Resenha: Mais que amigos

Ficha Técnica:

Nome: Mais que amigos

Autor: Lauren Layne

Tradução: Alexandre Boide

Páginas: 256

Editora: Paralela

Compre aqui

 Sinopse:  Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?
Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?

Semana do Dia dos Namorados está aí e nada melhor do que a resenha de um romance (com conteúdo adulto, como já avisa a capa), né?

Mais que amigos é aquele típico clichê que a gente adora amar (não gente, não é redundância, é a mais pura verdade). Nele conhecemos a Parker que é a melhor amiga de Ben e eles inclusive são colegas de apartamento. Claro que nem tudo são flores, eles são bem diferentes, mas apesar disso conseguem conviver muito bem. Ele não tem namorada mas cada semana sai com uma pessoa diferente. Ela, tem um namorado e um emprego que são perfeitos.

Parker já no primeiro capítulo começa dizendo que, apesar do que todo mundo fala, garotos e garotas podem sim ser melhores amigos. Ela e Parker são um exemplo que já dura seis anos. Neste momento, não importa a opinião do leitor (eu mesma acho que existe sim amizade entre pessoas de orientações sexuais opostas), você vai dar uma risadinha e dizer “AAAH mas você não sabe o que está para acontecer…”. E essa é uma das maravilhas do clichê: você sabe o que vai acontecer, mas não sabe COMO! Quem vai se tocar primeiro? Como que vai ser o primeiro beijo? E depois, qual vai ser o drama? Sem dar muitos spoilers, a Parker acaba terminando o namoro e pede ajuda para Ben, porque ela quer curtir assim como ele. Tudo para dar certo (só que não).

Não tem como falar muito do enredo sem acabar contando os pontos principais, mas eu posso dizer que ele foi bem interessante e desenvolvido. A Parker e o Ben são excelentes protagonistas e cada capítulo é narrado por um dos dois. Eu adoro esse tipo de dinâmica porque é muito interessante, em um romance, conhecer os dois lados da história. Além disso como já avisa na capa, o conteúdo do livro é ADULTO, e isso não só por causa das cenas mais quentes, mas também pelo vocabulário usado pelos personagens. Aliás, confesso: espera mais das cenas adultas. Não sei se eu estou lendo muitos romances históricos, mas eu achei que essas cenas poderiam ter uma pitada a mais. Talvez pode ter sido uma escolha da autora por causa do casal, mas esse é o primeiro livro da autora que eu li, então eu realmente não conheço o seu estilo.

Um ponto que me incomodou um pouco foi quanto a estrutura dos capítulos. Os parágrafos são muito curtos, porque quase não tem descrições. Por um lado, isso é bom, porque o livro é quase como se fosse uma conversa dos personagens com o leitor. Porém, em alguns momentos a escrita ficou um pouco cortada.

Enfim, Mais que amigos é um romance muito bom e altamente indicado para todo mundo que ama esse gênero. Além disso ele é super curtinho, dá para ler bem rápido, em uma tarde chuvosa por exemplo.

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Paralela, selo da Companhia das Letras.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Carolina Durães de Castro disse:

    Oi Lany, tudo bem com você?
    Concordo plenamente que existem clichês que amamos ler. É inevitável rs.
    Até o momento, eu li apenas uma resenha desse livro além da sua e ambas as avaliações foram positivas, o que me fez colocar o nome do livro na minha listinha de desejados.
    Bjkas

  • Aline M. Oliveira disse:

    Oi! Apesar de não ser uma leitora muito frequente de romances atuais, eu gosto muito de histórias em que o casal é amigo, e por várias razões acabam se aproximando e e descobrindo o amor na amizade. Amei a premissa do livro, os personagens e o enredo da narrativa. Se tiver oportunidade, lerei com certeza! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ http://www.stalker-literaria.com

  • Dayhara disse:

    Eu quero esse livro pra ontem! Li o comecinho e lembro de como foi engraçado, uma delicinha pra falar a verdade. Por mais que a trama pareça clichê, as vezes é só disso que a gente precisa. Dica anotada!

  • Jessie disse:

    Oi Lany!

    Tudo bem? Eu tenho lido comentários bem positivos sobre esse livro e já estava bastante curiosa e depois da resenha da Bru do Um Oceano de Histórias eu decidi que PRECISO LER PRA ONTEM!

    Acho que a história é a minha cara porque adoro romances clichês (que a gente sempre sabe como vai acabar), mas com um desenvolvimento interessante e depois de ler as suas considerações sobre o livro tenho certeza de que vou me apaixonar pela história.

    Beijinhos
    http://www.paraisoliterario.com

  • Cabine de Leitura disse:

    Apesar de ser uma trama bem previsível, eu tenho visto muito elogios quanto a essa trama e a cada nova resenha que leio só reforça minha vontade de ler esse livro e não vejo a hora de descobrir o que esse Ben tem que faz os leitores se apaixonarem por ele. Adorando comédia romântica e mesmo com sua ressalva sobre a estrutura dos capítulos eu ainda quero ler.

  • Ivi Campos disse:

    Eu acho essa capa muito catálogo da Avon… rs
    É uma premissa bem batida jé né, mas acho esse tipo de enredo perfeito quando a gente quer uma coisa mais leve e despretensiosa.
    beijos

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem