Resenha: A Prisão do Rei

A Prisão do ReiMare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira.

Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta. fonte

Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores, mas nada que interfira em sua leitura.

O final de Espada de Vidro deixou um grande vácuo sobre o futuro de Mare Barrow. Feita prisioneira, ela agora está em uma prisão de segurança, vendo a esperança de ser novamente livre se esvair a cada dia.

Eu não vou mencionar muito da trama, já que a sinopse ajuda com isso. Minhas impressões sobre esse livro foi que a autora quis se aprofundar mais em Maven, tentar fazer Mare entender de uma vez por todas que tipo de psicopata ele é – e não sei bem se ela entendeu. Ou seja, embora tenha uma boa dose de aventura, é um livro com menos ação do que eu esperava.

Por um lado, eu achei esse livro bastante impactante no quesito de mostrar a perversidade dos prateados diante de seus inimigos. A forma como Mare sofreu poderia até ter sido pior se for fazer algumas comparações, mas dava pra sentir na pele o sofrimento dela. Por outro lado, o livro também foi maçante em prolongar demais as passagens da prisão de Mare, principalmente no que diz respeito ao seu “relacionamento” com Maven. O livro melhora muito na segunda parte, quando temos um novo foco.

Diferente dos demais livros, esse livro contém pontos de vista diferentes. Eu ainda esperava uma narrativa de Cal, mas tanto ele quanto Maven foram deixados de lado para que pudéssemos ver o ponto de vista de Cameron, uma vermelha resgatada por Mare em Espada de Vidro, e Evangeline, uma prateada com poderes letais, cujo futuro foi decidido por seus pais inescrupulosos e sedentos pelo poder.

Um adendo aqui: Mare é uma protagonista mediana. Uma hora ela é forte e quer lutar, outra hora ela cai em desespero e dor. Não posso dizer que é possível morrer de amores por ela, nem por Cal, que é um príncipe prateado que acaba como fantoche de uma causa que, aparentemente, é perdida – e os dois formam os protagonistas principais da série. Maven é um antagonista mais imprevisível: aparentemente, os fins justificam os meios e suas ações. É possível você odiar Maven com gosto.

Eu gostei muito do primeiro livro. O segundo, já nem tanto, mas acho que foi melhor que o terceiro. Em todo o caso, estamos próximos do desfecho, então vamos aguardar as cenas do próximo capítulo.

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela Companhia das Letras.

logo_companhia_das_letras

Ficha técnica:

Nome: A prisão do Rei
Autor: Victoria Aveyard
Páginas: 552
Editora: Seguinte
Onde comprar: Livraria Cultura / Saraiva / Amazon
Minha avaliação:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Nayane Evylle disse:

    Oi Lucy!
    Eu não gostei tanto do primeiro livro. Eu achei que a autora tentou criar uma Katniss, só que ela falhou miseravelmente :/ No primeiro livro, eu detestei a Mare, e teve horas que eu queria entrar no livro e dá uns tapas e mandar ela acordar e parar de ser idiota.
    Eu gostei do Cal, mas ele também se mostrou cego diante de várias situações, como você disse: um fantoche. A trama foi bem previsível pra mim. Perdi a vontade de ler os anteriores, principalmente por causa do 3º livro da série que vi comentários de que é chato e maçante.
    Pelo menos, valeu a experiência de ver esse mundo que a Victoria criou.
    Abc

  • Lucy disse:

    Oi, Nayane! Eu tenho essa impressão com alguns autores: eles querem sempre uma nova Katniss, um novo Harry Potter… Mas a Victoria fez a Mare muito emotiva para ser uma Katniss. rsrs
    No primeiro livro, não achei tão previsível. Eu achei mais previsível o segundo, mas aí teve aquele final. E o terceiro foi bem mediano, uma pena. Valeu realmente pela experiência. O duro é que agora quero ver a conclusão de qualquer forma. Huahauhaua!
    Bjos!

  • Shayanne da Silva disse:

    ADOREI, nao pude ler toda a resenha pelos spoilers, mas estou louca para ler os anteriores desde que lançaram. Amo tambem as capas, o padrão maravilhoso que eles segiram na criação.

  • Lucy disse:

    Oi, Shayanne! Obrigada!
    Espero que você curta a leitura!
    Bjos

  • Morgana Brunner disse:

    Oiii tudo bem?
    Que resenha incrível menina, infelizmente dessa vez para mim não me agrada tanto como eu gostaria, mas fico feliz que tenha gostado, pois ficou ótima a sua resenha.
    Beijinhos

  • Lucy disse:

    Oi, Morgana! Tudo bem e você?
    Obrigada! Uma pena que você não curtiu tanto, mas isso acontece com alguns livros.
    Bjos

  • Beatriz disse:

    Eu conhecia os outros livros da série mas não conhecia esse, fiquei com medo de ler a sua resenha porque você disse que tem spoiler, mesmo dizendo que eles não interfeririam na leitura eu achei melhor não ler para não estragar a surpresa dos volumes anteriores.

  • Lucy disse:

    Oi, Beatriz! Uma pena que não pôde ler, mas acho que o spoiler maior está na própria sinopse. rsrs
    Em todo o caso, tudo bem. Quando não se gosta de spoiler, melhor não arriscar.
    Bjos!

  • ana paula lima disse:

    Oiii!

    Comecei essa série mas ainda não terminei. Espero fazer isso em breve. Desde o primeiro livro não achei Mare a melhor personagem. Nem cativante, nem nada… Gostei da sua sinceridade e espero que as coisas melhorem nos próximo livro!

    Beijnhos

  • Lucy disse:

    Oi, Ana!
    Realmente, a Mare deixou a desejar como protagonista. Meio mimizenta, não?
    Agora é esperar para ver. Acredito que o próximo será o último volume da série.
    Bjos!

  • Leticia disse:

    Olá,
    Menina, você acredita que estou pra ler A Rainha Vermelha faz um tempão mas não tenho coragem? Já dei o livro de presente pra uma amiga mas não peguei pra ler. Todo mundo fala muito bem da série, mas fiquei com medo de não gostar, de me decepcionar, porque eu fico com o pé atrás para ler distopia, sempre, e eu sempre acabo amando todas as estórias, vou colocar ele na meta desse ano e se deus quiser vou ter a serie toda até o final do ano..

    Bjos

  • Lucy disse:

    Oi, Letícia! Essa série é na verdade bem divisora de opiniões, muitas gostam, outras nem tanto.
    Não sei bem se eu consideraria distopia (a princípio eu não achei que fosse, mas sim de um mundo paralelo), mas depois desse livro até que faz sentido. Boa sorte com sua meta! Espero que vc goste!
    bJOS

  • Dayane Frazão disse:

    lendo essa sinopse lembrei do joffrey
    achei muito interessante o livro fora a capa que é linda demais
    ansiosa pra ler essa história e ver que final terá a mocinha Mare

  • Lucy disse:

    Oi, Dayane! Realmente, agora que vc falou, o Maven até lembra o Joffrey o.o. Mas Maven é mais humano. hahahah
    As capas dessa série são muito bonitas mesmo, tomara que vc leia e curta a série.
    Bjos

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Estou com esses livros pra ler. Espero conseguir ler ainda esse ano e curtir a leitura.
    Apesar das suas considerações terem me deixado um pouco de pé atrás por causa da empatia ao longo dos livros, espero não desanimar com a Mare.
    Beijos!

  • Lucy disse:

    Oi, Camila!
    Espero que não desanime. Uma leitura pode ser bem diferente de uma pessoa pra outra! ^^
    E a série é boa, mas tem realmente algumas ressalvas.
    Bjos!

  • Ana Machado disse:

    Olá! Penso que iria gostar da leitura desse livro!
    Um beijo :)

  • Lucy disse:

    Oi, Ana! Que bom, espero que leia!
    Bjos

  • Janiele Silva disse:

    Oieee, ainda no li o livro, pois depois de espada de vidro a leitura foi to intensa que ainda estou com receio de me decepcionar com os rumos da trama, mas esta na lista!

    Bjs

  • Lucy disse:

    Oi, Janiele! É uma boa continuação, mais introspectiva ao meu ver. Espero que você curta!
    Bjos

  • Ana Caroline disse:

    Olá, tudo bem? Mega confesso que li por cima sua resenha porque tenho medo de pegar spoilers ou impressões que possa me influenciar na leitura. AMO a série, acompanho desde o lançamento do primeiro, mas tive um problemas que me fizeram até agora não ler A Prisão do Rei. Estou com MUITAS expectativas, afinal Espada de Vidro deixou um final eletrizante, e mesmo que acabe não gostando, irei ler até o final.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

  • Lucy disse:

    Oi, Ana! Às vezes dá medo de ler algo que a gente não quer, né? rs Tudo bem!
    Eu também gostei da série, mas sugiro não ir com tantas expectativas assim com o livro. Espero que até o final fique muito melhor.
    Bjos!

  • Juliana disse:

    Estou exatamente agora lendo o primeiro livro e estou gostando bastante mas to vendo muito de jogos vorazes nele, porém quero muito ver o desenrolar, fora as capas desses livros que são sensacionais. Que pena que o final foi meio vago. Mas vou com certeza ver o que acho do final.
    Gosto de livros com diferentes pontos de vista, porém depende de como a autora desenvolve a trama, mas quero muito ver o desenvolver da protagonista e da obra ao menos no primeiro livro, parabéns pela resenha

  • Lucy disse:

    Oi, Juliana! Sabe que também achei algumas semelhanças com Jogos Vorazes? Mas acho que foi muito pelo tal desafio que as jovens tinham que passar e talz. Depois eu achei que seguiu um caminho mais independente. rsrs
    Sobre os pontos de vista, até gostei. Ela soube desenvolver bem, mesmo porque não teria ficado legal se fosse com só a narrativa da Mare. Tem que insistir mesmo com essa série. rsrs
    Bjos!

  • Agda dos Santos Alecrim disse:

    Olá Lucy, tudo bem?
    Ainda não li nada sessa série. Mas adorei a sua resenha mesmo tendo spoilers kk. Acho ruim esses livros que começam incríveis mas as continuações não são tão impressionantes, acaba desanimando a leitura.
    Ah As capas são lindas.

    Beeijos Agda Alecrim

  • Lucy disse:

    Oi, Agda!
    Dá mesmo muito desânimo quando as continuações deixam a desejar. Mas agora que comecei, eu não consigo parar. rsrs
    Também adoro as capas! :D
    Bjos!

  • Raphaela Pachá disse:

    Oie, O livro a prisão do rei já está na minha lista faz um tempinho, sou doida para ler eles. E essas capas são lindas. Verdade tem livros que apenas o primeiro é melhor
    bjs

  • Lucy disse:

    Oi, Raphaela! É ler pra conferir, né? rs
    As capas são realmente muito bonitas, umas das mais bem feitas que já vi.
    Bjos!

  • No Conforto Dos Livros disse:

    Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mas percebi logo qual a coleção em que se integra! E sempre que a vejo lembro-me que em Portugal se ficou pelo primeiro livro!!

    Enfim… Mas acho ótimo que esse livro se distinga dos restantes pelo facto de ter vários pontos de vista nele!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

  • Lucy disse:

    Olá!
    Nossa, bem legal saber que as pessoas gostam da série em Portugal! :D
    Sim, ele tem esse diferencial dos pontos de vista diferentes em relação aos demais. Quem sabe um dia vc não dá uma chance a ele?
    Bjs

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem