Resenha: Garota Exemplar

Quando o livro Garota exemplar foi lançado, eu logo adquiri em e-book. Aí a Vânia leu primeiro e postou a resenha aqui, aumentando ainda mais minha curiosidade, mas ele foi empurrado para a pilha. Como esse livro faz parte do Desafio realmente desafiante 2014 promovido pelo blog Silêncio que eu to lendo que estou participando esse ano, eu resolvi postar o meu ponto de vista sobre ele também. O item é 13. Lançado no mês do seu aniversário. Meu mês é março e Garota Exemplar foi lançado em março do ano passado.

garota_exemplarUma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, “Garota Exemplar” alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele? Fonte

Eu devo dizer uma coisa para vocês: Não leiam spoilers desse livro. Eu sei, eu leio spoilers, mas como esse livro estava no kindle, eu meio que li… meio spoiler. É que no kindle não tenho paciência para ler spoilers, #pronto_falei. E fez bem. Porque o meio spoiler que eu li fez com que eu tivesse uma baita surpresa no decorrer da leitura – e esse é um livro que se você ler o spoiler, estraga.

Eu nem vou contar muito da história para não estragar! O que vocês podem saber: Os dois se conhecem em Nova York, se casam e estão bem. Porém, com a mudança de mercado, ambos perdem o emprego e com a doença da mãe de Nick, este decide que é uma boa ideia se mudarem para sua terra natal, no Missouri. No dia do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece e Nick é colocado como o principal suspeito. As suspeitas aumentam ainda mais quando a polícia encontra o diário de Amy.

Só posso dizer que esse livro eu amei e odiei com todas as minhas forças. Eu já explico: É uma história inteligente e muito bem construída. No início, você não sabe para quem torcer. Porém, alguns pontos da narrativa eram bem cansativos. Achei muitas informações supérfluas, incluindo Amy simulando os testes que era contratada para fazer em seu próprio diário, que eram irritantes, e explicações das explicações, além de Nick contando sobre sua vida, as dificuldades que tinham e tudo o mais.

Eu comecei na verdade a gostar mais do livro depois da metade. Justamente quando eu percebo o que aconteceu – sim, esse é um livro que você consegue descobrir o que acontece na metade da história, mas é isso que alimenta você a continuar a leitura, porque você quer conhecer as nuances, os detalhes, os motivos que levaram a tudo o que estava acontecendo – e minha gente, sem brincadeira, é chocante você se deparar com o que a mente humana é capaz de fazer.

Vocês podem imaginar que Nick é o mocinho da história, mas no decorrer dela, você se depara com um ser humano comum, falho, que tem compulsões como outro ser humano. Quanto à Amy, somos apresentados a ela por meio de seus relatos no diário, retratando exatamente uma garota exemplar. Ainda mais por ser a única filha depois de várias tentativas dos pais de terem filhos. Criada e mimada de modo que os pais se inspiraram nela (ou no que queriam que ela fosse) para criar uma personagem de livro – Amy Exemplar. Porém, percebemos que Amy talvez seja apenas uma garota brilhante, mas não exatamente “exemplar”.

É um livro que mostra dois lados de uma moeda, não tem como não recomendar a leitura, mas não consigo dar cinco estrelas para ela, porque a primeira parte exigiu um pouco mais de paciência do que o esperado.

Esse ano teremos o filme inspirado no livro. Achei o trailer brilhante, sem entregar muito da história (o contrário do que aconteceu em O lado bom da vida) e espero ansiosa conseguir assistir. O trailer segue abaixo.

Ficha técnica:

Título: Garota Exemplar
Autor: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Onde Comprar: Livraria Cultura / Livraria Cultura (e-book) /Amazon
Avaliação:

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Junho. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

top-comentarista_junho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Douglas Fernandes disse:

    Esse livro está na minha meta de leitura, o ruim é que nem o livro eu tenho.. 🙁
    esse ano vai sair o filme né e eu espero ler antes da estreia do filme, pq quando fazem um filme em cima de um livro eu não gosto de ver o filme antes de ler o livro.

  • Lucy disse:

    Oi, Douglas! Quando soube que ia sair o filme, eu logo me apressei a ler! rsrs Sou dessas que prefere ler antes de assistir o filme, mas nem sempre dá certo! (perdi A menina que roubava livros no cinema por conta disso).
    Espero que consiga ler até lá!
    Bjos

  • Fabiana Strehlow disse:

    Oi, Lucy!
    Eu nunca me interessei de fato por este livro e nem sabia se tratar de um suspense romântico.
    No entanto, gostei do que li em sua resenha e do que vi no trailer.
    Então, possivelmente lerei ou assistirei ao filme.

    Beijos!

  • Lucy disse:

    Oi, Fabiana!
    Tenta ler primeiro, vale a pena para conseguir entrar dentro da mente dos personagens. Você vai se surpreender!
    Bjos

  • Raquel Pereira disse:

    Já vi a capa desse livro por ai, mas nunca tinha me interessado em lê-lo e nem lido nenhuma resenha, mas a história, mesmo que não tenha ganhado 5 estrelas, parece ser bem interessante. E não sabia que ia virar filme.

    Bjok

  • Lucy disse:

    Oi, Raquel!
    A Vânia deu cinco estrelas na resenha dela, vc também pode conferir ali no link! A história é interessante sim, é bem inteligente, vale a pena a leitura! 😉
    Bjos!

  • Ana disse:

    Estou esperando ansiosamente pra ler, nunca fui daquelas que só lê por causa de um filme, mas quando vi esse trailer ficou curiosa, só que estou lendo uma série agora e ainda estou no primeiro de quatro livros, depois ainda tenho outros livros na frente, fica difícil pra mim ler 🙁 então ele é o mocinho ou não? kkkkkkkkk fiquei curiosa, e achei legal da sua parte não soltar spoiler

  • Lucy disse:

    Oi, Ana!
    Menina, o que eu começo e paro séries por conta de outros livros que “pipocam” na minha pilha não tá escrito! rsrs Não posso contar spoilers! Eu sou mto spoiler-queen, faço tratamento pra evitar, senão sou linchada! hahahah
    Mas leia assim que tiver oportunidade!
    Bjos!

  • Nivia Fernandes disse:

    Ainda estou bem curiosa para ler esse livro! E fugir dos spoilers! rs Mas a sua resenha também tá bem sossegada pra ler, então vou continuar na curiosidade danaaaada!
    E você ter gostado é um ótimo sinal. Só fiquei com medo dessa parte da paciência, porque sei que você tem de sobra.

    Vamos ao filme! \o/ Tomara que cause tanto impacto quanto o livro!

  • Lucy disse:

    Oi, Nik!
    O negócio da paciência é que eu também não estava no clima para livros muito extensos em detalhes! hahaha Mas que encheu o saco algumas partes da Amy, isso encheu. Eu recomendo a leitura de qualquer forma. rsrs
    Bjos!

  • Nayara disse:

    Oi Lucy!
    Nossa!!! O que é esse livro?? Também gostei e odiei em várias partes! E só ficou interessante mesmo na segunda parte! E depois voltei a odiar! HUAHUAHUHAU. Principalmente o final…. não era o que eu estava querendo! Hahahaha. Não consegui ter raiva do Nick, acredita?? A Amy meio que mereceu.
    E ela é muito louca! Fiquei com medo Oo Jesus!!!
    A parte dos teste eram bem chatinhas mesmo! –‘ me senti em uma revista adolescente, só que com palavras mais pesadas! (o que o livro tem até q bastante…. o que me incomodou um pouco também).
    Ótima resenha!
    Beijos

  • Lucy disse:

    Olha os spoilers, Nayara! hahahah
    Mas o final tb não foi o que eu queria! hauhauahau Eu tive raiva do Nick, achei que ele é um sociopata, mas não na mesma medida que a Amy!
    Sim, eles falam mto palavrões o.o’ E esses testes eram mto bestas! Affe, que raiva!
    Obrigada!
    Bjos

  • Gustavo disse:

    Eu estava com muita vontade de ler esse livro, mas agora baixei um pouco a expectativa, não estou no momento pra coisas cansativas e descrições inúteis. Ainda quero ler o livro, mas vou esperar pra quando sair o filme, porque se tem algo que gosto de fazer (porque sou um mala kkk) é ler um livro e imediatamente depois assistir sua adaptação pra xingar muito e apontar erros e coisas faltando kkkk

  • Lucy disse:

    Nossa, Gustavo! Essa é nova! hahaha
    Mas normal, eu não me incomodo com spoilers, mas gosto de comparar o filme com o livro, por isso gosto de ler antes de assistir. ^^
    E as partes cansativas são assim mesmo, mas a trama é bem legal!
    bjos

  • Érika Rufo disse:

    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa a respeito do livro. Ele está na minha lista de leituras já tem um tempinho, mas ainda não tinha me animado a ler. Agora preciso ler logo, antes de assistir ao filme e tentar ficar o mais longe possível de spoilers.

    Beijos!!

  • Lucy disse:

    Oi, Érika! Leia sim! Eu acho válido ler para depois assistir o filme! rsrs
    Bjos!

  • dan disse:

    eu adorei livro, a amy que psicopata ” adorável” ela foi simplesmente a melhor personagem do livro, a primeira parte do poder lento mais eu achei importante pra entende algumas coisas da segunda parte,e tinha reviravoltas que eu pensava ”não acredito nisso ” e sobre o final que muitos não gostaram, eu gostei muito o babaca do nick merece e no fundo no fundo ele gostava da louca da amy e a amy gostava dele é meio doentio o ”amor” dos dois, os dois se mereciam

  • Lucy disse:

    Oi, Dan! Cuidado com os spoilers! hahaha
    A Amy é uma personagem mto bem construída (e doente), eu acho que o Nick mereceu parte do que recebeu, mas depois fugiu mto ao controle dele… rsrs
    Algumas coisas eram necessárias sim, mas achei que tinha mta informação besta no meio. Mas enfim, a trama toda recompensa. 😉
    Bjos!

  • Marília Sena disse:

    Depois de muito tempo eu finalmente li esse livro, e achei impressionante a capacidade da autora de criar uma personagem tão… psicótica. Sim, concordo que a leitura tenha sido um pouco maçante no começo, mas para mim isso não atrapalhou no desenvolvimento da obra, visto que todo o mistério envolvido por trás do desaparecimento da Amy é bem envolvente. Mas ainda acho que o melhor no livro foi como a Gillian conseguiu impor essa dúvida em quem acreditar e para quem torcer até que descobríssemos a verdade. Foi uma trama bem construída, com ótimos personagens e ukma narrativa que flui facilmente. Eu que não gosto muito de suspense recomendo esse thriller com todas as minhas forças, é fascinante!

  • Lucy disse:

    Oi, Marília! Algumas partes maçantes eu achei mais importantes do que outras. Acho que mtas descrições, principalmente por parte do Nick e os testes inúteis da Amy, poderiam ter passado batido. Mas acontece; não me desestimulou tanto a ponto de abandonar a leitura, ainda bem. ^^
    E concordo plenamente com você sobre o desenvolvimento do enredo e da trama!
    Bjos!

  • Lauren Alice disse:

    Estou com este livro em casa faz qse uma semana, faz um tempão que eu tava namorando ele, mas não comprava e não conseguia com ninguém tbm, dai olhei o trailer no cinema e a curiosidade ficou maior ! Olhei o trailer no cinema pela segunda vez e não me aguentei! Falei que eu precisava ler ele antes de estreiar no cinema e fui correndo comprar. Agora eles está lá na minha estante, bonitinho, quietinho, só esperando eu terminar o livro que estou lendo.
    Estou muito ansiosa por lê-lo *0*
    Gostei bastante da resenha, e me deixou mais curiosa ainda pra conhecer o casal Dunne.

  • Lucy disse:

    Oi, Lauren! Espero que você curta a leitura! 😀
    Quando terminar de ler, volta aqui pra contar o que achou!
    Bjos

  • Top Ten Tuesday: Dez livros aprovados por Killgrave « Por Essas Páginas disse:

    […] Garota Exemplar, Gillian Flynn (leia a resenha) […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem