Resenha: Corações Ousados

Corações ousados“O ex-agente Dalton Kirk achou que sua vida tivesse chegado ao fim quando uma gangue de contrabandistas o largou à beira da morte. Retornando ao seu rancho no Wyoming, ele se preparou para levar uma vida calma e pacata. Até Merissa Baker bater à sua porta. Ela sabia muito bem que era considerada a “esquisita” da cidade devido ao seu dom de prever o futuro. E Merissa teve uma visão com Dalton em perigo. Mas ele não é o único. A segurança de Merissa também está ameaçada.”

No Grupo dos blogueiros parceiros da Harlequin, um nome que sempre aparece é o da Diana Palmer. Eu ainda não tinha lido nada dela, então por isso aproveitei os lançamentos do mês passado para conhecê-la. Corações Ousados me chamou atenção exatamente porque a sua base é um mistério. Merissa Baker tem um dom: ela consegue prever o futuro. É claro que ela não tem domínio completo desse dom e as visões aparecem quando ela menos espera. Ela nem sempre consegue sabe detalhes do evento… Mas o que importa é que ela sabe que o ex-agente Dalton Kirk está em perigo e com isso ela vai avisá-lo. Ele acaba acreditando, porque ela conhece detalhes que ninguém mais conheceria. Merissa acaba se envolvendo com ele e mal ela sabe que também está correndo perigo…

Normalmente, uma das grandes reclamações dos chamados “romance de banca” (eu não gosto desse nome, mas isso fica para um outro post) é que a maioria deles são iguais: mocinha encontra mocinho, se apaixonam rapidamente, algum problema acontece, eles resolve e ficam juntos. Em Corações Ousados, Diana saiu totalmente dessa receita de bolo e colocou todo um mistério no enredo. Isso trouxe um diferencial para o livro mas a narrativa da Diana não me agradou tanto assim. Algumas cenas são imensas e nada acontece… Enquanto outras, importantíssimas, são muito curtas. Por causa disso a leitura não flui de uma forma homogênea.

Porém o que mais me incomodou foi o romance. Por causa do mistério, ele praticamente não foi desenvolvido! Esse livro merece um troféu de “protagonistas se apaixonando mais rapidamente” (e eu leio muitos romances então tenho bastante material para comparar) e depois… Tudo acontece mais rápido ainda. Eles começam a agir como um casal, mas eu não consegui sentir isso. Eu não consegui conectar com os personagens e nem torcer para que o relacionamento deles dessem certo… A Diana Palmer não soube dosar bem o mistério com o romance, pelo menos não da forma que eu esperava. Um ponto positivo são os personagens secundários que deram uma revigorada na leitura em algumas cenas.

Esse livro faz parte de uma série (como sempre), mas eu consegui entender o enredo sem problemas. É claro que alguns detalhes dos personagens, principalmente os secundários, não são explicados em detalhes… Mas isso não atrapalha a leitura de nenhuma forma. O final inclusive já deixa um gancho para uma história futura.

Enfim, Corações Ousados é um livro bem diferente, porém o efeito final não me agradou muito. A autora não soube realmente separar o que era importante para o livro… Mas talvez eu não tenha feito uma escolha muito boa dessa vez. Tenho certeza que terei outras oportunidades de ler Diana Palmer, e que sabe ele não consegue me surpreender?

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Harlequin.

Ficha Técnica

Título: Corações Ousados
Autor:  Diana Palmer
Editora: Harlequin
Páginas: 256
Onde comprar: Livraria Cultura/Amazon
Avaliação: 

 Essa postagem está participando do Top Comentarista de Agosto. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Suelen Mendes disse:

    Se tem uma coisa nos romances que eu não curto é isso,os personagens se apaixonando mto rápido,parece coisa de cupido msm né,nem se viram direito e já estão totalmente caidinhos um pelo outro,não consigo me convencer e acabo não gostando deles kkkk
    Esses romances de banca (tô curiosa pra saber pq vc não curte o nome,nos conte em outro post viu.)não me agradam,acho mto água com açucar.
    Bjus

  • Nathalia Simião disse:

    Oi Lany. Gosto muito de romance, mas esses romances de banca não me descem, é sempre a mesma coisa. Uma vez na vida e outra na morte eu leio algum, mas tem que ser muito bem escrito pra me interessar. Isso tudo ja era um ponto negativo pra eu me interessar por esse livro, agora que li sua resenha o interesso é abaixo de zero. A história parece ter sido escrita de uma maneira muito ruim.

  • Solange Cristina disse:

    Olha Lany, eu já li duas séries da Diana e vou confessar que não passa muito longe dessa linha “romance de banca”.
    Só que claro .. tem sempre alguma coisa diferente entre um e outro!
    Essa série eu não li ainda, mas eu não gosto de misturar romance com essas coisas paranormais !
    Mas sei lá !
    🙂 🙂

  • Michele Lopez disse:

    Oie…
    Desconhecia o livro e a autora! Gostei de conhecer um pouco mais sobre a obra!
    Gostei bastante da premissa do livro e achei inusitado um romance que tenha uma pegada de sobrenatural também…
    Não li nenhum livro que tivesse os dois juntos e acho que iria gostar! Mas não é uma das minhas prioridades de leitura no momento! Quem sabe no futuro!

  • Michely Reis disse:

    Que capaa divaaaa…
    adoreii a premissa do livro hahahahah…super empolguei com a leituraa…acho que vou adorar a leituraa…não gosto dessas coisa de romance com paranormais não..mais me deixou curiosaa viu

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem