Resenha: Destrua-me [Estilhaça-me #1.5]

cover“Uma história contada do ponto de vista de Warner, o cruel líder do Setor 45.” Fonte

Bem, eu li Estilhaça-me e foi uma completa decepção, como vocês podem ler na minha resenha. Porém, eu sou uma pessoa persistente. Acredito que a escrita de um autor possa sim evoluir. Acredito também que outros livros de uma série possam ser melhores que o primeiro. Fico feliz por acreditar em tudo isso porque o conto Destrua-me se mostrou uma ótima leitura. De fato, o conto narrado por Warner é uma leitura infinitamente melhor que Estilhaça-me, apesar de ser cria desse livro.

Aviso que essa pequena resenha tem alguns spoilers de Estilhaça-me. Impossível não falar de um livro sem falar do outro. Avisados estão.

Primeiro eu devo dizer que esse não é um mero conto – está mais para uma noveleta. O e-book tem cerca de 70-80 páginas e é dividido em 23 capítulos! Para mim isso é uma noveleta. Mas isso não é um problema e sim uma qualidade.

Toda a história é narrada do ponto de vista de Warner, o “terrível” vilão de Estilhaça-me (quando eu digo “terrível” imaginem minha voz em um falsete de horror). Digo isso porque ele é pintado em Estilhaça-me, sob a visão de Juliette, como um homem horrível, sem escrúpulos, sem coração, vazio de sentimentos, um vilão com apenas uma faceta, sem chance de redenção. Em Estilhaça-me ou um personagem é ruim ou é bom: não há meio termo – e isso é um dos problemas do livro, uma das coisas que me fizeram detestá-lo. Agora, em Destrua-me, a situação muda de figura.

Nesse conto encontramos explicações para as atitudes de Warner. Descobrimos mais sobre seu passado, sobre sua família, especialmente seu pai, que aparece na história; sobre seus sentimentos e motivações. Warner mostra que é um personagem com camadas, não com apenas uma única face cruel como Juliette nos fez acreditar que era. Acima de tudo, Warner é um homem perturbado, solitário e obcecado. Lendo essa história o leitor vai se apegando a ele; na realidade eu até torci por ele. Acho que quando resolver ler Liberta-me vou começar a levantar pompoms para o cara. Ele é um personagem muito bem construído e começo a achar que o problema de Estilhaça-me foi Juliette – e Adam, claro, que é tão irreal que se torna cansativo. Abaixo uma ótima definição de Adam na voz de Warner:

“Que ela fosse me trocar por um ser robótico, um idiota sem sentimentos como Kent. Seus pensamentos são tão vazios, tão sem sentido; é como conversar com uma lâmpada de mesa.”

O conto começa quando Warner toma um tiro de Juliette e continua após os acontecimentos da fuga da garota. Também temos alguns vislumbres de Juliette, claro, mas na parte mais interessante de sua vida: quando ela estava trancafiada no sanatório. O conto faz um paralelo entre a loucura da garota e a loucura de Warner. Praticamente toda a história gira em torno dos pensamentos e sentimentos dele e, apesar disso, a história não é cansativa. Fiquei surpresa com a escrita realmente vibrante de Tahareh Mafi nessa obra. Destrua-me foi uma grata surpresa e fiquei muito feliz por ter dado uma chance a ele. O conto me deu um pouco de esperança quanto ao próximo livro da série, mas já aprendi a não criar muitas expectativas: o próximo livro, afinal, é sob a visão de Juliette, não de Warner.

Antes de terminar preciso dizer que a Novo Conceito foi bastante caprichosa com a edição desse conto em e-book. Dentre todas as capas dos livros, a capa de Destrua-me é a melhor de todas – as duas outras capas são simplesmente horrorosas e preguiçosas. A capa desse e-book, porém, é fantástica e condizente com o livro. Já a edição do e-book é bastante caprichada, com índice de capítulos, todos os dados de catalogação, atenção à tradução e à revisão. Muito diferente de outros e-books gratuitos disponibilizados por aí. Destrua-me está disponível para download gratuitamente nesse link. O formato é e-pub, porém eu consegui convertê-lo tranquilamente para o Kindle. Vale a pena a leitura para quem já leu a série, mesmo para quem não curtiu o primeiro livro.

Ficha Técnica:

Título: Destrua-me
Autor: Tahareh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 70
Onde adquirir: Gratuitamente nesse link
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Lucy disse:

    Eu sei que vc gosta de vilões, mas pelo visto esse é seu novo queridinho. hahaha
    Bem, eu leio muita gente falar que vale a pena ler o segundo livro pelo vilão e que torcem para que a Juliette fique com ele (??). Mas não sei, agora me deu uma pontinha de curiosidade sobre ele. rs
    Vou ler e aí te digo o que achei!
    Bjos bjos

  • Karen disse:

    Ah, confesso que gostei bastante do Warner nesse conto. Vamos ver como fica quando eu ler Liberta-me. Te contar que até fiquei curiosa depois de ler o conto? Só por causa do Warner. Foi bom, me animou, porque eu estava completamente me arrastando para ler esse livro.
    Eu vi que tem gente torcendo por ele e pela Juliette! Até o momento, eu acho que ele é bom demais para essa menina tosca! hahahahahaha

  • Renata disse:

    Essa é outra série que eu preciso ler, só não sei quando, já que tem milhares na frente.
    Também costumo ser igual a vc, persistir na leitura porque pode melhorar, mas mais do que isso, eu não gosto de deixar nada pela metade, então se eu começar alguma leitura, eu preciso ir até o fim, por mais chato que talvez venha a ser.

    Beijos,
    Resenhando Books

  • Karen disse:

    Vish, Renata, entendo o sentimento da pilha de livros para ler… rs
    É, eu gosto de dar mais uma chance. A menos que o livro seja MUITO, MUITO RUIM mesmo. Assim… do tipo completamente inaceitável continuar a ler.

  • Top Ten Tuesday: Top dez livros da minha lista para eu ler no inverno « Por Essas Páginas disse:

    […] não tive boas impressões sobre ele (e não gosto da capa). Mas… A Karen recentemente leu Destrua-me e gostou bastante, então eu quero ler só para conhecer o vilão da história! Vai que eu gosto […]

  • Resenha: Liberta-me « Por Essas Páginas disse:

    […] livro da série de Tahereh Mafi. Porém, persistente, resolvi dar uma chance a ela e li o conto Destrua-me, disponibilizado gratuitamente pela Editora Novo Conceito, conto esse narrado pelo vilão, Warner. […]

  • ana paula ramos disse:

    me animou bastante…. acho que o warner deve ser o melhor personagem mesmo!
    vou baixar, e vou ler estilhassa-me mais animada… pensando que tem um melhor por vir!
    Achei legal ter um conto, que mostra as atitudes de um personagem.. agete acaba julgando a primeira vista.. e nem assim, tem como começar a ver ele com outros olhos…..

    valeu pela dica e pela resenha!!!

    bjos

  • Jullyane Prado disse:

    Nossa esse vilão parece ser realmente interessante, eu já li livros que eu torço o tempo todo pelo vilão, porque a personagem vítima é tão burra e tão idiota que não vejo a hora dela morrer. kkkkkkkkk #Exagerei! Mas tudo bem, espero ter tempo pra ler esse livro.

  • ELIZABETH MACHADO SALLES disse:

    Já li um trecho desse livro e amei. Não li mais porque ainda não li os anteriores e pretendo lê-los logo, logo. Mais fiquei mais que contente com seus comentários sobre a história. Amei.

  • Mariana disse:

    Ainda não li, participando da promoção para ganhar o livro e poder ler.

  • Lucas Grima disse:

    O ponto em que Warner começa a narrativa após ter levado o tiro só comprova que a autora o isolou em Estilhaça-me. Depois que ele leva o tiro, ele não aparece mais (não que eu me lembre). O conto superou minhas expectativas e acho que o terceiro livro poderia ter uma narração dele, que se mostrou tão mais interessante quanto Juliette.

  • Ana Caroline Basto Fonseca disse:

    deu para entender que ele ñ é tão mau quanto achava antes mas mesmo assim continuo gostando dele só que agora é mais.

  • Tâmara Moya disse:

    Destrua-me é um conto que a autora escreveu para nos dar a visão do Warner do que acontece em Estilhaça-me. Acredito que o conto tem sim muitas spoilers sobre o primeiro livro e acredito que sobre o segundo também, já que um novo personagem aparece nesse conto e revela uma ideia que ele dará continuidade mais para frente. Algo importante sobre o conto é que ele apresenta uma visão a mais da relação dela com os pais e de algumas situações do tempo que ela estava no hospício. Acredito que que o trio, Adam, Warner e Juliette, são bem mais parecidos do que a gente pensa. Não sei, é uma ideia.
    Ótima resenha
    Bjus

  • leticia dantas disse:

    Parece que o Warner é algo bem diferente do que nós imaginávamos. Quero ler esse conto, ou noveleta como você chamou kkk Mas no link aparece Página Não Encontrada :-( Também sou persistente e vou ler o resto dos livros

  • Thais Conte disse:

    Foi com Destrua-me que comecei a pensar em como a vida do Warner foi e é difícil,sendo sempre solitário com um pai perverso e tendo sempre que conquistar o medo das pessoas ao invés de respeito.Mesmo não concordando com sua visão do Adam adorei a resenha.

  • Jakeline Lima Silva disse:

    Série bem elogiada, verdade que existe alguns comentários negativos, mas devemos levar em conta cada história. Ótima resenha, bjs!

  • Andressa Nunes disse:

    Ainda não li, mas se foi mantida a qualidade do primeiro, com certeza é uma boa leitura.

  • Tainara Alves disse:

    É um livro curto em relação aos outros,e que bom que melhorou..
    Sempre acho que alguns personagens que são dito como vilões,ou maus têm alguma redenção.Não acho que esse Warner seja de todo mal,sem ler o livro até tô gostando dele,pelo menos não é perfeitinho,tem defeitos como todos.
    Bjs’

  • Caroline Centeno disse:

    Quem sabe não é? Um vilão contando a história só dá mais vontade de conhecer até porque estava “votando” nele na promoção. Acredito que muita gente acaba se apaixonando pelos vilões quando os mocinhos estão com falta de ação e emoção xDD

  • Rita Cruz disse:

    Estou louca pra ler Estilhaça-me, e como acabo sempre gostando dos vilões, creio que com este livro não será diferente. E saber que tem um conto inteiro sob o ponto de vista dele me deixa animada. Eu quero lê-lo, mas não antes de ler o primeiro da série, afinal não quero possíveis spoilers de Estilhaça-me.
    E essa capa é linda!

  • Nardonio disse:

    Que bom que você não se levou pela experiência negativa que teve com “Estilhaça-me” e continuou com a leitura da série. Gosto desses contos entre volumes, pois além de curtinhos, nos dão uma visão de uma personagem interessante, mas que não teve o destaque merecido no livro. Gostei de saber do cuidado da Editora, e por ele ser disponibilizado gratuitamente.

    @_Dom_Dom

  • Stephanie Remohi Baradel disse:

    Adorei essa versão da autora, ainda não li, mas acredito que conhecer o vilão mais à fundo vai me trazer outras concepções sobre ele, e não aquela única visão de Juliette. Dá para perceber que ele tem sentimentos e suas razões, e não é uma pessa fria e horrível como é mostrada nos outros livros. Quero muito conhecer esse lado dele.

  • guilherme disse:

    me animou bastante…. acho que o warner deve ser o melhor personagem mesmo!
    vou baixar, e vou ler estilhassa-me mais animada… pensando que tem um melhor por vir!
    Achei legal ter um conto, que mostra as atitudes de um personagem.. agete acaba julgando a primeira vista.. e nem assim, tem como começar a ver ele com outros olhos…..
    adorei a resenha bjs ;)

  • camila rosa disse:

    Eu ainda não li ao livro Estilhaça-me mas estou super curiosa para ler, e esse conto parece ser bem interessante né ainda mais que é o ponto de vista de outra pessoa, espero ter a oportunidade de ler ele também.
    Beijos

  • Tatiane Carvalho disse:

    Não li nenhum desses livros, por isso não posso opinar… Mas quero muito!!!

  • Mylene Leme disse:

    To com os ebooks aqui e até agora não deu coragem de ler, tenho também o destrua-me… O mania de julgar o livro pela capa!!!

  • graziela segredo silvestre disse:

    ADORO LIVROS ASSIM,NAO CONHECIA ESTE LIVRO,VCS DAO OTIMAS DICAS,PARABENS

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem