Resenha: Ainda sou eu

Sequência dos romances Como Eu Era Antes de Você e Depois de Você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda Sou Eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança.
Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik – Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou.
Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido? (Fonte)

Depois de ter sua vida completamente mudada por Will Traynor (Quem eu era antes de você), Louisa Clark deixa sua cidadezinha e se muda para Londres, onde sofre um acidente, se arrebenta toda e ainda acham que ela tentou se mantar. Mas pelo menos ela conhece Sam. (Depois de você)

Agora, Lou vai para um lugar um pouquinho mais longe. Ela não só vai para os Estados Unidos, como vai para uma de suas cidades mais famosas, Manhattan,  para trabalhar no coração da alta sociedade novaiorquina.

Você se lembra do fisioterapeuta/enfermeiro de Will Traynor, o Nathan? Ele que ajuda Lou a conseguir este emprego em Manhattan, na casa dos Gopnick. Ela chega lá super animada, pronta para ser útil e com a mala com todas aquelas roupas maluquinhas que eu adoro!

Ao chegar lá o que ela encontra é uma família bem diferente. Este é o segundo casamento do Sr. Leonard Gopnick, homem rico e benfeitor de várias causas. Sua esposa, Agnes, é bem mais jovem e era sua massagista antes de se tornar sua esposa. E isso gera um enorme mal estar entre ela e as outras senhoras na alta sociedade novaiorquina que se posicionam em favor da ex-Sra. Gopnick. E tem a filha do Sr. Gopnick também, que já é adulta e mora sozinha, mas adora se encostar na grana do pai e alfinetar a madrasta.

Lou trabalha como assistente pessoal da Sra. Gopnick, que em vários momentos afirma para Lou que ela é mais que uma funcionária, que ela é uma amiga.

Dessa vez, Lou rebola para manter seu relacionamento à distância, que fica ainda mais complicado devido à diferença de fuso horário… e complica mais ainda depois que Sam passa a ter uma nova parceira que deixa uma pulga atrás da orelha de Lou.

E, no meio de tudo isso… Lou conhece um outro cara em Nova York. Não vou entrar em detalhes sobre o cara… vale a pena ser surpreendido pelo livro! ;-)

A querida Louisa continua uma querida! Não tem como não abraçar essa personagem e seguir essas “aventuras” com ela… sempre com seus toques peculiares de moda!

Depois de ler os 3 livros (Como eu era antes de você, Depois de você e Ainda sou eu) eu gostaria muito que Jojo Moyes tivesse juntado o segundo e o terceiro livros em um só. Comparando os 2, o segundo fica parecendo uma “encheção de linguiça”, enquanto que o terceiro mostra Louisa finalmente se encontrando de verdade, descobrindo o que ela quer e não o que querem e esperam dela.

Este é daqueles livros que têm tudo o que a chick-lit tem que ter. Tem momentos hilários, momentos românticos e momentos de lágrimas.  Tem os desafios que Lou enfrenta na vida profissional, pessoal, amorosa e familiar. Tem momentos em que você ri do absurdo, mas tem momentos em que você se pergunta “quem nunca?”.

O andamento do livro é super rápido e dinâmico, por isso dá pra ler rapidinho! E é uma leitura deliciosa!!

Recomendado!!!

Este livro foi gentilmente cedido pela editora Intrínseca para resenha.

Ficha técnica:

Título: Ainda sou eu
Autor: Jojo Moyes
Páginas: 400
Editora: Intrínseca
Onde comprar:  Amazon
Minha avaliação:

(Só não leva 5 porque não dá pra concorrer com “Como eu era antes de você” :-D )

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Evandro disse:

    Eu só li o primeiro livro, mas quero muito ler esses dois da sequência. Concordo que Lou é adorável e não tem como não amá-la. Legal o Nathan reaparecer, gosto dele. Se o livro dois enrola um pouco, pelo menos o terceiro tem um desfecho apropriado. Adorei a resenha.

  • Karini disse:

    Eu amo a escrita da Jojo Moyes. A escrita dela é fluída, dramática e deliciosa..
    Eu choro, eu rio.. Eu sinto intensamente cada frase e sou super feliz por ter tido a oportunidade de ler alguns dos livros dela!

    Beijos.

    http://www.alempaginas.com

  • Aline M. Oliveira disse:

    Oi! Não li nenhum dos livros, porém vi o filme, e tenho muita vontade conhecer as histórias pelos livros. Gostei muito de Lou, ela se parece um pouco com a gente. Também vi muita gente dizendo que o segundo livro foi uma enrolação, e que este é melhor. Adoraria saber como está senda a vida dela, com tudo que aprendeu, e com o que ainda vai conhecer.

    Bjoxx

  • Marijleite disse:

    Olá, que bom saber que esse terceiro livro foi uma boa leitura e que você recomenda. Eu tinha ficado meio receosa após os comentários não muito positivos que vi do segundo.

  • Cabine de Leitura disse:

    Eu li os dois primeiros livros da trilogia e confesso que o segundo me desanimou bastante e agora que sei a sua opinião depois de ler o terceiro eu acredito que estava certa em relação a ele. Mediante as considerações da sua resenha quero ler o desfecho para tirar a má impressão que fiquei com Depois de você rsrs.

  • Mayara Milesi disse:

    Olá!
    Nossa eu tenho muita curiosidade para ler os outros volumes dessa série. Na minha opinião, o Depois de Você, foi sim uma encheção de linguiça e achei interessante o fato de a autora ter se importado em proporcionar um final digno para a Lou…
    Quero muito ler a obra!

    beijos,
    Mayara

  • Barbara disse:

    Oi.
    Acho que fui uma das poucas pessoas que gostou do segundo livro. Acho que aquela jornada foi necessária para a Lou se redescobrir. Mas confesso que fiquei um tanto revoltada com o final (com a falta dele) e fiquei muito animada quando soube que haveria um terceiro livro. Mas já vi que o final desse livro é parecido com o do segundo, meio aberto e desanimei.
    Queria um final bem fechadinho, de preferência com um epílogo.
    Ainda pretendo ler, mas tenho que tomar coragem antes.
    Beijos.

  • Maria Luíza Lelis disse:

    Olá, tudo bem?
    Eu quase não animei ler esse livro, porque achei o segundo bem chatinho. Porém, na promoção da Saraiva acabou saindo bem barato e eu resolvi comprar.
    Fiquei muito feliz de saber que nesse livro vemos mais o desenvolvimento da Lou e ela realmente se encontrando. Acredito que vou gostar muito mais dessa leitura do que do segundo livro.
    Adorei sua resenha e espero gostar do livro tanto quanto você.
    Beijos!

  • Bruna Costabeber disse:

    Hey,
    Eu sou apaixonada pelos dois primeiros livros dessa série e, por conta disso, tenho um medinho grande de ler esse terceiro volume. Eu acho que tenho medo de me decepcionar.
    Fiquei contente por saber que esse livro é completo para o gênero e que leva o leitor do riso às lágrimas.
    Vou anotar a dica e me arriscar, pois só assim vou saber se eu vou gostar.
    Beijos

  • Ivi Campos disse:

    Eu li o primeiro livro e amei de forma que é um dos meus favoritos da vida. O segundo quase que não consigo terminar… que livro chato. Por isso, nem arriscarei a leitura deste aqui. Deixe tudo como está e eu estou feliz.
    beijos

  • Rafaelle Vieira disse:

    Oi, tudo bem?
    Essa é uma autora que não consigo gostar dos livros dela. Li como era antes de você e foi uma leitura sofrível para mim. O livro não me agradou então com certeza essa é uma leitura que dificilmente farei. Mesmo assim adorei sua resenha!
    Beijos,
    Rafa -Fascinada por Histórias

  • Carolina Durães de Castro disse:

    Oi Drika, tudo bem? Eu sou fã da Jojo e estava sentindo saudades da Lou, mas confesso que fiquei em alguns momentos frustrada durante a leitura. Eu gostei bastante, mas teve situações em que eu queria gritar com os personagens, como no caso do Sam. Parabéns pela resenha. Bjkas

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem