Resenha: Becky Bloom ao Resgate

Ficha técnica:

Nome: Becky Bloom ao resgate

Autor: Sophie Kinsella

Tradutor: Carolina Caires Coelho

Páginas: 400

Editora: Record

Compre aqui

Sinopse: A consumista mais carismática de todos os tempos está de volta em uma missão de resgate – com muitas encrencas e confusões, claro!
Hollywood se mostrou cheia de surpresas, mas agora Becky Brandon (nascida Bloomwood), Luke e a filhinha deles, Minnie, junto com Suze, sua nova melhor amiga (só que não), Alicia, sua mãe, Jane, e a melhor amiga dela, Janice, resolveram embarcar em uma road trip até Las Vegas (em um trailer, porque a tarefa deles é muito importante, então eles precisam ficar o tempo todo juntos, para facilitar a comunicação). Isso tudo porque o pai de Becky sumiu deixando apenas um bilhete dizendo que precisava “consertar uma coisa” e reparar uma injustiça causada a um velho amigo. Jane, é claro, está histérica. Suze também não fica atrás. Ela surtou porque Tarquin, seu marido, foi junto, e agora ela acha que o Lorde de Letherby Hall corre um grande perigo, pois Bryce – o bonitão do Golden Peace, de Los Angeles – está tentando fazer uma lavagem cerebral nele para arrancar o dinheiro da família. Determinada a descobrir o paradeiro do pai, a consumista mais querida de todos os tempos apostará todas as suas fichas em um plano ousado, que poderá trazer à tona um grande mistério do passado. Mas será que essa estratégia mirabolante será capaz de salvar sua família e seus amigos quando eles mais precisam dela? Fonte

Faz um tempo que li esse livro e não via oportunidade de resenhar. Ou eu esquecia, ou surgia algum imprevisto, ou passava outro post na frente… Coisas que acontecem. rs

Para quem não conhece Becky Bloom, ela é uma personagem peculiar já em seu sétimo livro e em cada livro acompanhamos seus apuros como uma shopaholic descontrolada, enquanto tenta resolver alguma picuinha de sua vida. Outras resenhas vocês podem acompanhar aqui.

Neste último livro (que espero não seja o último de fato), temos a primeira “continuação” de um livro anterior da série. Não que não seja sequência, mas todos os volumes têm uma história fechada, com começo meio e fim. Mas no final de Becky Bloom em Hollywood, temos um cliffhanger para essa história, que mostra Becky e companhia viajando até Las Vegas para encontrar o pai de Becky e Tarquin, o marido de Suzie, que sumiram em circunstâncias muito estranhas.

Não vou me estender muito na história, porque a sinopse já mostra muita coisa e é provável que muitos nem conheçam a série, então falar de vários personagens vai só confundir todo mundo.

O que posso ressaltar nessa resenha é que Becky continua divertida e doida, mesmo tendo uma pequena “crise” em relação aos gastos. Imaginem o que é para uma shopaholic, uma pessoa viciada em compras, estar em Las Vegas, onde você faz apostas altas e gasta rios de dinheiro? Um perigo enorme! Porém, Becky estava com um peso enorme na consciência por se sentir responsável em relação ao sumiço do pai e por isso… NÃO TINHA MAIS VONTADE DE COMPRAR! 

Sério, para Becky Bloom, isso é o mesmo que a pessoa ter enlouquecido de vez.

Em todo o caso, eu achei esssa mudança até que bem bacana, porque nos livros anteriores parecia que ela conseguia evoluir um pouco em seu grau shopaholic, para depois regredir novamente. Pelo menos foi isso que senti no último livro, embora esse fator não tenha atrapalhado minha leitura. Nesse livro, porém, como a característica principal da personagem foi “freada”, conseguimos ver Becky por outra perspectiva, o que foi muito bom!

Outra coisa: apesar de ter parado de gastar nesse livro, a Becky continua sendo uma pessoa doce que se importa com seus amigos. Além de tentar encontrar – e depois ajudar – o pai, Becky ainda tenta cuidar de Suze, que está com o casamento estremecido e, ainda por cima, está sendo influenciada por Alícia, um antigo desafeto de Becky e que diz ter se regenerado. Será?

Eu adoro os livros da Sophie Kinsella e mega recomendo a série da Becky. Eu sei que são vários livros e eles são bem grossinhos, mas quando você menos esperar, você estará rindo do nada e terminando um livro querendo o próximo logo em seguida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Dani Souza disse:

    Eu só li um livro da Sophie Kinsella e Adorei, me diverti muito lendo. Ainda não li este livro, só vi o filme. Mas eu quero muito ler essa série, tenho muita vontade ss ler mais livros da autora.

  • Mirelly disse:

    Oii, tudo bem?

    Fiquei até confusa com tanto nome na premissa kkkk
    Que bom que a mudança da personagem te fez vê-la de outra perspectiva, acho bem legal quando isso acontece. Espero conseguir realizar essa leitura em breve, assim como os outros livros da série.

    Beijinhos!!

  • Ana Caroline disse:

    Olá!

    Vou confessar para você: eu fui uma das pessoas que odiou essa personagem. Eu abandonei o primeiro livro, simplesmente não me desceu a Becky e nem essa compulsão por compras dela, infelizmente não tenho vontade de tentar ou me forçar a ler algum livro dela novamente.
    Mas NOSSA, ela parou de comprar nesse livro, já estava na hora, né.

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Tenho esse livro desde o lançamento e até hoje não li, na verdade preciso concluir a leitura da série.
    Becky é sempre divertida, um pouco exagerada, mas rende um bom entretenimento.
    Beijos!

  • Camila - blog Leitora Compulsiva disse:

    Não acredito!!!
    Como assim Backy Bloom sem vontade de comprar?!
    Estou chocada!! Rs..
    Eu li os primeiros livros da série, mas depois perdi o embalo. Depois de saber disso, já quero retomar a história!
    beijos
    Camis – blog Leitora Compulsiva

  • Ivi Campos disse:

    Eu li todos os livros com a Becky Bloom, menos esse e não sei se quero ler porque ewu realmente me cansei um puco das confusões e mentiras da Becky. Como você disse na resenha, ela progride e depois regride e eu acho isso cansativo. Mas talvez eu conclua a serie.
    beijos

  • marijleite disse:

    Oi, eu não resisto a livros divertidos, então essa é uma série que tenho muita vontade de ler. Achei interessante podermos ver mais da personagem além da sua compulsão por compras nesse volume, preciso logo começar a leitura da série. Ótima resenha.

  • Luna disse:

    Eu sou doida para ler os livros da Sophie Kinsella, especialmente esta série!

    Uma vez assisti um filme muito divertido cujo título era Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, o que com certeza é uma adaptação de algum livro da série. Lembro que amei a história e a protagonista! Ri muito!

    Fico feliz que a mocinha tenha conseguido controlar um pouco seu vício em compras, mas o que a levou a isso é triste. Espero que o pai dela esteja bem.

    Espero conseguir ler essa série logo!

    Bjs!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem