Resenha: Despedaçada


Ano passado, na Bienal, recebemos da Farol Literário o último volume da série Reiniciados. Eu fiquei super empolgada, porque definitivamente adorei a série – apesar de ter desacelerado um pouco no segundo livro. Mas eu tinha outras prioridades na época e deixei para depois. E vocês já devem ter reparado que às vezes eu demoro MUITO para postar a resenha de um livro lido – salvo raras exceções. Bem, aqui estamos, finalmente.

DESPEDACADASinopse: Kyla foi Reiniciada: sua memória foi apagada pelo Opressivo governo dos Lordeiros. Mas, quando lembranças proibidas de um passado violento começam a aparecer, surgem também dúvidas: ela pode confiar naqueles que passou a amar, como Ben? As autoridades querem a morte de Kyla. Com a ajuda de amigos no DEA, ela vai a fundo, sondando seu passado e fugindo. A verdade que ela busca desesperadamente, no entanto, é mais surpreendente do que ela poderia imaginar. Ao final do terceiro volume desta aclamada série, os mais profundos e imprevisíveis segredos serão revelados. Fonte

Essa resenha contém SPOILERS dos livros anteriores – dessa vez eu não me segurei, mas estão bem assinalados e ficará a seu critério lê-los ou não (recomendo não ler os spoilers mais para o final da resenha, pois são mais comprometedores).

Antes de mais nada, esqueçam o foco romântico. Graças a Deus, sumiu a obsessão de Kyla por Ben, mesmo que temporariamente. Esse terceiro livro foi muito mais focado em Kyla e na recuperação de sua vida (ou a criação de uma nova), além também de ser focado no universo criado pela Teri Terry.

Recordar é viver: No final do segundo livro [SPOILER: selecione o texto se quiser saber o que aconteceu!] Kyla sobrevive por pura sorte a uma bomba implantada por Nico, um terrorista do RU Livre, em seu comunicador. Uma vez que a Dra. Lysander alterou o número de registro de Reiniciada de Kyla em seus sistemas, ela é dada como morta por todos. Assim, ela vê a oportunidade de começar uma nova vida, ajudando Aiden com o DEA – outra facção, porém não terrorista. Enfim, o que vocês podem saber é que Kyla agora tem a oportunidade de ir em busca de seu passado de forma incógnita (para algo não resumido, leia o spoiler).

Vemos então, nesse terceiro livro, uma mudança drástica de cenário – e muito bem-vinda, aparentando ser até menos opressora do que o lugar que Kyla morava antes. Claro, ela não pode se descuidar, então outras mudanças são muito necessárias, inclusive físicas. Com uma nova aparência e um novo nome, Kyla consegue encontrar Stella, a pessoa que colocou o nome de Kyla no site do DEA, anos antes. Mas Kyla não se sente bem em chamá-la de mãe, assim como Stella não se sente à vontade quando Kyla pergunta sobre seu pai.

Outra figura sinistra que aparece é a mãe de Stella, que teve um papel fundamental na criação dos lordeiros e também na vida de Kyla. SPOILER: Mesmo antes de ela ter nascido! Ou seja, temos aqui uma história de traição e conspiração de quase vinte anos! E coisas assustadoras que acontecem com as pessoas, que faz você pensar que está em um sistema nazista.

A trama não deixa a desejar: Quando você pensa que desvendou algum mistério, você descobre na verdade que tem muito mais mistérios a serem desvendados. Eu achei muito inteligente – e até corajosa – a forma como a Teri Terry entrelaça a história de Kyla com a criação dos lordeiros e todo o desenvolvimento dos personagens, inclusive Ben que se tornou um babaca. SPOILER: Apesar de eu ter torcido por uma melhora naquele jeito sonso dele – o que aconteceu, acabou que Ben se mostrou mais um grande FDP no final, então não posso dizer que me decepcionei 100% com ele – antes FDP do que babaca. Os momentos com ele foram os mais chatos do livro mas, infelizmente, necessários.

Aliás, como eu disse acima, o livro não é focado no romance (por um momento no segundo livro eu cheguei a me preocupar), tanto que achei muito repentino e mesmo fraco a forma como foi mostrado o interesse de Aiden por Kyla, sem a oportunidade de ver se esse relacionamento se desenvolver. SPOILER: Tanto que se ela tivesse terminado sozinha, a série teria sido encerrada de forma ideal, não havia a necessidade de um par romântico ali. Mesmo assim, não vou dizer que o final ficou forçado com os dois, eles formam um bonito casal, muito mais coerente do que se ela tivesse ficado com Ben.

O resultado de toda essa história cheia de reviravoltas e mistérios foi muito além do que eu havia imaginado. Algumas pessoas podem ter achado o final muito rápido, mas na verdade aconteceu do ponto de vista da Kyla e, na minha opinião, não tinha como ser diferente.

Então, eu recomendo essa série por três motivos: Um começo cheio de tensão e mistério; uma continuação em que a ação é bem dosada e ainda temos o fator tensão e uma conclusão coerente, sem chororô e sem pontas soltas. É bem no estilo thriller psicológico.

Fica como uma das melhores leituras do ano.

Este livro foi gentilmente cedido pela editora Farol Literário.

farol_literario

Ficha técnica:

Nome: Despedaçada
Autor: Tery Terry
Páginas: 400
Editora: Farol Literário
Onde comprar: Livraria Cultura / Saraiva /  Submarino / Amazon
Minha avaliação:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Marília Sena disse:

    Eu confesso que vi algumas divergências em relação a esse livro, mas sua resenha foi bem esclarecedora hahaha eu quero muito lê-lo!

  • Gustavo disse:

    Eu não vou ler a resenha porque estou louco por essa série, desde que soube da existência desses livros. Acho a premissa incrível, as capas lindas, e os personagens parecem muito fortes e marcantes. A única coisa que vi da resenha é que o livro valeu 5 estrelas, então eu sei que preciso dessa série urgente. Ainda bem que acabou kkkk *-*

  • Larissa Oliveira disse:

    Olá! Quero muito ler essa série. Fiquei um pouco perdida na resenha, justamente por não estar a par dos acontecimentos dos volumes anteriores e, obviamente, optei por não ler os spoilers. No entanto, bastou saber que a história é recheada de reviravoltas e mistérios e a vontade de ler só aumentou.

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu não li a resenha, porque no começo diz contem Spoiler e nao gosto… hahahaha
    e tbm pq essa é uma serie que vejo muita gente falando bem e tenho muita vontade de ler… e nao quero nem um spoiler…. hehehe
    mas olhei que ganhou 5 estrelas entao parece que a serie fecha com chave de ouro, minha vontade so aumentou… :D

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem