perderam um pouco. Bom saber que o autor volta a honrar a fantasia e o sobrenatural com originalidade. Fiquei curiosa para saber mais sobre o garotinho… E essa capa? Bem bonita e convidativa! :) Adorei a resenha, me convenceu a ler hihi.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

  • Morgana Brunner disse:

    Menina fiquei extremamente curiosa em ler esse livro que você nem imagina, gosto de tudo que envolva lobisomens e com toda certeza essa seria uma ótima pedida, gostei da capa e ainda mais sendo do King né.
    Beijinhos

  • Lana Silva disse:

    Nunca li nada deste autor, apesar de alguns de seus livros estarem na minha lista de desejados. No entanto está obra, após ler sua sinopse não possui uma estória que me envolve, até porque o começo me pareceu ser tedioso, e talvez eu não deva começar a ler as obras deste autor, por um que não e uma das suas melhores. A edição está linda, mas não me interessei pela leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro “Dois Mundos”, o primeiro da série “Tesouros da Tribo de Dana” da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

  • Jennifer Silva disse:

    Aaah que demaais! Eu tenho muita curiosidade de ler os livros do Stephen, sempre ouço comentários positivos sobre as suas obras. Sua resenha está incrível, fiquei curiosa em relação ao lobisomem, vou anotar a sua dica com certeza! Bjss.

  • Fábrica dos Convites disse:

    Concordo contigo, o autor sempre nos surpreende. É inquestionável sua qualidade para criar enredos tensos e que prendem o leitor. Este eu não li ainda, mas confesso que adoro um enredo com lobisomem…
    Bjs, Rose

  • Garotas Devorando Livros disse:

    Olá!

    Seu disser que ainda não li nada do Stephen King você acredita? Confesso que me falta coragem, mesmo só escutando maravilhas do autor ainda não me sinto inclinada para encarar o gênero que ele se dedica, ainda mais porque os livros são enormes. Mas depois dessa resenha, mesmo o livro não sendo o melhor de todos me agradou pelo tamanho (e a edição) então talvez em breve eu comece por esse livro e se tudo der certo vou evoluindo.

    Beijos e Sucesso!!!

  • Camila Mondaini disse:

    Olá!
    King é sempre o mestre do suspense e mesmo eu não gostando muito de seres sobrenaturais fiquei com muita vontade de ler esse livro! Que bom que a leitura foi maravilhosa para você!

    beijinhos!

  • Beatriz Andrade disse:

    Eu estou nas últimas 10 páginas do livro e estou amando!!! Gostei da sua sinceridade na resenha. Eu passei anos sem conseguir ler nada do King porque li O Iluminado há muito tempo e fiquei traumatizada. Voltei a ler as obras desses tem uns 3 meses e ainda estou me adaptando, mas fico maravilhada com os livros que leio.

  • Karina Rezende disse:

    Oii, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada do Stephen King? Estou com alguns livros dele parados aqui na minha casa, preciso tomar coragem hahah
    Essa edição está simplesmente linda e espero poder lê-la em breve, porque adoro histórias que envolvem vampiros.
    Beijos,
    Karina.

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Esse livro ainda não entrou para minha lista de desejados, mas gostei bastante da premissa e da forma como King desenvolve a trama. Certamente lerei em algum momento, tenho gostado bastante desse estilo de escrita, mas ando meio sem tempo pra pegar mais leituras.
    Concordo que a capa da Suma está muito bacana.
    Beijos!

  • Amanda melo disse:

    Aiin eu tava louca por esse livro! Comprei no Kindle, mas ainda não tive tempo de ler. Eu assisti o nevoeiro. A série baseada em um dos contos dele. Vc já leu ou assistiu? Tem o mesmo teor que esse livro! Essa pegada de suspense e triller é maravilhosa.

  • Kamila Villarreal disse:

    Olá!

    Dele só li Carrie a Estranha (amei, inclusive), tenho vontade de ler outras obras mas nunca sei por onde começar. Talvez esse eu não leia, por causa do começo modorrento, livros assim costumo abandonar porque não tenho paciência.

  • lilian farias disse:

    Olá. conheço esse livro, mas, infelizmente não tive o privilégio de ler, apesar de muito querer. “Stephen King é realmente um mestre das palavras” não posso ser leviana em discordar. Essa edição realmente está um luxo, enfim, tudo o que preciso, parabéns pela resenha.

  • Grazielli de Moraes disse:

    Oie amore,

    Ainda não li nada do SK, mas esse não sei porque não me interessou.
    Tenho alguns anotados aqui pra ler futuramente.
    Passo a dica hoje, mas parabéns pela resenha!

    Beijokas!

  • Bruno Marukesu disse:

    Oi, Karen ^^
    Não é a toa que o Stephen é o rei do terror!
    Infelizmente, ele possui uma qualidade que vejo como também um defeito: detalhadamente desnecessário.
    Todas as obras que peguei dele tem detalhes que não considero relevantes, que se pulados não interferem no entender da obra. Infelizmente, ele parece que não corrigiu ou sabe que tal forma de escrita é o que prende os seus leitores que buscam avidamente pelas cenas de tirar o coração e congelar os dedos. Ele acaba nos prendendo em suas teias e nos tem como refém até o final.
    Temos aquela sensação de que a leitura não foi lá das melhores e é melhor só lembrar dos momentos bons.
    A HORA DO LOBISOMEM é uma das obras que desejo ler principalmente por conta dessa nova edição. Suma está arransando com essa biblioteca do vó King.
    Parabéns pela resenha e obrigado pela sinceridade na resenha. :)
    Abraços.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem