Resenha: Kate Somente

KATE_SOMENTEUma jovem órfã com poderes mágicos é perseguida pelos moradores do vilarejo onde vive desde que uma misteriosa névoa encobriu os campos, arruinando as colheitas e espalhando medo, fome e doenças. Tendo seu gato como único companheiro, Kate não pensa duas vezes quando recebe uma inusitada proposta: em troca de sua sombra, o misterioso Linay oferece à menina a chance de fugir dali e encontrar um novo lar e uma nova família. Mas será que Kate será capaz de viver sem sua sombra para sempre? Romance de estreia da canadense Erin Bow, Kate somente é uma adorável história de magia e amadurecimento. Fonte


Esse livro estava na minha lista desde 2014! Eu consegui tirá-lo da minha pilha graças ao TBRB Jar e o li ano passado. Aos poucos vou colocando em dia as (várias) resenhas pendentes e hoje vou falar da Kate Somente.

O livro conta a história de Kate, uma jovem criada pelo pai que aprende o ofício de entalhadora. Seu pai adoece quando ela ainda é muito jovem para se tornar aprendiz e ela é expulsa da oficina que servia de casa para eles. Na rua, ela tem a companhia de gatos e pratica a arte de entalhar não oficialmente. Ela simplesmente faz o que pode para sobreviver, até que um homem estranho surge em sua vila. Seu nome é Linay e ele faz uma oferta: ele oferece a Kate o desejo de seu coração se ela em troca lhe der sua sombra.

Inicialmente, Kate recusa essa oferta, mas após alguns acontecimentos provocados pelo próprio Linay, Kate concorda e parte da vila em companhia de seu gato, Braque.

Qual não foi a surpresa ao constatar que Braque começou a falar? Pois é, o desejo de Kate era ter alguém com quem conversar, e quem melhor que seu gato?

Kate parte sem rumo, até encontrar com ciganos que a acolhem. Porém, ela sente que um perigo muito grande se aproxima, à medida que sente falta de sua sombra…

Kate Somente é uma história que aparenta mais ser um conto infanto-juvenil, mas é uma história de coragem, amizade e lealdade. Destaque para Braque, que é muito mais que um gato – sou suspeita para falar, já que amo felinos, mas esse gatinho me conquistou!

Sobre a narrativa, a autora escreve de forma fluida, contando um pouco sobre os costumes ciganos e também falando de magia. Porém, em determinado ponto a narrativa ficou cansativa e isso prolongou um pouco a minha leitura, acelerando um pouco mais para o final, quando temos um desfecho arrebatador.

Eu recomendo a leitura, é uma boa chance de saber mais dos costumes de ciganos e também um ótimo divertimento.

Ficha técnica:

Nome: Kate Somente
Autor: Erin Bow
Páginas: 344
Editora: Rocco
Onde comprar: Saraiva / Saraiva digital / Submarino / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem