Resenha: A Viúva

A ViúvaAo longo dos anos, Jean Taylor deixou de contar muitas coisas sobre o terrível crime que o marido era suspeito de ter cometido. Ela estava muito ocupada sendo a esposa perfeita, permanecendo ao lado do homem com quem casara enquanto convivia com os olhares acusadores e as ameaças anônimas.
No entanto, após um acidente cheio de enigmas, o marido está morto, e Jean não precisa mais representar esse papel. Não há mais motivo para ficar calada. As pessoas querem ouvir o que ela tem a dizer, querem saber como era viver com aquele homem. E ela pode contar para eles que havia alguns segredos. Afinal, segredos são a matéria que contamina (ou preserva) todo casamento.
Narrado das perspectivas de Jean Taylor, a viúva, do detetive Bob Sparkes, chefe da investigação, cuja carreira é posta em xeque pelo caso, e da repórter Kate Waters, a mais habilidosa dos jornalistas que estão atrás da verdade, o romance de Fiona Barton é um tributo aos profissionais que nunca deixam uma história, ou um caso, escapar, mesmo que ela já esteja encerrada. Fonte

Faz um tempinho que recebi A Viúva da Intrínseca e quando me deparei com o kit, achei estranho e até simpático o fato de ter um skittles, mas depois que li… Bem, acho que vou dar um tempo nesse doce.

Ao começar a ler, nos deparamos primeiro com a história de Jean Taylor, uma mulher que acaba de se tornar viúva e que começa a ser assediada pela mídia para entrevistas. Aliás, volta a ser assediada, já que antes ela também já teve seus quinze minutos de fama, não por ela mesma, mas por um crime pelo qual o marido era acusado. Por anos ela viveu à sombra de Glen, sem se importar muito em ser o centro das atenções. Seu mundo era Glen e desde que ele estivesse feliz, ela estaria feliz.

Na verdade, a partir do momento que Jean começa a narrar sua própria história, podemos ver algumas tendências de  um relacionamento possessivo, em que Glen sempre tem a palavra final e sempre indica o que é melhor para Jean. É o tipo de pessoa que nunca está errada, pelo menos era o que Jean acreditava até determinado período de sua vida.

Capítulo por capítulo, vemos a vida de Jean e Glen sendo dissecada e o mistério desvendado. Em contrapartida, vemos também os pontos de vista da jornalista que está entrevistando Jean e do policial que investiga o crime pelo qual Glen foi acusado.

Apesar dos capítulos curtos, o desenvolvimento do livro é lento, quem quiser ver ação, não vai gostar muito. É um suspense que trata do ponto de vista de alguém que vive com uma pessoa durante anos e que, de repente, não sabe se está vivendo com um monstro ou não. Ao mesmo tempo, é a luta quase obsessiva de um policial por justiça, e também a corrida de uma repórter para ter o furo do ano.

Eu gostei do livro, confesso que senti um gosto amargo na boca em vários momentos (a ironia de ter um pacote de skittles à mão) por se tratar de um crime hediondo. Eu esperava um final impactante, mas não deixa de ter seu impacto e o elemento surpresa.

Leiam e vejam por si mesmos.

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Intrínseca.

Ficha técnica:

Nome: A Viúva
Autor: Fiona Barton
Páginas: 304
Editora: Intrínseca
Onde comprar: Livraria Cultura / Saraiva / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Shadai disse:

    5 estrelas e tendo crime hediondo me convencera de se ver esse livro barato em alguma promoção comprarei.

  • Sorteio: A Viúva « Por Essas Páginas disse:

    […] sabe guardar segredos? Até que ponto você acha que um segredo deve ser mantido? e comente a resenha do livro para abrir mais […]

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu adoro livro nesse estilo, é um dos meus gêneros favoritos, e já faz um bom tempo que não leio esse gênero, adoro elementos surpresas no final… hahahah esse livro com certeza já está na minha lista.

  • Mariana Ogawa disse:

    eu adoro livros com uma boa dose de suspense
    obrigada por avisar que é mais para o psicológico do que ação, assim eu não me frusto (achava que era o contrário)
    bom, pelo menos o final teve um elemento surpresa que para mim é uma das coisas mais importantes nesse tipo de livro

  • Aline M. Oliveira disse:

    Desde o lançamento fiquei curiosa com esse livro, porém parece ser uma história lenta. Acredito que talvez haja pontos interessantes, gostando desse tipo de literatura. Espero que ele me surpreenda.

  • Maristela G Rezende disse:

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, como também não conhecia a autora.Como adoro um suspense, creio que gostarei muito de ler esse livro. A autora, parece-me que consegue fazer o leitor ficar na expectativa até o final.

  • Lucia Elena dos Santos disse:

    Não conhecia esse livros, mas já de cara me ganhou por ser livro de suspense, eu adoro esse estilo de leitura e com certeza vou gostar muito de ler!!!

  • Ana paula gomes b.santos disse:

    Não conheço a obra mas adoro o genero de suspense e mistério, que Intercala passado e presente,esse tema delicado da pedofilia é bem complicado, mas sua resenha foi bem exclarecedora e fiquei curiosa pra ler esse livro o mais breve possivel

  • Milena Soares disse:

    Estou doida pra ler esse livro, curto muito suspense e thriller, e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

  • rudynalva disse:

    Nossa! Fiquei imaginando como essa mulher conseguiu guardar o segredo que o marido era um assassino por tanto tempo e também fiquei me perguntando por que só agora ela resolveu contar tudo?
    Mesmo que seja um livro sem tanta ação, acredito que no quesito mistério e suspense, ele bata o record…
    Quero poder ler.
    Bom final de semana!
    “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy

  • Bruna Costenaro disse:

    o fato do livro não ter muita ação repele mta gente, mas comigo é o contrário, gosto de um livro mais lento, e menos corrido hehehe.
    Fiquei curiosa p/ lê-lo desde que vi no catálogo da Intrínseca…

    Miquilis

  • Kris Oliveira disse:

    Oiee tudo bem?
    Eu estou bem curiosa com esse livro desde que foi lançado,
    apesar de nutrir um certo problema com suspenses arrastados eu estou curiosa, espero ter a chance de fazer essa leitura e mais ainda d gostar.
    fiquei afim de comer skittles agora, kkk
    beijos

  • Patricia Gomes disse:

    Fiquei super curiosa em relação o que você sobre o amargor na boca e o doce skittles!!
    De qualquer forma, vou querer ler o livro, gosto de narrativas com capítulos curtos, pena que não tem muita ação!!
    Imagino o terror de se conviver toda a vida com uma pessoa sem saber que se está convivendo com um monstro! Vou querer conferir!! Já está na minha lista de desejados!

  • Michele Lopez disse:

    Olá,
    A premissa é bem interessante. Confesso que não costumo ler obras do gênero, mas fiquei bem intrigada para conhecer um pouco mais sobre Jean e seu relacionamento meio possessivo com o marido.
    Estou bem curiosa para saber o desfecho desse trama que ainda assim teve o seu teor de impacto.

  • Márcia Saltão disse:

    Olá.
    É a primeira vez que encontro uma resenha desse livro. Gostei da premissa, me deixou curiosa para saber mais do enredo.
    Ótima resenha.
    Abraços.

  • Luciana de Queiróz disse:

    Não leio resenhas porque gosto de descobrir tudo ao ler. Mas tenho certeza que sua resenha ficou ótima!

  • Adriana C. Sousa disse:

    Um livro de suspense do inicio ao fim, confesso que gosto e fiquei curiosa para saber o que essa mulher tem para contar, o que ela tem guardado durante bastante tempo, o que ela sabe… e como era viver com esse homem misterioso!

  • Jessica Rabelo disse:

    Me irrita um pouco o fato de ela ter de esperar o marido morrer pra contar segredos.
    Se é que os segredos que ela guarda estão machucando alguém, barrando uma investigaação sei la… Não deveria esperar tanto só pra fazer a linha boa esposa! Sério, me irrita muito isso.
    Quem sabe lendo a gente compreende um pouco mais e não fica com tanto ódio!

  • Aruanda Sfair disse:

    Que capa linda!
    Achei o enredo super promissor, pena que vc descreve que o final não impactou. Ainda tenho interesse na leitura!

  • Kemmy Oliveira disse:

    Oi! Estou lendo a edição digital desse livro e realmente está faltando ação. É legal ver a narrativa intercalada entre a época do sumiço da Bella e da morte do Glen, mas fico me perguntando o que exatamente a autora quer com isso, onde ela nos levará… espero que o final não seja previsível. Fiquei curiosa pelo elemento surpresa que você citou. E ah, o Skittles…

  • Estela Regina da Cruz disse:

    Gosto de suspense…este livro tem.
    Gosto de investigação…este livro tem.
    Gosto de soluções…este livro tem.
    Gostei da resenha.
    Estou bastante curiosa para ler.
    Go

  • Sofia Noronha Azevedo disse:

    Desde quando vi esse livro no snap da Intrínseca, fiquei super interessada. Adoro suspenses psicológicos, tanto que os livros do Coben sempre entram para minha lista de favoritos!
    Quero descobrir o porquê de você não querer comer mais esse doce rsrs
    Muito curiosa!
    beijinhos
    snoronha813@gmail.com

  • Milena Moreira disse:

    Hey,

    Adorei a resenha, ainda não conhecia esse livro, mas ele parece ter um mistério que te prende do começo ao fim, gostei também dele tratar de assuntos que muitas vezes são deixados de lado, como relacionamentos abusivos e a forma como na maioria dos casos a pessoa não repara que está em um relacionamento assim, quero muito ler esse livro, achei super interessante.

  • Bruno Garcia disse:

    acho que quando alguem pede para um segredo ser guardado esse deve se manter até o fim, pois a lealdade é fundamental na relação entre duas pessoas, porem existem segredos que nos contam e que nao sao revelados por medo de algo pior acontecer e alguma ameaça maior, nesses casos devmos usar o bom senso e saber aconselhar corretamente a pessoa

  • Cristiane de oliveira disse:

    Com certeza os livros de suspense são meus preferidos e eu nunca consigo adivinhar o que acontece antes do livro terminar, acho que esse não vai ser diferente, já quero saber os que o doce tem a ver com a história, mesmo não tento um final legal estou curiosa com a leitura.

  • Sueli Cobbos disse:

    Gosto de um bom suspense e ao ler a sinopse já havia me interessado pelo livro. Agora, após ler a resenha, vi pontos positivos e negativos no livro. Desenvolvimento lento e final nem tanto impactante diz a resenha. Mas há alguma coisa de diferente em toda a trama. Quero ler.

  • Lana Silva disse:

    Sempre imaginei que por se tratar de um assunto sério, e de difícil digestão a trama se seguiria bem lenta, com bastante suspense mas pouca ação. Ainda sim me senti atraída a essa leitura, pois quero saber mais a respeito de como a personagem vai lidar com essa situação de viver com um monstro em pessoa. Fiquei muito curiosa, com vontade de embarca na leitura.

  • Maíra Souza disse:

    Gosto muito de suspense, embora em alguns eu fiquei meio perdida. rs
    Achei a capa muito bonita e o título interessante pedindo uma explicaçao saca?! Mas por ser mais lentinho não sei se vou gostar. De qualquer forma, acho que o tema do livro foi bem escolhido e me deixou um pouco curiosa sobre os segredos…
    Lerei assim que tiver chance.
    Boa e breve resenha! ;)

  • Érika Rufo disse:

    Adoro livros de suspense e adorei a premissa desse. Só não sei se eu vou curtir muito por causa do ritmo lento, gosto mais das histórias cheias de ação e reviravoltas. Mas mesmo assim fiquei com vontade de ler e descobrir os segredos que a viúva guarda!!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem