Resenha: Delírio

Imagine um mundo onde as pessoas são incapazes de se apaixonar; um mundo no qual o amor, em qualquer forma, é considerado uma doença. Essa é a sociedade distópica criada por Lauren Oliver em Delirium, o primeiro livro de uma trilogia com lançamento no Brasil previsto para o primeiro semestre de 2012.

Portland, Maine: uma das várias cidades norte-americanas cujas bordas foram fechadas para que o governo possa controlar amor deliria nervosa, a doença mais fatal que se conhece. Lena Holoway está a apenas 95 dias de completar 18 anos e finalmente ser submetida ao procedimento cirúrgico que irá livrá-la de vez do risco da amor deliria nervosa. Após o procedimento, ela terá a oportunidade de escolher seu futuro marido dentre candidatos pré-selecionados pelo governo e levará uma vida tranquila, sem as dores e complicações que relacionamentos costumavam trazer antes da cura. Lena não vê a hora de fazer a cirurgia, de ter o risco de contração da doença que arruinou a vida de sua mãe eliminado de uma vez por todas. Mas faltando apenas alguns meses para o procedimento, um imprevisto acontece: Lena se apaixona.

Confesso que quando peguei Delirium para ler, não esperava muita coisa. A recomendação foi feita pela Sabrina do Café com Blá Blá Blá, mas eu demorei pra ler, achando que seria mais uma daquelas histórias em que se a mocinha não fica com o mocinho o mundo dela acaba e vice-versa. Não me entendam mal: Delirium conta uma história de amor, mas não fica presa ao romance de Lena e Alex. Lauren Oliver lida com o conceito de amor em suas mais diversas formas, incluindo amizades e o amor de uma mãe por seus filhos. Aliás, esse foi um dos aspectos mais interessantes: o que acontece quando o amor entre pais e filhos é inexistente, e somente o dever de criar uma criança permanece.

A maneira com que Oliver descreve os sintomas da “doença” também é fascinante, e deixa a história ainda mais real. Quem nunca sentiu o coração batendo mais forte, as mãos suando, a sensação de que tudo no mundo é mais bonito, e nunca se perguntou se isso é amor? E quem nunca teve seu coração partido e nunca desejou que jamais tivesse amado em primeiro lugar? Que qualquer coisa seria melhor do que aquela dor, aquela angústia de não ter o amor correspondido, ou de ter amado e perdido? Quantas pessoas, eu me pergunto, não correriam para o hospital mais próximo caso uma “cura” para o amor fosse inventada?

A introdução de cada capítulo também foi um fator que me chamou a atenção. Nelas, a cultura da sociedade criada por Oliver é retratada com cuidado através de excertos  do Safety, Health and Hapiness Handbook (também conhecido como Book of Shhh), panfletos governamentais, e canções de ninar, nos deixando com a impressão de que realmente não há nada de errado em querer destruir a doença que causa tantos problemas. Isso também demonstra o cuidado da autora na criação da sociedade: ela sabe onde a história precisa ir.

“Infelicidade é escravidão; portanto, felicidade é liberdade.
A maneira de encontrar felicidade é através da cura.
Portanto, é somente através da cura que pode-se encontrar a liberdade.”

-De “Vai Doer? Perguntas e Respostas Frequentes Sobre a Cirurgia, 9ª edição, Associação de Cientistas Americanos, Agência Oficial de Panfletos do Governo dos EUA

Como um bom livro retratando uma sociedade distópica, Delirium nos apresenta um governo tirano, um povo impotente e uma heroína que precisa de extremos para alterar suas crenças. Com personagens cativantes e uma narrativa deliciosa, Delirium me deixou desesperada para chegar até o final e ao mesmo tempo ansiosa pra colocar o livro de lado por medo do que poderia acontecer.

Pandemonium – o segundo livro da trilogia – chega às livrarias americanas em Março de 2012, e eu não vejo a hora de tê-lo em mãos!

Editado: Aqui no Brasil a continuação Pandemônio será lançada em março de 2013, pela editora Intrínseca!

Ficha Técnica:

Título:  Delírio (Delirium)
Autor: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Onde Comprar: Livraria Cultura // Livraria Cultura (em inglês)
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem