Resenha: Desde o primeiro instante

Como vocês devem estar acompanhando pelas minhas últimas resenhas, eu não estou nada contente com a parte romântica de vários livros que eu li. Eu estava precisando acreditar que livros em que os personagens se apaixonam lentamente ainda existem e por isso, fui ler novamente as sinopses dos livros que eu tinha. “Desde o primeiro instante”, apesar do título, me passou a impressão de que ele era exatamente o que eu necessitava. E eu estava totalmente certa!

desde o primeiro instante“Rachel acabou de romper um noivado e está decidindo o que vai fazer da vida. Quando ela se encontra casualmente com Ben, um amigo dos tempos da faculdade, seu coração balança. Na época não rolou, mas agora ele parece tão mais interessante… O problema é que Ben está casado, “fora do mercado”, como se costuma dizer. Ok, hora de partir para outra. Rachel não é nenhuma mocinha ingênua, dessas que se deixam levar pela emoção. O fato de Ben ser lindo, educado, engraçado, nobre e fiel não é suficiente para tirar Rachel do seu eixo. Claro que não. Na verdade, ele é O Companheiro Perfeito. Pena que seja tão fiel! Apaixonar-se pelo melhor amigo é o sentimento mais gostoso do mundo, mas também é assustador.”

Em primeiro lugar: esse livro é lindo! E eu me apaixonei por ele desde o primeiro instante, porque a protagonista é muito interessante. E ela é muito humana: ela comete vários erros durante o livro, mas você não consegue ficar com raiva dela, porque é tudo muito plausível. Então nada de romances utópicos e declarações de amor no segundo capítulo. Essa história poderia acontecer com qualquer pessoa (e eu tenho certeza que muitos vão realmente se identificar com ela).

Bom, mas comecei fazendo essa resenha ao contrário, então vamos para o enredo do livro (é que eu precisava realmente convencer vocês a lerem esse texto até o final!). Rachel estava noiva e arrumando os últimos preparativos para o casamento. Mas, em uma discussão com o noivo sobre qual seria a atração musical da festa, ela percebeu que… Bem, apesar de tanto tempo de relacionamento, talvez o casamento não fosse uma boa ideia. Será que eles não estavam juntos só pela conveniência da relação? Por isso ela resolve cancelar tudo – e depois de muito tempo, volta ao grupo das solteiras.

Através de uma das suas amigas, Rachel descobre que um dos seus melhores amigos da faculdade (e com quem ela não tem contato desde então) está de volta a cidade. Ela não acredita muito e resolve conferir – e era realmente ele! Eles conversam e Rachel descobre fatos interessantes, como por exemplo, que ele está casado. Rachel sabe que Ben é realmente um homem fiel – mas mesmo assim, ainda fica balançada com a presença dele.

O leitor fica se perguntando “Mas o que aconteceu? Eles foram namorados? Ele gostava dela? Ela gostava dele? Por que eles nunca mais se falaram?”. Todas essas perguntas – e muitas outras- são respondidas através de capítulos onde Rachel narra o que aconteceu quando eles estavam na faculdade. Ou seja, o livro possui capítulos narrados em primeira pessoa contando o que está acontecendo agora intercalados com capítulos em que Rachel narra o que aconteceu no passado. Eu adorei essa forma “não linear” de narrativa, porque você vai descobrindo aos poucos a história dos dois e consegue comparar as diferenças entre o passado e o presente. É LINDO perceber como os personagens aprenderam com os seus erros, mas mesmo assim, continuam errando em outros aspectos. Como todos os seres humanos.

Os personagens são muito bem construídos. Rachel descreve o Ben como sendo tão bonito quanto atores de Hollywood, mas ele não tem nada de metido. Inclusive, ele tem uma característica que eu amo: ele é muito engraçado! Os dois começam como amigos e só depois que um sentimento diferente vai sendo desenvolvido. É isso o que eu acho que tem que ser mais presente nos livros: nem todo mundo se apaixona da primeira vez que se encontram. E o desafio dessa autora era ainda maior, porque o livro não faz parte de uma série, tendo portanto um número menor de páginas para o desenvolvimento do enredo. O melhor de tudo é que os personagens conseguem ter personalidade fora do romance. Não tem exageros, não tem declarações de amor quando as pessoas nem se conhecem direito, não tem situações completamente irreais. E os personagens coadjuvantes são muito bons! Os amigos da Rachel são muito engraçados e a esposa do Ben é totalmente UGH.

Um ponto que eu amei nesse livro é que ele tem muitas referências nerds! A minha reação era sempre awww. Algumas eram muito fáceis de serem descobertas, outras nem tanto… Eu fico me perguntando: será que eu percebi todas?

Algumas pessoas devem estar achando estranho porque eu dei quatro estrelas para esse livro. Eu admito: eu ando muito crítica ultimamente. Quando você lê muitos livros, acaba esperando que o livro seja mais do que excelente. E e eu conto muito o que eu senti durante a leitura, mais do que o enredo em si. Eu achei que ficou faltando alguma coisa, algo que me prendesse e não me deixasse parar de ler.

Se você adora romances, não pense duas vezes: leia Desde o primeiro instante! Eu gostei tanto do livro que com certeza lerei as outras obras dessa mesma autora…

 Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Novo Conceito.

Ficha Técnica

Título: Desde o primeiro instante
Autor: Mhairi MCFarlane
Editora: Novo Conceito
Páginas: 464
Onde comprar: Livraria Cultura/Livraria Cultura (e-book)/ Amazon
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Ana disse:

    Ai, eu sempre tive um pé atrás com romance kkkkkkkkkk sempre deixo minha opinião nas resenhas que comento, e meu problema é exatamente o que você comentou,a respeito de ser tudo muito corrido, surreal, perfeito demais ou muito dramático, as vezes é tão intenso que é impossível de viver isso na vida real, gosto de me identificar com a história. Mas vamos lá, eu amo as resenhas do blog, sempre respondem a minhas perguntas antecipadamente kkkkkk eu confesso que teria dúvidas sobre ler ou não ler, mas a resenha me convenceu, parece ser bom, acho que o “algo a mais” que você procurou é mais aventura, geralmente o romance é bem pouco movimentado, sinto falta disso quando leio

  • Raquel Pereira disse:

    Acho que eu iria gostar basante do romance… rsrs
    Acredito que ficaria um pouco perdida cm as tiradas Nerds, sou pessima nisso.
    Achei nteressantetém aforma que voc^citou que é a narrativa do livro, passado e presente intercalados.
    Sem contar que apesar de simples, ahei essa capa muito fofa.
    Bjk

  • Fabiana Strehlow disse:

    Como é bom quando a gente lê um livro que vai além das suposições!
    Eu particularmente, gosto do tipo de romance que vai surgindo de mansinho.
    “Os dois começam como amigos e só depois que um sentimento diferente vai sendo desenvolvido”.
    Muito bom!

  • Marília Sena disse:

    Romances assim, como Desde o primeiro instante, conseguem fazer a diferença. Estamos tão acostumados com esses protagonistas que se apaixonam de uma hora para outra, um amor sem embasamentos, que quando pegamos um livro bem construído é puro amor o/
    Achei legal também que as personagens coadjuvantes são bem construídas (acho super importante) e essa forma não-linear interessante na escrita. O trabalho da Novo Conceito com a capa fiou lindo!
    Interessei-me bastante pelo enredo, e se antes eu já daria uma chance ao livro, agora eu fiquei mesmo com vontade de lê-lo.

  • Karen disse:

    É, Lany, sei do que você está falando: também ando muito crítica e é muito difícil dar 5 estrelas para um livro. É só quando a gente realmente não pára de ler e sente que foi PERFEITO. Mas 4 estrelas é muito digno. Deu super vontade de ler, mesmo não sendo muito apegada a romances. 🙂

  • Gustavo disse:

    Gostei da sinopse, mas li ela e fiquei com um desconforto pensando todo tempo em traição, e como a protagonista parece lamentar ele ser fiel kkkk por isso não gostei tanto assim da protagonista logo de cara, mesmo você falando que ela é ótima e talz.
    Achei bem legal o fato deles serem tão humanos que erram com “frequencia” e aprendem com os erros, já li livros em que os personagens nunca erram, e fica horrível como o autor endeusa eles desse jeito, como se erros fossem para meros idiotas, não pra todos kkk.
    Também adoro personagens engraçados, isso quando eles não são forçados. Acho que vou dar uma chance ao livro, simplesmente porque gostei da resenha e gosto de romances que se desenvolvem mais devagar.

  • Nayara disse:

    Adorei, adorei, adoreeei a resenha!!!
    Fiquei com muita vontade de ler! Parece ser daqueles livros fofos e que depois que você lê, cria um carinho todo especial. *-*
    Vou colocar na minha pequena grande lista de livros.
    E eu adorei a capa! Se tivesse visto pela livraria, com certeza pararia para ler a sinopse! 😀
    Parabéns pela resenha!
    Beijos.

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu não sou muito chegado a esses romances, mas as vezes eu sinto falta de ler algo assim, pra sair da rotina, vou colocar na minha lista aqui e espero poder ler esse livro ainda esse ano.. 😀

  • Jéssica Maria disse:

    Não sou muito fã de romances ,mas a sua resenha me conquistou ,eu acho essa capa bem legal .

  • Débora Mille disse:

    Esta capa é muito bonitinha, mas a sinopse não me chamou muito a atenção. Não sei, talvez eu dê uma chance…

  • Karolyne K. disse:

    Eu já li \o/
    E é bem fofinho mesmo. Mas devo admitir que fiquei com uma raiva dos personagens no final, por favor, muita raiva. E Rachel consegue ser bem lelé as vezes hein? Pfff…. mas enfim, o livro é bem engraçado e garante boas risadas. E gostei mais das partes que contavam do passado deles kkkkkkkkk

  • Top Comentarista – Agosto « Por Essas Páginas disse:

    […] Esse mês o prêmio do Top Comentarista é o livro Desde o primeiro instante. Vocês podem conferir a resenha aqui. […]

  • TTT: 10 autores que eu conheci em 2014 « Por Essas Páginas disse:

    […] McFarlane – Eu nem sei o que falar sobre Desde o Primeiro Instante. Ele é lindo, lindo, […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem