Resenha: A Voz do Arqueiro

Eu nunca havia lido nada de Mia Sheridan até que a Arqueiro anunciou o lançamento de A Voz do Arqueiro. Eu acabei adquirindo o livro para conferir, já que me interessei pelo título da série – Signos do Amor. Me surpreendi muito com a leitura e acabei virando fã.

A_VOZ_DO_ARQUEIROSinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar. Fonte

Antes de mais nada, esse não é o primeiro livro da série, mas pelo que pesquisei, é possível ler sem dor na consciência, porque as histórias não são de forma alguma interligadas.

Bree é uma jovem que sofreu com a morte do pai e um trauma terrível e resolve buscar refúgio em uma pacata cidade do Maine. Lá, ela encontra casualmente com Archer Hale, um jovem arredio e tímido e… mudo. Aos poucos, bem aos poucos, Bree vai desvendando todos os macetes de Archer, ao mesmo tempo que se sente cada vez mais livre de seus pesadelos para se abrir com as pessoas. Eles se comunicam com linguagem de sinais, o que facilita muito. Claro, como todo relacionamento, existem altos e baixos e os dois tentam enfrentar isso juntos.

Vocês podem estar se perguntando: Mas afinal, o que tem demais nessa história? Eu respondo: Primeiro, a escrita de Mia Sheridan é muito envolvente e cativante, ela soube guiar os pensamentos de seus personagens de forma plena, tornando ambos protagonistas personagens fortes e carismáticos. São personagens que viveram perdas, são solitários e temem sair de seus casulos com medo de sofrer novamente.

“Amar outra pessoa sempre significa se abrir para a dor. Também não quer perder mais do que já perdi, mas será que não vela a pena dar uma chance ao amor?”

Archer é um caso ainda mais grave. Após a morte dos pais dele, ele passou a viver com um tio paranoico, que acabou isolando o sobrinho do contato com outras pessoas. Archer perdeu a voz na mesma ocasião da morte dos pais por um motivo mesquinho e agora não tem como recuperá-la. Aos poucos, ele foi se isolando, se acomodando em um mundo solitário só dele mesmo, até a chegada de Bree.

“Talvez não houvesse certo ou errado, branco ou preto, apenas muitos matizes de cinza no que se referia à dor e às responsabilidade que cada um de nós atribuía a si mesmo.”

Quando eu digo que ele se isolou, digo que foi literalmente. Archer pouco tinha contato com as pessoas e nunca havia sequer beijado uma garota. Pode parecer surreal e vocês podem achar que isso é “forçação de barra” por parte da autora, mas em nenhum momento do texto você sente isso. Acaba que você não apenas torce por Archer, mas você no mínimo vai querer dar um abraço bem apertado nele e dizer que tudo vai dar certo no final.

Aliás, que final. Foi bem tenso, devo dizer. Talvez, apenas talvez, no final a autora pode ter forçado um pouco a barra. Mas isso não me faz tirar nenhuma estrela da avaliação.

“Quem leu a minha mente e soube exatamente o que eu queria, quando eu mesmo não sabia?”

O próximo livro da série, O coração do Leão, já está em pré-venda e eu já garanti o meu. Pelo que pude ver, realmente não tem nada a ver com a história de Archer e Bree, mas espero que seja tão envolvente quanto. Leitura muito mais que recomendada.

Sobre o título, não esperem a história de um arqueiro chamado Archer (pensem só, em inglês seria até brega: Archer, the archer rs). Mas uma vez que a história faz analogia ao mito da constelação de Sagitário (explicado no prefácio), que também é chamado de Arqueiro, foi traduzido dessa forma: A voz do arqueiro (no original, Archer’s voice). Sim, em inglês é possível “brincar” com nomes e substantivos, mas em português não seria viável.

E pensem também em quem não entende nada de inglês, né? Muitas pessoas, como eu, só conheceram Mia Sheridan agora, com o lançamento em português. Acho que um título como “A voz de Archer” não ia chamar muito a atenção – e elas perderiam a oportunidade de ler uma ótima história de superação e amor.

“O ferimento de Quíron simboliza o poder transformador do sofrimento – a maneira como a dor, tanto física quanto emocional, pode se tornar fonte de grande força moral e espiritual”.

Ficha técnica:

Nome: A Voz do Arqueiro
Autor: Mia Sheridan
Páginas: 336
Editora: Arqueiro
Onde comprar:Saraiva / Saraiva digital / Submarino / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Fran Ferreira disse:

    Ai Lucy, não vejo a hora de ter os meus: “A Voz do Arqueiro” e “O Coração do Leão”, sou apaixonadas pelos dois desde a primeira resenha lida de cada um. “A Voz do Arqueiro” é o que eu mais tenho interesse; tenho muuuuita vontade de conhecer mais afundo Archer, todo esse mistério que o tranca do mundo me chama muuuita atenção. Confesso que Bree nem tanto, é mais por ele minha curiosidade.

    Bjss

  • Lucy disse:

    Oi, Fran!
    Sinceramente, acho que vc vai adorar, principalmente A Voz do Arqueiro. Super recomendo e tenho certeza que vc não vai se arrepender! :D
    Bjos

  • TTT: Dez “Novos” Autores Favoritos que Li pela Primeira Vez em 2015 | Por Essas Páginas disse:

    […] forte e eis que me apaixonei. Já li os dois livros lançados pela Arqueiro e já tem resenha de A Voz do Arqueiro aqui no blog. Espero que os próximos livros não demorem a […]

  • Promoção Especial de Aniversário: 5 anos de Por Essas Páginas | Por Essas Páginas disse:

    […] (A Voz do Arqueiro + Perdido em Marte) […]

  • Milena Soares disse:

    Estou doida pra ler esse livro, fiquei muito feliz quando soube que a editora Arqueiro ia publica essa série aqui no Brasil, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

  • Heloisa Esther disse:

    Esse livro é lindo, mostra que quando amamos podemos transformar dor em algo lindo. Uma história de superação, de se tornar o melhor.

  • Maristela G Rezende disse:

    Eu quero muito ler esse livro, desde o seu lançamento. Tenho acompanhado pelos blogs, lido resenhas e comentário, para ir aguçando ainda mais minha curiosidade e meu desejo de ler. Gostei da resenha.

  • Beatriz dos Santos disse:

    O livro me parece ser muito bom, já tinha visto outras resenhas sobre ele e a grande maioria elogiam muito apesar de ser um New Adult. Despertou uma curiosidade em mim

  • Helio de Oliveira e Souza disse:

    Linda historia de superação da dor e sofrimento na vida dos personagens e como a amizade e a convivência ajudam Bree e Archer a achar o amor e renascer para a vida muito comovente e bela esta obra .

  • Junyelle disse:

    Parece ser uma linda historia… curiosa.

  • Francisca Elizabete disse:

    Gente eu acabei de ler este livro e gostei de tudo!! A estória dos personagens foi diferente para mim, saiu da rotina!! Archer apesar de mudo, e meio rude, me encantou!!O livro não tem nada haver em relação à signos. Só o epílogo que conta sobre A Lenda de Quiron – O Centauro!! A leitura fluiu de forma gostosa!!!

  • Alessandra Fernandes disse:

    Lucy, confesso que não tenho interesse em signos, mas este livro tem me chamado atenção desde seu lançamento, não só pela capa que é extremamente linda, mas também por aparentar ser bem marcante! Além do conteúdo ser bem interessante e cheio de emoções, os personagens parecem ser maravilhosos.
    Um livro que eu adoraria poder ler!

  • Lydia Karla disse:

    Gente amo a escrita da Mia, é de uma sensibilidade maravilhosa…quero muito ler este e todos os outros dela..bjs

  • ELIZABETH MACHADO SALLES disse:

    Achei demais o que você mencionou aqui sobre este romance. me deixou bastante curiosa e satisfeita. Não vejo a hora de poder ler também. Assim poderei conferir tudo o que dizem desse livro. Valeu por seus comentários. Me convenceu.
    Beijos.

  • Marie dos Santtos disse:

    Estou apaixonada por este livro, lindo demais!! Uma estória de amor e superação!! Archer Hale e Bree tentam superar seus medos e temores!! Aos poucos Bree vai conquistando a confiança de Archer, e ambos se entregam ao amor!! Archer Hale possui características marcantes que irão emocionar os leitores!!

  • lorena clemente disse:

    gente que livro perfeito!com certeza entra pra minha lista de 2016, e gente sera que e só eu que fico sendo besta com o nome da editora e do livro kkkkk

  • Shadai disse:

    ao terminar de ler a resenha tive que ir conferir novamente a capa, pois história e capa parecem não combinar em nada!
    uma história emocionante e dramática com uma capa de apelo sexual, bem estranho.
    leria esse livro, mas em casa, infelizmente fora dela pessoas iriam me olhar de forma preconceituosa.

  • Alice disse:

    Nossa, inclivel,estou apaixonada pelo livro só de ler a resenha, mal posso esperar pra ler o livro !

  • Flaviane da Silva disse:

    Na resenha já me apaixonei pelo livro,mais um pra minha lista de aquisição!

  • Adriana Nascimento disse:

    Adorei sua resenha, gosto de ler personagens diferentes e reais, sobre ele não ter beijado achei bacana, meu amigo mesmo foi dar um beijo aos 18 anos e ele é um rapaz muito bonito, porém introvertido e extremamente tímido. Ultimamente tenho andado muito enjoada dessas romances new adult, todos me parecem mais uma estorinha de adolescentes no colegial, personagens rasos e idiotas, estou louca pra ler o livro, certeza que irei me apaixonar, adoro quando os personagens são solitários e ainda aborda a comunicação por linguagem de sinais, acho bacana isso.

  • Resultado: Promoção Especial de Aniversário – 5 Anos de Por Essas Páginas « Por Essas Páginas disse:

    […] Editora ArqueiroA Voz do Arqueiro + Perdido em […]

  • Resenha: O Coração do Leão « Por Essas Páginas disse:

    […] quem leu a resenha de A Voz do Arqueiro e viu meu entusiasmo, vai ficar surpreso com a mudança. Eu mesma fiquei bem surpresa, porque […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem