Resenha: Enquanto Eu Te Esquecia

Quando foi anunciado o lançamento desse livro eu logo quis conferir, ainda mais porque a protagonista tem um nome muito parecido com o meu. rs Eu confesso que demorei mais do que queria para terminar de ler, mas talvez fosse porque eu não estava no “clima”.

ENQUANTO_EU_TE_ESQUECIASinopse: Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente. Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação? Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz. Fonte

Imagine que de repente você acorda e não sabe onde está, nem porque está ali. Depois de se situar, você se dá conta de que não sabe seu próprio nome. Desesperador, não é verdade? Foi essa a sensação que Lucie passou no início. Ela foi encontrada uma semana depois, sem conseguir se lembrar de ninguém, nem de seu noivo, Grady, com quem ia se casar em poucos meses.

Se por um lado temos a história de Lucie, por outro temos a realidade de Grady: Embora o casal estivesse passando por uma crise pré-casamento, eles se amavam e Grady não queria perder Lucie. Mas essa Lucie que apareceu, sem memória, é bem diferente da sua Lucie de antigamente e isso estava causando um nó em seu cérebro, porque ele gosta da nova Lucie, mas também sente falta da antiga. Ele não deixou de amá-la, mas não sabe o que fazer para que ela o ame novamente.

A história é bem rica em detalhes e emoções por se tratar de um tema delicado e ainda falar do dia a dia e os medos das personagens. Então imaginem vocês como se portar diante de alguém com perda de memória? O que fazer para ajudar? E se você perdeu a memória, quantas dúvidas você não deve ter sobre si mesmo? Todas essas dúvidas, sentimentos e algumas poucas respostas são colocadas na história, então se preparem para conviver a fundo e torcer por Lucie e Grady.

Enquanto Lucie vai se redescobrindo, readaptando e odiando quem era antes, ela teme que Grady não a ame como ela é agora. Eu achei interessante o fato de que em determinado momento ela se dá conta de que na verdade nunca deixou de amar Grady, mesmo não se lembrando quando se apaixonou por ele. Grady também tem seu grau de dificuldade em lidar com toda a situação, também se sente inseguro. Ele próprio tenta se adaptar à nova Lucie para deixá-la mais à vontade e fazer com que ela se aproxime mais dele.

Lucie também tenta resgatar um passado muito antes de Grady, com sua tia Helen. Um passado que ela própria fez questão de esquecer, mesmo sem saber. Mas agora com sua perda completa de memória, torna-se inevitável seu reencontro com um passado e uma dor ainda mais profunda. É interessante notar nesse ponto que o assunto “Transtorno Dissociativo” volta à tona e como ele afetou a vida de Lucie desde vinte anos atrás até agora.

A escrita da autora é simples e de fácil compreensão. A história é narrada em terceira pessoa, sob três pontos de vista diferentes: Lucie, Grady e Helen. Somos apresentados aos poucos a cada uma das personagens centrais, não tendo muito espaço para personagens secundários, mas que possuem uma participação especial na trama, com destaque à família de Grady e à vizinha de Lucie, Suzan.

Recomendo a leitura para quem gosta de livros mais sensíveis e emociantes. Não é água com açúcar, é dramático e vai fazer você ficar com o coração apertado em cada capítulo.

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Única.

unica_logo

Ficha técnica:

Nome: Enquanto eu Te esquecia
Autor: Jennie Shortridge
Páginas: 384
Editora: Única
Onde comprar: Livraria CulturaAmazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Douglas Fernandes disse:

    Parece ser um livro bem interessante, drama não é meu estilo favorito, mas ja li livros de drama que gostei muito, tenho q impressão que vou gostar desse…rsrs
    deve ser horrivel perder a memoria, tanto pra quem perdeu, quanto pra quem é próximo da pessoa.

  • Fabiana Strehlow disse:

    Eu não fazia ideia, até ler a sua resenha, de que se trata de um livro com um tema tão interessante: a perda da memória.
    Gostei e vou tentar ler!

  • Nayara disse:

    Eu estou louca para ler! A sinopse já me chamou a atenção e agora com a sua resenha, Lucy, fiquei com mais vontade ainda de ler!!!
    Preciso logo desse livro!
    Parece ser uma daqueles queridinhos <3 hahaha
    Beeijos

  • Gustavo disse:

    Não é a toa que amo o site kkkk a uns cinco dias atras eu vi a capa desse livro e me apaixonei, mas, com minha linda internet (que me deixa muito na mão), não consegui ver a sinopse nem nada porque ela caiu e não voltava nem com reza brava kkk (e olha que eu só consigo acessar no cel, porque to sem internet nenhuma no PC -.-). Enfim, fiquei com uma imensa curiosidade por esse livro com a capa muito boa e o nome nada chamativo, até que veio o lindo email do site kkkk. Estou interessadissimo por esse livro, a sinopse me chamou atenção e a resenha só me deixou mais curioso (fora eu ter lido outra resenha em outro blog kkk). Cada vez minha lista aumenta mais kkk

  • Marília Sena disse:

    Adoro dramas e esse pareceu bastante interessante, principalmente pelo tema delicado de que se trata. Eu gosto de “entrar no livro e me sentir a personagem”, o que é bem mais tocante nesse tipo de livro. Eu achei a capa linda e já vi outras resenhas positivas sobre ele, portanto está na lista e não vejo a hora de lê-lo. Beijos!

  • Michelli Santos Prado disse:

    Gostei muito da sua resenha, e gostei do enredo do livro também. Me agrada essa coisa da personagem ir se descobrindo, aos poucos, e ter a chance de enxergar quem realmente era, e em que sentido ela precisava melhorar para ser alguém melhor. Parabéns pela resenha!!

  • Cris Aragão disse:

    Esse livro já tinha chamado a minha atenção, fiquei aliviada em saber que a narrativa transcorre como um drama e não uma historinha água com açúcar. O enredo poderia facilmente cair para esse lado que não me agrada muito, quero ler.

  • Tainara disse:

    Um livro que parece ter uma história bem interessante,diria um pouco dramática até!Gosto mais de livros que são narrados em primeira pessoa,mas se a história for boa,até que nem percebo esse detalhe.Mas talvez,um dia,não sei se agora desejaria esse livro,que com certeza deve ter muitas lições de vida!
    Bjos’

  • Gabriela Erler disse:

    Assim que vi que a Editora Única ia lançar esse livro fiquei super curiosa. Ainda mais por ser de uma editora que gosto muito. Com sua resenha fiquei com mais vontade ainda de ler, espero conseguir o livro em breve. Beijos

  • Fabíola Nunes disse:

    Ai meu Deus! Eu PRECISO ler este livro. Tudo nele me encantou: a capa, a sinopse e sua resenha só meu deixou com mais vontade de tê-lo em mãos.

  • Lais Cavalcante disse:

    Quando a Única lançou esse livro, não fiquei nem um pouco empolgada. Pra mim, foi apenas mais um livro que eu não leria. Mas, ao ler a sua resenha vi que o tema que encantou super! A perda de memória é uma ótima trama para uma leitura. Muito obrigada Lucy, por me deixar cada vez mais pobre hahah

  • Ketlen Patricio disse:

    Gostei bastante da história que é contada no livro, parece ser emocionante e linda então quero ler e conhecer mais sobre esse casal, sei que meu coração vai ficar apertado em alguns momentos mas eu amo livros emocionantes e com uma história envolvente.
    Com certeza esse livro entrará na minha lista de favoritos para comprar.
    Beijos

  • Gizeli Regina Meister disse:

    Esse livro não só me chamou atenção pela capa, mas também pela sinopse, achei bem interessante e diferente das estórias que encontramos por aí, tem pessoas que não gostam, mas eu adoro quando a narração é dividida entre os personagens do livro, você pode ver como é o comportamento de cada um deles, seus sentimentos e decisões

  • Jessica Lisboa disse:

    A trama da historia sem duvida é boa, mas nao sei achoque no momento nao estou nessa ‘onda’ de leitura, mas vou deixar anotado aqui quem sabe né.

    xx

  • Vanessa Kalen disse:

    Esse é mais um daqueles livros que a gente se apaixona logo de cara, só de ver a capa, haha <3
    Imagino o quanto ele deve ser envolvente, só de ler a sinopse e/ou alguma resenha, desperta aquela curiosidade na gente, queremos saber mais e mais! E sério, é difícil eu me emocionar com livros, mas alguma coisa em mim, lá no fundo, me diz que eu vou chorar oceanos com esse, D:
    Vanessa Kalen
    vanessakalenr@gmail.com
    missdoontcare

  • Nardonio disse:

    Não sou muito fã de livros com uma trama mais dramática, mas, às vezes, gosto de sair da minha zona de conforto. Achei essa trama bem interessante, e outra coisa que gosto é essa narrativa contada por várias protagonistas. Só assim podemos ter uma visão mais ampla da trama. Espero ler em breve.

    @_Dom_Dom

  • Cristiane de oliveira disse:

    Esse livro parece ser muito bom amo temas assim dá vontade de ler de uma vez só pra saber o final logo rsrsrs.Já estou curiosa pra ler já que gostei muito do que disse na resenha ser um livro dramatico que deixa o coração apertado, são meus preferidos.

  • Adriana disse:

    Eu sou apaixonada por romances e pelo que li da resenha, é daqueles que a gente fica apreensivo, sofre junto com o personagem, fiquei morrendo de vontade ler e saber mais sobre o que aconteceu com a Lucy, e tudo que muda em sua vida! Espero poder ler o mais breve possível, pois já está na minha lista de desejados! 🙂

  • Top Ten Tuesday: Dez livros que acho que são ótimas leituras na praia « Por Essas Páginas disse:

    […] 10. Enquanto eu te esquecia, Jennie Shortridge: O livro não se passa necessariamente no litoral, mas a protagonista, Lucie, foi encontrada sem memória na Baía de São Francisco, dando início à sua luta pela recuperação e também a tentativa de salvar seu relacionamento com Grady, uma vez que ela mal se lembra dele. Leitura bem bacana para quem gosta de romance. (Resenha) […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem