Resenha: Fazendo meu filme 3 – O roteiro inesperado de Fani

Fazendo meu filme 3“Um turbilhão de sentimentos e emoções. Assim podemos definir o terceiro volume de Fazendo meu filme. No mais intenso livro da consagrada série, Fani, agora com dezoito anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que já não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra, cheia de anseios e temores. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Estefânia Castelino Belluz terá de fazer escolhas difíceis e corajosas. Seja em confusões no namoro, nas dúvidas do vestibular, nas relações com a família ou com as amigas, Fani passa por várias novas experiências e continua a fazer o seu filme, por caminhos às vezes cheios de romance e felicidade, às vezes duros e nebulosos. A envolvente série, que já conquistou milhares de leitores e leitoras em todo o Brasil, promete, neste terceiro livro, muito mais emoções. E o comovente filme de Fani continua a ser escrito…”

Atenção: Essa resenha contém spoilers dos dois primeiros livros da série.

Como eu disse na resenha, o segundo livro não me cativou tanto quanto o primeiro. Mas Fazendo meu filme 3 – O roteiro inesperado de Fani veio para confirmar que a Paula Pimenta é uma excelente autora.

Na primeira página do livro você já sabe que alguma coisa vai dar muito errado. Essa página é um prólogo, onde Fani escreve sobre algum acontecimento que nós não conhecemos ainda. Ou seja: o final do livro. Resumindo? Você já fica desesperado antes de começar o primeiro capítulo. Apesar que nós não precisávamos disso para saber né? Se tem mais um livro da série, a protagonista vai sofrer. Mas esse prólogo é a dura realidade batendo na sua porta.

O livro começa com Fani reclamando do peso: sim, ela havia engordado onze quilos durante o intercâmbio (Fani, entendo completamente a sua dor!). Tirando esse pequeno “problema”, ela não poderia estar mais feliz. É claro que ela estava com saudades das pessoas que ela havia deixado em Londres, mas ela estava junto com a sua família e amigas. E Fani finalmente havia se entendido com o Leo. Na verdade, durante todo o tempo do intercâmbio, ele nunca havia se esquecido dela. Ele só estava fingindo que estava namorando a Marilu para que Fani não desistisse do intercâmbio. E finalmente o “Felizes para sempre” estava começando. Mas, eu acho que Afrodite gosta muito mesmo desse casal, porque os obstáculos que aparecem para os dois são realmente grandes, e o final feliz pode não ser realmente assim…

Mesmo já tendo percebido isso nos outros livros da série, eu fiquei completamente surpresa com a habilidade da autora em dialogar com os seus leitores. A Fani está fazendo um cursinho para tentar o vestibular (já que ela ficou um ano fora) e é impressionante como ela consegue descrever essa fase que é tão estressante e conturbada! A Fani foi um exemplo de dedicação e eu espero que muitos adolescentes realmente percebam isso como um belíssimo exemplo. Eu sei que não posso dizer spoilers, mas a autora também acaba levantando um assunto muito importante para os adolescentes de uma forma que eu nunca tinha lido até hoje. Ela conseguiu passar uma mensagem sem parecer que estava ensinando alguma coisa. E hoje em dia nós precisamos muito desses exemplos, principalmente porque ela respeitou a individualidade de cada personagem e assim respeitou a individualidade de cada leitor.

E os personagens estão sensacionais nesse livro! Eu já tinha começando a gostar do Alberto, irmão da Fani, desde o livro anterior. Mas nesse ele está SENSACIONAL! Só para ilustrar uma cena, a mãe deles monta uma festinha surpresa para a Fani. A mãe manda um e-mail para o Alberto, dizendo que não é para ele se atrasar e que ele não precisa pegar a Natália, por que ela mora perto. E o que ele fez? Combina de pegar a Natália trita minutos depois do início da festa! PARABÉNS ALBERTO! Mas vocês vão em perguntar: “Por que você está tão feliz de ele contrariar a mãe?”

Porque ela foi muito chata durante o livro INTEIRO. Sério, ela é aquela mãe manipuladora, que tudo tem que ser da forma que ela quer. E tem uma cena que eu não posso contar mas que eu fiquei muito revoltada com a cara de pau dela. Eu acho que essa foi a intenção da Paula Pimenta, então parabéns: eu realmente me irritei com ela!

Além disso, a autora mostrou que os seus personagens não são tão “perfeitinhos” assim. Leo, que até agora eu tinha achado que era até mesmo o mais maduro para a sua idade, se demonstrou extremamente ciumento. Mas, quem me incomodou mesmo foi a Gabi.

Durante o livro, além da troca de e-mails da Fani, também tivemos  a oportunidade de ler a troca de e-mails de outros personagens. Isso foi muito interessante, porque nós acabamos obtendo informações antes da Fani (ou até mesmo algumas que a Fani não teve muito acesso). E eu fiquei extremamente irritada como as amigas da Fani falavam entre si que a Fani realmente desperdiçou uma oportunidade e que ela deveria ficar com o Christian. Motivo? Ele é muito gato. E é claro que eu fiquei mais chateada com a Gabi, porque ela é a melhor amiga do Fani. Primeiro: ela não conhecia o Christian para julgar a personalidade dele. Segundo: ela sabia de toda a história da Fani com o Leo e até mesmo ela tinha percebido que ele gostava da Fani primeiro. Ela queria o que, que a Fani largasse tudo isso só porque o Christian era bonito? Ugh.

Resumindo: Fazendo meu filme 3 – O roteiro inesperado de Fani é uma excelente continuação para a série.  Paula Pimenta conseguiu escrever um livro brilhante e com um final arrebatador. É, você fica meio sem chão quando acaba de terminá-lo e corre o mais rápido possível para ler o quarto e último livro da série.

Ficha Técnica

Título: Fazendo meu filme 3 – O roteiro inesperado de Fani
Autor:  Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Páginas: 419
Onde comprar: Livraria Cultura
Avaliação: 

 

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Agosto. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Marília Sena disse:

    Então, eu ainda nem li o segundo livro! :( É que apesar de ter gostado da leitura esse não é muito o meu estilo e a pilha só aumenta a cada dia! Se tem uma coisa que eu gostei na Paula é que ela transmite mesmo uma mensagem de forma bem natural, como se a gente vivesse isso todo dia hahaha. É uma leitura bem leve e recomendada. Beijos!

  • Michele Lopez disse:

    Oie…
    Ainda não li nenhum dos livros da série!!
    Mas gostei bastante da resenha e já li resenhas sobre os outros dois primeiros livros da série que me deixaram com bastante vontade de ler os livros! Estou demorando para começar pq to tentando me segurar e não gastar muito esse mês rsrsrs mas já esta na minha lista para aquisições!!
    Parece ser uma excelente leitura, bem leve e descontraída!

  • Nathalia Simião disse:

    Oi Lany!
    Eu não li os outros dois livros então confesso que li sua resenha meio que por cima rs Todo mundo fala super bem da Paula Pimenta, nunca vi ninguém falar mal então acho que ela deve ser muito boa mesmo né?
    beijão

  • Patrini Viero disse:

    Já ouvi falar muito da autora e dessa série, em particular, e apesar de não ser meu gênero literário favorito, acho que os livros tratam de temas bem reais para qualquer adolescente, por isso valeria a pena dar uma chance. Adorei a resenha!

  • Suelen Mendes disse:

    Eu sou louca pra ler essa série e conhecer a Fani,mas acabo sempre protelando,nunca encontro os livros em promoção,acho eles bem carinhos,sempre vejo por 32,00 cada.Uma coisa que sempre acontece com livros de escritores brasileiros,a maioria é mais cara e menos acessível que de escritores de outros países.

  • Val disse:

    Quando eu comprei FMF, logo comprei os 4 de uma vez que foi para eu não ter problemas de ficar loucamente curiosa quando acabasse algum deles. Li essa série em 2012 e até hoje, de vez em quando leio algumas partes dela de novo, principalmente do 4º livro, que é meu preferido.
    Agora, aguardo ansiosamente o 3º da série MVFS, que é a história da Priscila e do Rodrigo, que é uma delícia de ler também.

  • Solange Cristina disse:

    Vish, não li nenhum livro dessa série ainda!
    Mas todo mundo quando eu pergunto fala que eu TENHO que ler ..
    Li várias resenhas positivas e até quero ler, mas o preço dos livros é meio altinho sabe ….
    Se algum dia tiver alguma promo, eu vou aproveitar ^^.
    :) :)

  • Michely Reis disse:

    OIiiiee..
    não li nenhum livro da série aindaa ..mas confesso que o ovo fala tao bem da Paula pimenta que eu estou ateé louca para ler esses livros e conhecer mais aprofundado o trabalho delaa…
    quando me sobrar um tempinho parto para os livros da paula

  • Isa Aragão disse:

    Oi Lany!! Quanto tempo em? Menina, engraçado o quanto eu concordo com você kk
    Christian é tão ZZZZZ Okay que no quarto livro ele fica mais interessante. Mas, tirando isso. Eu não trocaria Leo por nenhum outro cara spo pq é bonitinho.
    Mas, tenho que contar que Leo me decepcionou muito com todo aquele ciúmes bobo. Me dava uma agonia, uma coisa louca. Uma vontade de entrar no livro e dá uma chacoalhada nele e dizer: Acorda seu idiota. pare de drama.
    Mas, tirando isso, eu gostei muito! As conversas das meninas são, como você disse, “educativas” mas sem aquele ar formal (To falando, principalmente, daqueeeele lance de Gabi ;)

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem