Resenha: Encruzilhada

Encruzilhada“A vida de Addison Coleman é um grande “e se…?”, graças à sua habilidade especial: Investigar Destinos. Addie é capaz de prever duas possibilidades de seu futuro toda vez que precisa tomar uma decisão. Quando os pais dela anunciam o divórcio, a garota deve escolher se vai morar com o pai entre os Normais ou se prefere ficar com a mãe no Complexo Paranormal. Para ter certeza do que a espera, Addie resolve Investigar. Em uma alternativa, ela conhece Trevor, um Normal sensível com quem logo sente uma conexão. Na outra, se envolve com Duke, o garoto mais popular da escola Paranormal. E agora, em qual futuro Addison estará disposta a viver?”


Quando eu li a sinopse de Encruzilhada, fiquei muito curiosa – e eu não fui a única, já que a Karen também queria esse livro. Depois de muitas lágrimas eu consegui ficar com ele (mentira hehehe nós somos boazinhas XD). Mas, talvez por causa das minhas altas expectativas, eu esperava um pouco mais do livro…

Encruzilhada conta a história de Addison Coleman, que vive em um Complexo Paranormal. Nesta “cidade” todos conseguem aproveitar muito mais a sua capacidade mental do que nós – a quem eles se referem como “Normais”. Assim, cada pessoa descobre a sua aptidão e tenta trabalhar para que ela se torne cada vez melhor. É como se eles tivesse “poderes especiais”. Por exemplo, a melhor amiga de Addie consegue Apagar Lembranças  e a mãe dela é Persuasiva. Já Addie tem um talento bastante peculiar: ela é uma Investigadora de Destinos. Se ela tem que tomar uma decisão, ela consegue ver o que aconteceria nos seus dois futuros e assim ela pode escolher o que for melhor para ela. É claro que mocinhas sempre sofrem e Addie tem que fazer uma escolha MUITO importante: seus pais vão se divorciar e ela precisa escolher com quem vai morar, já que o seu pai vai se mudar para o mundo “Normal”.  Addie então investiga 6 semanas de sua vida em cada uma das alternativas. Mas as suas escolhas podem ser bem mais complicadas do que ela imagina…

O livro é basicamente essa introdução à sociedade criada por Kasie West e a investigação de Addie do seu futuro. Os capítulos são alternados em cada uma das opções da protagonista. Em uma alternativa ela se muda para o mundo “Normal” e conhece Trevor, um artista que parece compreendê-la perfeitamente desde o primeiro dia. Na outra, ela conquista Duke, um Telecinético bonito e popular da escola Paranormal (já que ele joga futebol americano). No início, eu fiquei um pouco confusa, porque obviamente eu não li o livro em um dia só, então às vezes eu não sabia em qual realidade eu estava. Existem as definições de algumas palavras no início dos capítulos, o que auxilia nessa identificação. Isso pode ter sido um problema meu como leitora, mas mesmo assim, eu achei que essa divisão atrapalhou um pouco a leitura, principalmente porque tem uma parte que os dois destinos se cruzam. Eu ficava “Mas em que alternativa a Addie está?”. Eu sei que apresentar as alternativas completas uma de cada vez poderia atrapalhar as similaridades no final, porém eu acredito que ficaria melhor para o leitor. Fora que às vezes acontecia algo bombástico em um capítulo e você tem que ler mais um para saber mais sobre o que você estava curioso…

Talvez também por causa dessa divisão dos capítulos, o início do livro é bastante lento. Eu até li que algumas pessoas pensaram em desistir no início, porque demora muito para o enredo se tornar realmente interessante. Na verdade, a parte que realmente me prendeu foi o final… Ah, o final! Eu não queria ter que fazer a escolha de Addie, porque ela realmente não era nada, nada, nada fácil! Os dois finais foram bem chocantes, o que me deixou bem curiosa para o próximo livro, já que Encruzilhada é na verdade uma duologia (o que é bem estranho nesse universo onde quase tudo é de trilogia para cima). Os personagens são interessantes, não teve ninguém que eu odiei  mas ao mesmo tempo… Eu esperava mais. Faltou tempero no triângulo amoroso (se é que eu posso chamar assim, já que os relacionamentos são em alternativas diferentes). Eu acho que tinha espaço para a autora trabalhar mais os relacionamentos e com isso fazer o final ficar mais cruel ainda do que ele já foi.

Encruzilhada pode não ter superado as minhas expectativas, mas foi um livro que me deixou bastante curiosa para a continuação. Vamos esperar e conferir se o segundo livro vai elevar o nível dessa série! Potencial ela completamente tem…

Livro gentilmente cedido para resenha pela Editora Seguinte.

Ficha Técnica

Título: Encruzilhada
Autor: Kasie West
Editora: Seguinte
Páginas: 304
Onde comprar: Livraria Cultura / Livraria Cultura(e-book) /  Submarino/ Saraiva / Amazon
Avaliação: 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Karen disse:

    Curti saber que é uma duologia!!! Hahahahaha :D Quer dizer, não sou a única nesse mundão de trilogias e séries sem fim… o.O
    Bem, agora que você leu e se decepcionou um pouco com o livro vou esperar você ler o próximo e dizer se vale a pena a série. Assim, não sei, mas me pareceu ser romance demais aí, sei lá, qual era a grande decisão no final das contas, broxei um pouco… Mas fiquei curiosa com o final que você falou. Argh!

  • Nayara disse:

    Oi Lany!
    O livro não me chamou muito a atenção. Esses capítulos alternados me irritam ao mesmo tempo que me deixam curiosa!!! Hahahaha. quero saber o que vai acontecer e, às vezes, o capítulo seguinte não é tão interessante… aí acaba quebrando um pouco o ritmo…

  • Lana Silva disse:

    Tenho visto muita gente lendo esse livro, e elogiando bastante, mas eu não sabia sobre o que se tratava, e quando li sua resenha só me passava na minha cabeça o livro estilhaça-me, que foi uma trilogia que eu amei ler, e por isso fiquei morrendo de vontade de ler Encruzilhada, sei que tem coisas que não tem nada haver, porém me fez lembra e essa associação me fez querer da uma chance para esse livro.

  • Maristela G Rezende disse:

    Gostei do que li e espero ter a oportunidade de ler o livro. Parabéns pela resenha.

  • Douglas Fernandes disse:

    Bem ruim quando isso acontece, vamos cheio de expectativa e o livro nao é o que esperamos, gostei de saber que é uma duologia e não uma série enorme…hahahaa
    Achei bem confuso, mas mesmo assim conseguiu me deixar curioso pelo final, quero saber que escolha é essa que Addie teve que fazer …rsrs

  • Fran Ferreira disse:

    Oi Lany.
    Olha, me surpreendi bastante com esta resenha, eu acreditava mesmo que “Encruzilhada” tivesse a haver com decepção seguida de reviravolta na vida de uma garota. Agora estou feliz em saber que não e mega curiosa com esse novo “estilo” (se assim posso dizer) de criar uma historia. Amei e estou mega louca para ler.

    Bjss

  • Sorteio: Encruzilhada | Por Essas Páginas disse:

    […] esse é o final de semana das promoções! o/ Há algumas semanas atrás eu fiz a resenha do livro Encruzilhada, de Kasie West. E, assim como a protagonista desse livro sabe muito bem, em todos os momentos nós […]

  • Renata Olimpia disse:

    Me surpreendi bastante com a resenha, eu imaginava que o enredo do livro não tinha nada ligado ao sobrenatural, super ansiosa para ler.

  • Mayara Pinto disse:

    Vi esse livro em inglês e já me apaixonei pela capa, fui ler a sinopse e é o tipo de história que amo, tem romance e é sobrenatural, impossível não querer ler.

  • Shadai disse:

    Premissa muito interessante mesmo!
    Pena que o desenvolvimento não parece ser dos melhores, e confuso.
    Mas, ainda assim, eu o leria também.
    E você ter falado tanto sobre ela fazer escolhas, logo me veio a mente que a autora deve ter se inspirado na clássica cena de “A Escolha de Sofia”.

  • juliana disse:

    Apesar de você ter dito que o livro por vezes é meio chato, eu fiquei mega curiosa para ler. Quero saber o que é esse final bombástico.
    Achei muito legal a premissa do livro, achei genial na verdade, pena que não foi tão bem trabalhada quanto poderia ter sido, acho que esse livro tinha potencial de ser ótimo.

  • Laura disse:

    Desde a primeira vez que vi esse livro,fiquei apaixonada.A capa é linda,e a sinopse me encantou.Estou animadissima para ler

  • Helio de Oliveira e Souza disse:

    Interessante o tema abordado pela autora neste livro e como se a personagem pudesse viver em realidades alternativas e assim ver qual o melhor para ela viver historia realmente intrigante para ler

  • Suzzy Chiu disse:

    Hello!
    Também me interessei pelo livro ao ler a sinopse e achei a capa linda demais!
    Nossa, nao esperava que o livro fosse lento, achei que fosse algo mais dinamico justamente pela historia e a divisão de capitulos eu acho que ficaria confusa, teria que ler pra saber.
    Achei que era livro unico, mas sendo duologia ta bom tb, menos enrolação como eu vejo em mtas trilogias.
    Uma pena que nao tenha superado as suas expectativas, mas eu ainda estou bem curiosa.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

  • Nil Macedo disse:

    Com certeza ter que escolher qual futuro se quer ter não é uma coisa fácil. Imagina só a cabeça da pessoa. Esse é um dom bem árduo para se ter. Gostei da premissa, melhor ainda saber que essa distopia é só uma duologia.
    A capa também é linda demais.
    Adorei tudo e com certeza quero muito ler esse livro.

  • Paloma Monteiro disse:

    Assim como vc assim q li a sinopse também fiquei ( e ainda estou) super ansiosa para ler esse livro, parece ser muito diferente de tudo q já li, espero q não me decepcione apesar de achar q assim como vc terei dificuldades com esse negocio de “divisões” das realidades rsrs mais ainda vou ler para tirar minhas próprias conclusões.

  • Carolina Fonseca disse:

    Adorei a resenha e fiquei ansiosa para poder ler o livro! Parabéns pelo blog. :)

  • Bruna Costenaro disse:

    A ideia do livro é ótima, e eu fiquei bastante curiosa para saber todas as possibilidades da vida dela. Me soou como se ela caísse na famosa ideia do efeito borboleta, será que de fato conhecer o futuro nos faz conseguir mudar ele?

    Miquilis

  • Aru disse:

    Eu vi o livro enquanto fuxicava nos lançamentos da Seguinte!
    Nos últimos tempos tantas publicações estão entrando na minha lista de desejos que estou enlouquecida.
    Gostei da temática do livro – apesar dele parecer se um tanto previsível – na verdade eu adoro fazer esse tipo.
    Obvio que a gente tende a preferir o imprevisível, mas também é bom ler livros agradáveis e fáceis de serem lidos.
    Não sei quando irei ler, mas com certeza ela esta na minha lista.

  • Cristiane Dornelas disse:

    Sou uma que fiquei curiosa pra ler também, parece ser uma ideia legal, um enredo legal.
    Mas já sei que não posso cair com altas expectativas =/
    Não sei, depende de cada pessoa. Ainda acho que é uma boa trama e vou tentar ler esperando que seja melhor do que a resenha passa. Talvez goste bem mais né…

  • Jaqueline Felix disse:

    Bem original (louco) esse enredo. A ideia de pessoas com mentes privilegiadas, com dons-superpoderes, é bem legal. Eu ia querer ser uma leitora de mentes, dai evitaria muitos problemas… Mas não gostei desse sistema de castas enrustido: acho que paranormais e “normais” deveriam conviver numa mesma sociedade e aprender com as diferenças.

  • Resenha: Fração de segundo « Por Essas Páginas disse:

    […] de segundo livro é o segundo e último livro da duologia que começou com Encruzilhada. Sim, parece até estranho nesse mundo de séries intermináveis que algum autor tenha essa […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem