Resenha: A Primeira Chance

A_PRIMEIRA_CHANCESinopse:Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil… Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.
Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.
Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la… Fonte

Essa resenha contém spoilers dos livros anteriores de Rosemary Beach. Mas não tão graves.

Eis aqui a história de Grant que eu esperava ansiosamente! Eu vou ficar devendo a resenha de Rush sem Limites,  por enquanto, porque não achei o livro tão relevante assim para a série e pode ser lido fora de ordem.

Desde o primeiro livro eu gostei do Grant e sabia que teria uma história dele. Inclusive, achei que seria antes do Woods, mas tudo bem. A espera valeu a pena? Bem… A verdade é que a série Rosemary Beach está começando a cansar. Adoro o Grant, a história dele com a Harlow é bem bacana, mas temos aqui algumas repetições.

Digamos apenas que Harlow é quase uma segunda Blaire – inocente e com um drama em sua vida – e Grant é mais legal que o Rush (ainda bem) em determinados aspectos. Principalmente por odiar a Nan, que foi uma vaca com ele – aliás, a Nan é praticamente a vilã da série e só vai se redimir no último livro (se não me engano o décimo terceiro) da série. E embora Grant odeie Nan, ele sofre da famosa recaída, não no sentido sentimental, mas do físico mesmo. E isso ferra tudo entre eles, porque Nan é irmã de Harlow por parte de pai e as duas se odeiam. 

Sabe Cinderella e uma das irmãs más? Pois é, tirando a parte que Cinderella tem que limpar a casa e etc.

Fora essa semelhança entre as mocinhas, temos o drama história: Grant é uma pessoa carente, ao mesmo tempo que tem muito medo de se relacionar com alguém por medo de perder o controle de si mesmo caso perca essa pessoa. Contraditório, mas é isso. Por isso, quando Jace morre e Grant vê a reação de Beth no enterro, ele decide se afastar de Harlow, encontrando com ela só meses depois – justamente quando havia passado uma noite com Nan… Então é a vez de Harlow recuar, fazendo com que Grant corra atrás do prejuízo.

Claro que havia mais dramas em relação à Harlow: além de ser a filha preferida hostilizada pela irmã, ela tem outros problemas familiares e pessoais – que seriam spoilers, então não vou contar – que fazem com que ela crie uma barreira contra relacionamentos. E dá-lhe Grant sofrer para conquistar a moça (na verdade, acho que ele nem sofre tanto assim rs). Aliás, o livro se chama “A primeira chance”, mas de boa, Grant tem várias “chances” aqui.

Sobre a história: A narrativa continua viciante e com ritmo envolvente. Talvez por isso eu continue com a série. Temos cenas hots³ (claro) bem, mas bem quentes, mostrando Grant como quase um dominador. Um lado dele que não achei que veria. Nesse livro também conhecemos o irmão de Harlow, Mase, que – que surpresa só que não – também ganha dois livros na série de Rosemary Beach!

A história de Grant e Harlow ainda rendem mais um livro, então vamos aguardar cenas do próximo capítulo.

Recomendo? Sim, principalmente se você for fã da série e se você quer ver um romance um pouco mais açucarado e quente ao mesmo tempo.

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

Arqueiro_parceria

Ficha técnica:

Nome: A Primeira Chance
Autor: Abbi Glines
Páginas: 257
Editora: Arqueiro
Onde comprar: Saraiva / Saraiva Digital / Submarino / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Fábrica dos Convites disse:

    Este até agora foi o meu casal favorito da série. Talvez por não ter aquela briga toda antes de se acertarem, sei lá. Também acho a escrita da autora viciante, motivo que também continuo seguindo a série. Não achei o título adequado, justamente por não ser uma chance apenas.
    Bjs, Rose.

  • Lucy disse:

    Oi, Rose! :D
    O Grant é aquele cara que a gente começa a gostar de vez, né? Pena que ele teve muitos altos e baixos nessa história, mostrando que ele também não é santo! hehehe
    Concordo com você sobre o título, mas enfim, vamos aguardar cenas do próximo capítulo!
    Bjos!

  • Milena Soares disse:

    Estou doida pra ler esse livro, curto muito essa série da Abbi Glines, acho sua escrita ótima e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

  • Lucy disse:

    Oi, Milena!
    Eu acho que você vai gostar desse livro, porque o Grant, apesar de alguns deslizes, acaba sendo um fofo. rsrs
    Bjos!

  • Fran Ferreira disse:

    Oi Lucy.
    Nossa, são tantas series que estou louca para ler que ate me perco kkkk.
    Já tinha me apaixonado pela serie, mas preciso confessar que nunca prestei atenção na quantidade de livros pertencentes a ela, ai meus saia, haja leitura sequente kkkkkk. So estou esperando vencer o prazo que estipulei para comprar livros novamente que essa serie com certeza estará presente.
    Já havia visto o livro, porem não lido nada a respeito, minha opinião, ansiosa mais ainda pela serie. Af, quero ver todo esse desenrolar do Grant.

    Bjsss

  • Lucy disse:

    Oi, Fran!
    Pois é, se a gente prestar atenção à quantidade de livros, acho que acaba que a gente desiste de ler. rsrs
    Aproveita enquanto tem poucos, aí vc conhece a série e decide se ela vale a pena. ;)
    bjos!

  • Resenha: Mais uma Chance « Por Essas Páginas disse:

    […] resenha pode conter spoilers de A Primeira Chance, mas nada surpreendente que atrapalhe sua leitura, porque a sinopse já tem o spoiler que levou a […]

  • Aline Santos disse:

    Oi!! Ain eu gostei mto! Tenho que concordar que o enredo é mto bom, a leitura parece fluir e e agradar mto!
    Bjs

  • Thais Lima disse:

    Oi!
    Eu ainda não li esse livro, mas estou bem ansiosa para ler. A historia parece ser muito boa principalmente porque a mocinha tem um problema de saúde, apesar de eu não gostar de triangulo amoroso.
    Beijos!

  • Elidiane Lima disse:

    Ainda não li A primeira chance, mas do pouco que sei da história ao ler resenhas sobre esse livro e lendo sua resenha também acredito que terei a mesma opinião que você teve em relação ao Grant e seu sofrimento tentando conquistar a Harlow, ele sofreu muito pouco, deveria ter sofrido mais rsrs, mas apesar disso acredito que vou gostar de ler A primeira chance, amo um romance um pouco mais açucarado e quente ao mesmo tempo…
    Abraços!

  • Francisca Elizabete disse:

    Ainda não li nenhum livro da Abbi Glines! Mas pelo que li aqui na resenha, eu já meio que quero todos!! Harlow e Grant parecem formar um casal charmoso!! Ambos sentem insegurança, visto que eles já sofreram algumas perdas!! Agora ele precisa se redimir com a Harlow, já que ele teve um caso com sua meio-irmã!! Enfim acho que é este caso que faz a estória acontecer!! Já quero ler!!

  • ELIZABETH DE SALLES NEWBOLD disse:

    Sou suspeita pra falar dessa série. Pois sou apaixonada por todos os personagens. Trama super envolvente, personagens afinadíssimos e quentes. muito quentes. Aprovadíssimo este livro.
    Beijos.

  • Gizeli Regina Meister disse:

    Nunca li nenhum livro dessa autora, mas com certeza está na minha lista. Em praticamente todo lugar, você ver algo falar dela. Quero muito ler, espero que nessas férias de dezembro, eu arrume tempo, e vá ler.

  • Simone almeida disse:

    Li a série Rosemary Beach é simplesmente amei.
    Neste vemos a dificuldade que Harlow passa com a vaca da Nan que meu deus que mulher é essa.
    Grant ví ele no primeiro livro e gostei dele.Ele foi gentil com a Blaire quando o Rush foi um idiota.
    Espero muito le-lo,mpois sei que é maravilhoso.

  • Shadai disse:

    Não consegui sentir vontade de ler esse livro pela resenha apenas. Como não conheço a série, fiquei sem saber muito o que esperar desse “mocinho” tão querido, e já a mocinha não parece ter um diferencial de tantas outras.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem