Resenha: As Espiãs do Dia D

AS_ESPIAS_DO_DIA_D_14295511973613SK1429551197BAs Espiãs do Dia D – Segunda Guerra Mundial. Na fúria expansionista do Terceiro Reich, a França é tomada pelas tropas de Hitler. Os alemães ignoram quando e onde, mas estão cientes de que as forças aliadas planejam libertar a Europa. Para a oficial inglesa Felicity Clairet, nunca houve tanto em jogo. Ela sabe que a capacidade de Hitler repelir um ataque depende de suas linhas de comunicação. Assim, a dias da invasão pelos Aliados, não há meta mais importante que inutilizar a maior central telefônica da Europa, alojada num palácio na cidade de Sainte-Cécile. Porém, além de altamente vigiado, esse ponto estratégico é à prova de bombardeios. Quando Felicity e o marido, um dos líderes da Resistência francesa, tentam um ataque direto, Michel é baleado e seu grupo, dizimado.

Abalada pelas baixas sofridas e com sua credibilidade posta em questão por seus superiores, a oficial recebe uma última chance. Ela tem nove dias para formar uma equipe de mulheres e entrar no palácio sob o disfarce de faxineiras. Arriscando a vida para salvar milhões de pessoas, a equipe Jackdaws tentará explodir a fortaleza e aniquilar qualquer chance de comunicação alemã – mesmo sabendo que o inimigo pode estar à sua espera. As espiãs do Dia D é um thriller de ritmo cinematográfico inspirado na vida real. Lançado originalmente como Jackdaws, traz os personagens marcantes e a narrativa detalhada de Ken Follett.

Mais um livro ótimo do Ken Follett.

Sei que sou suspeita pra falar, sei que a crítica é bem dura com as obras dele… mas, além de entretenimento, seus livros sempre me fazem aprender mais sobre história e atiçam minha curiosidade para buscar mais informações.

Esta é uma história fantástica sobre um grupo de mulheres fantásticas que se arriscaram para ajudar a derrubar as linhas de comunicação dos alemães na França na época da 2a. Guerra Mundial. E o interessante é que mesmo o enredo sendo sobre uma guerra que ocorreu há décadas, que estudamos na escola, que vimos documentários na TV ou já lemos outros livros a respeito, Follett consegue manter o leitor colado às páginas o tempo todo.

Felicity Clairet não se deixa abater e tem mais uma chance para mostrar seu valor. E é aí que as coisas ficam boas no livro. Um grupo de nove mulheres, cada uma com uma habilidade diferente, passando por um treinamento relâmpago para executarem um ataque muito bem planejado, mas que pode dar errado se qualquer pequeno detalhe estiver fora do lugar.

Ao longo do livro nos deparamos com personagens e momentos históricos da 2a. Guerra, mortes que mexem com o leitor, traições e uma história de amor complicada. Sinceramente, com um grupo de mulheres fortes lutando por aquilo que acreditam, a última coisa que me interessou foi a história de amor. Rsrs

É um thriller ótimo que o leitor não tem vontade de largar até ver tudo resolvido. É muito fácil se identificar com alguns personagens, se envolver com a história. Por isso mesmo que não vou dar detalhes do enredo aqui porque vale a pena o leitor acompanhar cada detalhe, página a página. As descrições e detalhes são tão ricos que você vai certamente se sentir dentro da história.

Como eu provavelmente já disse antes sobre as obras do Follett… se você gosta de história, vai amar. Se nunca foi sua matéria favorita, mesmo assim, a trama vai te prender.

Indicadíssimo!

Este livro foi gentilmente cedido pela Editora Arqueiro para resenha.

Arqueiro_parceria

Ficha Técnica

Título: As Espiãs do Dia D
Autor: Ken Follett
Páginas: 448
Editora: Arqueiro
Onde Comprar: Livraria Cultura / Livraria Cultura (e-book) / Saraiva / Submarino / Amazon
Minha Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Gustavo disse:

    Esse autor parece tão bom, mas eu nunca quis arriscar ler nada dele, porque nem sempre li coisas boas sobre as obras, embora sempre tenha me interessado muito por algumas delas. Acho que vou começar a ler as obras dele por esse livro, já que amo histórias que ocorrem na 2° guerra mundial. Obrigado pela dica =P

  • Douglas Fernandes disse:

    Ainda nao li nada do autor, mas tenho muita vontade, ainda mais depois do que li aqui… hahaha
    História é uma materia bem interessante, imagina poder saber um pouco mais da 2 guerra mundial de uma maneira diferente, bacana demais, já quero esse livro…

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem