Resenha: Lead

Embarque em mais uma aventura com os roqueiros sensuais de Stage Dive, repleta de romance e de cenas inesquecíveis…

Como vocalista da banda Stage Dive, Jimmy sempre teve tudo na hora que quis, fosse bebida, drogas ou mulheres, até que a destruição de sua reputação na mídia serviu de alerta e o conduziu à reabilitação. É neste momento que Lena surge em sua vida. Contratada para ser a assistente que tem como missão mantê-lo longe de problemas, ela não planeja aguentar desaforos do sensual roqueiro, e está determinada a manter a relação em nível estritamente profissional, apesar da química efervescente entre eles, até que Jimmy vai longe demais e Lena vai embora. Isso o faz perceber que talvez tenha perdido a melhor coisa que já lhe aconteceu. Fonte

Sabe quando você pega uma série sem qualquer expectativa, mas acaba cativada pela trama simples e pelos personagens, por mais fdp problemáticos que eles sejam? Pois é, aconteceu com a série Stage Dive. E não é que seus mocinhos sejam todos ruins, mas Jimmy consegue ser um dos mais problemáticos, principalmente em relação ao uso de drogas e, principalmente, bebida.

Lena entra na vida de Jimmy muito por acaso, quando estava sendo demitida justamente pelo agente da banda, bem na frente de todos os seus integrantes. Uma vez que ficou provado que ela não era alguém que levava desaforo para casa, ela foi admitida como assistente pessoal do vocalista da banda.

Apenas um pequeno problema… Lena começava a se sentir atraída por Jimmy. E, por mais que Jimmy tentasse dissuadi-la de sua atração, ela não conseguia mudar seus sentimentos. Até que Jimmy teve uma brilhante ideia de como fazer Lena desapegar: dando a ela o que ela (e ele) queria(m).

Sobre os personagens, Jimmy tem uma carga emocional e autodestrutiva bem forte. Ele e o irmão foram abandonados pela mãe, uma mulher viciada e que, agora que os filhos são famosos, os persegue em busca de dinheiro. A justificativa para Jimmy ter partido para os vícios foi justamente sua mãe – e o fato de ele acreditar que não era merecedor de qualquer tipo de afeto. Já Lena, ela tem autoconfiança e autoestima bem dosada, mas acredita ter um dedo podre para homens, pois seus relacionamentos sempre foram um fiasco. Inclusive, seu último ex-namorado a traiu com sua irmã e agora vão se casar! Embora ambos tenham ressalvas e receios em relação ao sexo oposto, é impossível não surgir um sentimento entre eles. O único problema é que nenhum deles sabe lidar com isso.

A história é bem rápida e você mal percebe que já está quase no final da leitura. É uma história bem clichê e com um tom erótico um pouco maior do que normalmente já li, além de um tom mais cômico, já que temos que lidar com Lena narrando em primeira pessoa sua sofrência em relação ao que sente por Jimmy.

Recomendo muito a leitura para quem quer algo descontraído. É uma série, mas acho que é possível ler fora de ordem, apesar de possíveis spoilers de livros anteriores.

Ficha técnica:

Nome: Lead
Autor: Kylie Scott
Páginas: 368
Editora: Universo dos Livros
Onde comprar:Amazon
Minha avaliação:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Karini disse:

    Não é meu tipo de leitura. Por este motivo passo a dica. Mas tenho que antes dizer que sua resenha está muito bem pontuada e instigante para amantes do gênero. Beijos.

    http://www.alempaginas.co

  • Evandro disse:

    É bom que os livros podem ser lidos fora de ordem, embora eu sempre prefira seguir a sequência. A mistura de ingredientes feita pela autora parece ser bem interessante mesclando cenas mais quentes com um toque de humor que deixa a leitura mais leve. Eu não conhecia o livro, mas gostei muito da resenha.

  • Viviane Dutra disse:

    Oi Lucy, o enredo em si, eu gostei, a parte “erótica” é que não consigo gostar nos livros. Eu leio, porque temos parceiros que escrevem este gênero, mas quando escolho uma leitura por livre e espontânea vontade, prefiro algo bem diferente, mas fico feliz que tenha gostado da leitura, tua resenha ficou muito bem escrita.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

  • Cabine de Leitura disse:

    Não conheço a série, mas gostei de saber que se deixou cativar até pelo personagem problemáticos. Fiquei curiosa para conhecer o desfecho entre esses dois que não sabem lidar nem com as próprias dores, seja por sentimento autodestrutivo ou por excesso de confiança. Parece ser um ótimo livro, vamos anotar a dica.

  • Viviane Almeida disse:

    Olá Lucy, tudo bem?
    Sua resenha desse livro ficou bem escrita e detalhada, gostei de ler. Mas, não sou fã desse gênero literário e mesmo a sua resenha sendo gostosa de ler, o livro em si não chamou a minha atenção.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

  • Clayci Oliveira disse:

    Não consigo gostar, me prender em tramas com narrativas eróticas. Mesmo querendo sair da minha zona de conforto, ainda não consegui me entregar ao gênero. Adorei sua resenha, mas dessa vez vou passar essa dica <3

    Beijos

  • Andressa Ledesma disse:

    Não conhecia essa série, mas achei a trama bacana. Se não for tão puxado para o lado erótico, e tiver uma história bem desenvolvida, acho que vou acabar gostando. Vou dar uma procurada e tentar ler o primeiro livro.
    beijo

  • Maria Ferreira disse:

    Oi Lucy.
    Acho ótimo quando um livro tem uma leitura tão fluída que nem percebemos que seu final de aproxima.
    Parece que esse faz jus ao gênero da literatura erótica.
    É bom que dá para ler fora da ordem.
    Abraços.

  • Ana Caroline dos Santos disse:

    Olá, tudo bem? Também li a série sem esperar muita coisa, mas acabei sendo completamente cativada. São clichês, mas que grudam sabe?! Os personagens fizeram diferencial. Já li esse e gostei bastante, mas ainda meu favorito é do Mal hahaha Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

  • Maria Luíza Lelis disse:

    Olá, tudo bem?
    Eu tenho visto muitas pessoas elogiando esse livro, o que acabou despertando minha curiosidade. Porém, a premissa me deixa muito com o pé atrás. Confesso que ando um pouco cansada desses livros com mocinhos problemáticos, com passados traumáticos que acabam justificando um comportamento babaca. É um clichê que acho que já saturou.
    No entanto, adorei a resenha e fico feliz que você tenha gostado da leitura e se surpreendido positivamente. Talvez um dia eu dê uma chance para este livro, nem que seja para descobrir porque as pessoas gostam tanto haha.
    Beijos!

  • Beatriz Andrade disse:

    Essa premissa não me desperta muito interesse, embora eu goste do gênero, mas achei a sua resenha bem bacana e até fiquei um pouco curiosa para conhecer mais sobre a obra.

  • Cris disse:

    Oi tudo bem? Adorei essa série mesmo eles sendo problemáticos, a história me cativou! Os personagens me prendeu, pois ao mesmo tempo você querem mata-los, você os ama kkkk. Parabéns pela sua resenha, bjs!

  • Marijleite disse:

    Eu AMO esses romances que tem bandas envolvidas, e sua resenha só me fez ficar com ainda mais vontade de ler esse livro e essa série, me parece ser um romance bem cativante.

  • Fábrica dos convites disse:

    Estou de olho nessa série mas nem comecei a ler ainda . Eu gosto de enredos clichê com toque de exotismo, não importo com isso e esse parece bem desenvolvido.
    Bjs Rose

  • Tânia Bueno disse:

    Mais não é que tô doida para ler este livro, aí vem sua resenha e me fala que sim, devo ler esta série logo. Já estou com todos os livros, então só preciso começar.

    Bjo
    Tânia Bueno

  • No Conforto Dos Livros disse:

    Olá!! :)

    Eu confesso que já ouvi falar desse livro, mas que não faz muito o meu género habitual de leitura!

    De qualquer das formas, ainda bem que gostaste! E que a leitura se faz assim com tamanha rapidez!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

  • Thayenne disse:

    Olá,

    Quero muito começar a ler essa série! Adoro livros com bandas/músicos e ainda mais quando mistura bad boys e comédia. Até tenho o primeiro livro, mas ainda não consegue tempo para ler. Depois de sua resenha irei providenciar de mudar isso logo, porque gostei de seus comentários sobre esse livro.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  • Juliana Xavier disse:

    Olha, se o tom erótico está maior que o que você costuma encontrar, com certeza passo a dica. Não curto cenas hot de jeito nenhum, e a premissa já não tinha me interessado mesmo.

  • Juliana Xavier disse:

    Se a parte erótica é mais marcante do que o normal, realmente não me interessei pela leitura. Não curto cenas hot de jeito nenhum, e a premissa já não tinha mesmo chamado a minha atenção.

  • Carolina Durães de Castro disse:

    Oi Lucy,tudo bem? Eu gostei bastante da série, mas o Jimmy não foi o meu personagem favorito. Parabéns pela resenha. Bjkas

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem