Resenha: Enfeitiçadas

EnfeitiçadasAntes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror.”

Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?

Quando saiu a lista com os lançamentos da Editora Arqueiro, e a Karen me perguntou qual eu queria solicitar, ela me disse: “Eu acho que você vai querer o Enfeitiçadas”. E é claro que ela estava certa! Um livro que mistura romance e bruxas? Precisa dizer mais alguma coisa? Tudo bem que ele é uma série (está escrito lá na capa “As crônicas das irmãs bruxas 1”) mas eu já desisti faz muito tempo de parar de começar séries.

O livro já começa com uma grande revelação: Cate Cahill é uma bruxa, assim como a mãe dela foi. Além disso, suas duas irmãs, Maura e Tess também possuem esse poder. A mãe das meninas, um pouco antes de morrer, fez com que Cate (que é a irmã mais velha e bem mais sensata que Maura) jurasse proteger as irmãs. Isso era necessário porque a sociedade era governada pela Fraternidade, uma instituição formada por homens e que pune qualquer mulher que seja suspeita de bruxaria. Por isso Cate tem que fazer com que ninguém desconfie do segredo delas. E isso não é uma tarefa muito fácil, já que as irmãs (principalmente a Maura) querem praticar a magia.

Mas Cate percebe como a sua situação e a das irmãs é realmente delicada quando encontra o diário da mãe, que revela uma profecia que pode mudar o destino delas (a profecia é aquela que está na primeira parte da sinopse do livro). Cate então fica mais na dúvida do que fazer, já que ela tem que escolher entre se casar ou entrar  para a Irmandade, que é um órgão parecido com a Fraternidade, mas composto só de mulheres.

Por mais que esse seja um estilo de livro que eu goste, Jessica Spotswood me surpreendeu muito, principalmente porque eu achei o começo do livro bastante parado. Na primeira parte, a autora nos mostrou exatamente a base dessa sociedade em que as mulheres não tem nenhuma voz. Tem um trecho que relata exatamente isso:

“A Fraternidade é bastante firme em relação ao papel das mulheres. Devemos ser vistas, e não ouvidas. Os homens querem esposas meigas e complacentes, não inteligentes e cheias de opinião. Vocês precisam aprender a ser mais agradáveis, Cate.” página 64

E isso tudo é muito interessante porque nós percebemos que, hoje em dia, mesmo com todos os avanços no direto das mulheres, muitas pessoas ainda tem esse pensamento, mesmo que somente em algumas partes.

Além disso, nós ficamos sabendo como que é perigoso ser uma bruxa nessa época. Cate fica a todo momento com medo que alguém descubra algo sobre elas, principalmente depois do pedido da mãe. Se elas forem descobertas, elas podem ser condenadas a prisão ou a internação em um hospício. É realmente importante que o autor solidifique bem os pilares do seu enredo, mas a Jessica escreveu muitas páginas sobre isso. E é por isso que o começo é bastante repetitivo e temos poucas cenas que fazem com que o enredo realmente ande.

Mas não é só a bruxaria e as irmãs que preocupam Cate. Sim, esse livro tem romance, ou melhor dizendo, um triângulo amoroso. Sim, ele é desenvolvido rapidamente. E eu sei que eu sempre reclamo disso, mas… Desculpa, eu não consigo fazer isso com Enfeitiçadas! Não me perguntem como, mas a autora conseguiu fazer isso sem parecer forçado. E a protagonista não fica suspirando por causa dos seus problemas amorosos e se esquece do resto. Para ela, o mais importante são as irmãs, e ela diz a todo momento que sacrificaria qualquer coisa por elas. Essa é uma característica muito importante da Cate e nós não percebemos isso em muitas personagens, já que normalmente o grande amor é o mais importante de tudo. Ah e devo dizer que gostei muito da  pessoa por quem Cate realmente se apaixona.

Quando todas as cartas estão na mesa, a leitura flui de uma forma que você não consegue mais parar! A autora conseguiu amarrar muito bem todos os acontecimentos e o clímax foi perfeito. Eu não sei como explicar isso, mas eu gostei muito de como a autora conduziu os acontecimentos. Chega em um momento da leitura que você sabe o que você acontecer, mas isso realmente não ocorreu da forma que eu esperava.

E a Editora Arqueiro está de parabéns com o capricho nessa edição! Eles mantiveram a capa internacional mas os detalhes estão lindos! O título “Enfeitiçadas” é todo metálico. Eu não costumo julgar livro pela capa, mas essa com certeza é uma das minhas favoritas!E na primeira página de cada capítulo tem uns detalhes lindos.

enfeitiçadas detalhe

Ah, e uma curiosidade. Eu fui abrir a caixa da Arqueiro e pulou um chapéu de bruxa lá de dentro! Eu levei maior susto! É mágica isso?

enfeiticadas kit

Estou muito feliz de ter começado a série As crônicas das irmãs bruxas. Mal posso esperar pelo segundo livro, porque eu preciso saber o que acontece! Agora com tudo estabelecido, espero que Jessica mantenha o ritmo do final de Enfeitiçadas durante o resto da série. Se isso acontecer, com certeza essa série será uma das minhas favoritas.

O livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

Arqueiro_parceria

 Ficha Técnica

Título: Enfeitiçadas
Autor:  Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Onde comprar: Livraria Cultura/Livraria Cultura (e-book)
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Mayara Mendonça disse:

    Ai, não sabia que esse livro era de uma série. Estava vendo todo mundo comentar e fiquei com vontade de ler, mas li uma resenha meio negativa e fiquei meio assim… Mas que bom que vocês do PEP fizeram, porque geralmente meu gosto é parecido com o de vocês! ^^ Também estou querendo diminuir o número de séries que leio, mas pela sua resenha, os personagens são tão legais que vale a pena ser série! 😀 A edição realmente tá muito bonita.Enfim, vou adicionar Enfeitiçadas à minha lista.

  • Lany disse:

    Que legal saber que o nosso gosto é parecido com o seu!^^ Porque não é porque uma pessoa gosta do livro, que todo mundo vai gostar também. Mas sempre tem aquelas pessoas com um gosto quase igual.
    Adiciona sim porque essa série tem tudo para ser muito boa!

  • Karen disse:

    Ai, Lany, eu adoro tuas resenhas. Fiquei com vontade de ler e olha que nem é muito minha praia. E o livro é lindo! Eu adoro que tu consegue ser empolgada, mas ao mesmo tempo muito crítica e centrada nas tuas resenhas. 😉

  • Lany disse:

    Hahaha muito obrigada! Mesmo não sendo muito a sua praia, acho que você ia gostar muito exatamente dessa reflexão que o livro faz sobre os direitos das mulheres!^^

  • Jullyane Prado disse:

    Noossa Lany fiquei morrendo de curiosidade pra ler esse livro! A capa dele é incrível e adorei o fato de unir romance com bruxas e o melhor de tudo é que a Cate não fica centrada só no amor, ela cuida das irmãs, sem dizer também que o triângulo amoroso não é forçado!!! preciso desse livro!
    Beijos!

  • Lany disse:

    Leia sim Jullyane! Acho que você vai gostar!^^

  • Rita Cruz disse:

    Fiquei louca pelo livro assim que o vi nos lançamentos, e após ler a resenha fiquei ainda mais ansiosa em ler o livro. Gosto de estorias de bruxas e esse livro já me conquistou por isso.
    A diagramação dele tá um mimo e eu fiquei encantada. A capa também é apaixonante. E o chapéu? Tem como não amar?
    Enfim, só sei que preciso desse livro urgentemente!

  • Lany disse:

    Eu fiquei muito encantada com esse livro, sério! Ele é lindo demais! *-*

  • Dâmaris Carvalho Lima disse:

    Apesar de eu não ser uma grande fã de livros de bruxa, essa história me chamou atenção, quero muito ler esse livro. Só queria saber se na compra do livro ganha esse chapéu? Eu achei muito fofo *.*

  • Lany disse:

    Infelizmente, o chapéu não vem junto! Esse foi um kit que a editora mandou para os blogs parceiros!^^

  • Ycaro Santana disse:

    Eu me encatei pelo livro, achei bem interessante, a capa me conquistou e a história conseguiu me envolver, achei ótimo. Parabéns pelo KIT!
    Bjs,

  • Jéssica Castro Paim disse:

    Parece clichê, mas a resenha me conquistou e estou babando nessa série faz um tempão graças a esse blog, as capas são maravilhososas mesmo.

  • Jéssica Castro Paim disse:

    Consegui o livro , nem acredito que ja vou começar a le-lo, não pelo visto vou devora-lo , assim que eu terminar eu comento aqui…

  • Resenha: Amaldiçoadas « Por Essas Páginas disse:

    […] Atenção: Essa resenha contém spoilers do primeiro livro da série, Enfeitiçadas. […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem