Resenha: Liberte meu coração

Eu sei que normalmente eu falo (muito) sobre a Meg Cabot, mas não tinha como não fazer uma resenha sobre o livro Liberte meu Coração. O principal motivo? Quem escreveu esse livro foi Mia Thermopolis, a protagonista da série Diário da Princesa. Pois é, a Meg só deu uma “ajudinha”…

No último livro da série, Princesa para Sempre (pode deixar, só vou falar o necessário!), Mia Thermopolis estava sofrendo todas as complicações de ser uma autora publicada. Inclusive, durante o seu diário, nós tivemos a possibilidade de ler trechos do que seria o livro Liberte meu Coração. Confesso: não prestei muita atenção nessas partes. As minhas preocupações eram outras… (se vocês pensaram em um personagem que o apelido lembra um certo chocolate, parabéns, vocês acertaram!). Mas é claro que fiquei muito animada quando fiquei sabendo que teríamos esse livro especial. E já devo dizer que o livro não me decepcionou. Aliás ele superou todas as minhas expectativas!

Finnula é a caçula de seis irmãs e um irmão na Inglaterra do século XIII. Mas Finnula não tem nada de donzela indefesa: ela caça nas terras do conde, e para o espanto de muitos, anda em calças de couro justas! Uma de suas irmãs usou o dote para comprar vestidos e jóias e ela precisava do dinheiro rápido. A ideia de Finn foi simples: sequestrar um lorde ou um cavaleiro rico que pudesse pagar o resgate. O que ela não esperava é que esse sequestro fosse aumentar os seus problemas…

O primeiro aviso que devo fazer: o livro é brega. Brega. B-R-E-G-A. DEMAIS! Aliás, ele segue a linha dos “romances de banca”. Mas é a Mia Thermopolis quem está escrevendo. TINHA que ser assim. Aliás, isso é importante: eu acredito que mesmo quem não tenha acompanhado a história da Mia irá gostar do livro. Mas pra quem conhece, tem todo um gostinho especial. Eu comecei sorrindo quando li a dedicatória do livro…

Aliás, eu já li dois romances históricos da Meg (“Victoria and the Rogue” e “Nicola and the Viscount”) e a narração de Liberte meu coração foi realmente diferente. Durante todo o livro eu acreditei que foi a Mia quem o escreveu. Imagino o quanto deve ser difícil tentar mudar a sua forma de escrever, que foi exatamente o que a Meg fez. Tudo bem que ela já faz isso nos outros livros, mas mesmo assim é… Diferente. Porque não é o personagem escrevendo a sua própria história. É o personagem escrevendo um livro!

Enfim, para quem gosta de um romance com personagens cativantes, pitadas de humor e até mesmo cenas mais calientesLiberte meu coração não vai decepcionar!

Ficha Técnica
Título: Liberte meu Coração
Autora: Mia Thermopolis, com a ajuda de Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 404
Classificação: 5/5 estrelas
Onde Comprar: Livraria Cultura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Melissa disse:

    Realmente, deve ser difícil se forçar a mudar seu jeito de escrever. Eu gosto dessas coisas. Mas imagino que não lerei esse livro, porque simplesmente não faz meu estilo. O que não significa que não seja bom, claro.

  • Lany disse:

    Hahaha eu entendo Mel! Afinal, o que seria do amarelo se todos gostassem do rosa? É por isso que existem diversos estilos de livros!

  • Lucy disse:

    Eu já tinha folheado esse livro e achado ele meio água com açúcar, mas parece mto engraçado também. rsrs
    Eu fiquei curiosa só por ser um livro que a Mia “escreveu”, e olha que nem li O diário da princesa. hahaha
    Gostei da resenha, Lany! Mais um da Meg ou seus pseudônimos para eu dar uma lida! hehehe

  • Lany disse:

    Como você está lendo mais os livros “adultos” da Meg, indico muito esse livro Lucy! Você vai adorar!

  • Karen Alvares disse:

    Gostei do fato da autora mudar toda sua forma de escrever para a personagem escrever o livro. Deve ser difícil, mas também deve ser divertido! É como criar uma história em cima da história, é como utilizar um pseudônimo… Muito legal!
    Como a Mel, o livro não faz meu estilo, mas a resenha foi ótima, Lany!

  • Lany disse:

    Obrigada Kakazinha!

  • G.Amorim disse:

    Olha, tô louca pra ler esse livro.

    E uma dica. Leia o livro ‘Aprendendo a seduzir” da Meg com o pseudonimo de Patricia Cabot.
    Você vai adorar.

  • Lany disse:

    Sugestão anotada!
    Eu estou querendo muito ler os livros da “Patrícia Cabot”… Todo mundo está falando super bem!

  • Vania disse:

    Hahaha a palavra “brega” me faz querer ficar longe do livro, mas adoro ver sua empolgação, Lany! Lembro de você comentando sobre ele, e realmente deve ser muito engraçado ver algo escrito pela Mia! E preciso dizer que AMEI o vestido na capa!!!

  • Lany disse:

    Pois é né, eu não conseguia ler mais nada… Eu até cheguei a chorar de rir enquanto lia o livro hahaha!
    Eu amo essa capa! É uma das minhas preferidas da Meg!

  • Top Ten Tuesday: Dez livros favoritos que eu li em 2011 | Por Essas Páginas disse:

    […] 4- Liberte o meu coração, Mia Thermopolis & Meg Cabot – Mia Thermopolis escrevendo um livro? É claro que ele não poderia ficar fora da minha lista! É um dos livros mais bregas que eu já li até hoje, mas não poderia ser diferente. Meg, se você quiser ajudar a Mia a escrever mais livros, dou total apoio! [Resenha] […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem