Resenha: Maratona Brasuca

Olá caros leitores, tudo bem? Estou aqui dessa vez para fazer um resumão da semana brasuca, a qual, infelizmente, não teve um saldo positivo e nenhum livro digno de merecer resenha individual. Então desculpem, mas vou afogar vocês em nada menos que três resenhas de um gole só.

O Maníaco do Circo: e o menino que tinha medo de palhaços

“O Maníaco do Circo” aborda o tema da psicopatia, da fobia, e conta a história de Renato, uma criança com personalidade psicopata que, através de sonhos e alucinações, constrói um mundo mítico onde os palhaços são manifestações materiais de um demônio. O garotinho cresceu e se tornou um homicida missionário. Sua missão: tentar purificar as almas possuídas por esse demônio, ou livrar o mundo de sua ameaça. O leitor vai acompanhar a gênese da loucura, a espontaneidade da primeira execução e a necessidade que o psicopata tem de dar continuidade a uma sina mórbida, tão necessária para ele quanto o próprio ar. Até que a história se complica com o aparecimento de um criminoso, apelidado de “Maníaco do Circo”, que assola a cidade, deixando todos perplexos com a sua crueldade. Quem é o Maníaco do Circo? Quem se esconde por trás da maquiagem de palhaço? Esse mistério, somente você poderá desvendar! ” (Fonte: Skoob)

Você está sentindo esse cheiro? É o cheiro do ódio e da decepção. O pior livro da semana prometia ser interessante, palhaços e terror, um tema brilhantemente desbravado por Stephen King (Parcimonioso!) e amplamente explorado por uma centena de filmes de terror, somado a um contexto brasileiro… era pra ser uma receita de sucesso, mas resultou em um prato insosso.

“Maníaco” conta a história de Renato cujo problemas de doença na infância e uso indevido de medicamentos o leva a ter alucinações com palhaços. Paralelo a essa história temos Brenda, uma menina sequestrada por um grupo de bandidos fantasiados de palhaço em seu aniversário. A história de ambos se cruzará e trará um desfecho emocionante.

Calma. Pareceu bom não é? Parece até uma sinopse do livro (juro que não foi a intenção). Pois bem, agora pense você gafanhoto que eu só fui entender isso lá pelo capítulo 21 do livro. Isso é inaceitável. O grande problema deste livro é ter um tema muito interessante, uma trama muito boa, porém um desenvolvimento e escrita horrorosos. Capítulos desconexos, diálogos e personagens desnecessários, conexões importantes da trama feitas de forma muito apressadas e sem ênfase, sem dar a devida importância, personagens fazendo conclusões mágicas, deduções dignas de “Scooby Doo”. A trama de Brenda e o assassino demorou muito a ocorrer no livro, o desfecho da história foi decepcionante, acrescentados da cereja do bolo, um epílogo totalmente desnecessário.

Fome

“Lucas está se preparando para o show de sua banda favorita “Red Wolves”. Ele imaginava ser uma noite perfeita entre amigos, mas uma fome crescente e um homem a persegui-lo mudou seus planos e seu destino.” (Fonte: Skoob)

Um conto com um tema que é sempre é do meu interesse: lobos e lobisomens, ainda mais de graça na Amazon. Por que não? No entanto, “Fome” foi apenas decepção. “Fome” conta a história do jovem Lucas que após frequentar o show de sua banda favorita, começa a ser perseguido por um estranho, e sente alterações estranhas em seu corpo, sentidos aguçados e fome tremenda. Até aqui nada que ninguém tenha visto referente ao canon de lobisomens. Um conto claramente escrito por uma escritora iniciante, pecando por uma boa revisão no tema, recheado de clichês e sofrendo de estrangeirismos (exemplos: personagem cortando gramados da vizinhança, caçando cervos). Só não ganhou o prêmio de livro ruim da rodada por ter sido um sofrimento breve.

Entrecontos I

“Com narrativas variadas, Entrecontos 1, convida todos os leitores a entrarem em histórias que “se” não são verdadeiras… Poderiam ser! Compartilhe desta experiência fantástica, todos os contos foram publicados on-line em 2010 pela escritora Ju Lund, e agora possuem seu formato físico. (Im) Possível, Agnes Adal, Dança, Desaparecido, Dia de Cão, Diana Keen, Escuro mais que Noturno, Estranho Conhecido, Fui ao Rio ver Crepúsculo, Halloween, Marcas e Sangue, O Livro de Morgana, O peixe comeu meu sono, Observadores, Pássaro, Pedido Secreto, Presença, Salvo pela Cruz, Seguidas, Zombeteira… São 22 Contos + 1 Poema esperando por você! Tenha uma leitura Fantástica!” (Fonte: Skoob)

Como o nome já entrega, uma coletânea de contos da escritora. Sua capa me chamou a atenção e a sinopse selou seu destino. De todos os livros da semana este saiu vitorioso porém não por seu mérito, mas pela incapacidade os competidores.

Através da leitura senti tratarem-se de contos voltados para o público adolescente, e escritos por uma adolescente. É uma escrita bem leve, sem pretensões e sem ambições. Alguns contos são bem cotidianos, com assuntos bem levianos, alguns parecem até um exercício de escrita da autora. Destaque para os contos “Desparecido”, o melhor do livro, “Diana Keen – Destemida”, “Pedido Secreto” e “Livro de Morgana I”.

 

Ficha Técnica

Título: O Maníaco do Circo: e o menino que tinha medo de palhaços
Autor: Leonardo Barros
Editora: Independente
Páginas: 293
Onde comprar: Livraria CulturaAmazon
Avaliação: 
Título: Fome
Autor: Shana Conzatti
Editora: Independente
Páginas: 25
Onde comprar: Livraria CulturaAmazon
Avaliação: 
Título: Entrecontos 1 Coletânea de Contos – Volume 1
Autor: Ju Lund
Editora: Clube dos Autores
Páginas: 90
Onde comprar:  Amazon
Avaliação: 

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Setembro. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Cláudia Santana Schumacher disse:

    As sinopse realmente chamam atenção, mas pelo jeito é a unica coisa boa dos livros/contos. Aparentemente são todos autores iniciantes que ainda não tem muita noção das coisas, mas quem sou eu pra falar. Enfim, uma pena que nenhum foi digno de uma resenha.

  • Douglas Fernandes disse:

    Aquele primeiro do palhaço tbm me chamou atenção, parece realmente muito bom, adoro esse tipo de historia, mas depois do que vc disse me desanimei, alias, desanimei com todos, sorte nas proximas leituras… hahahahaa

  • Samuel Cardeal disse:

    Poxa, que dedo podre que você teve pra escolher os livros. Eu li “O Maníaco” e também me decepcionei, pois esperava um livro sobre um psicopata e li uma coisa bizarra sobre um esquizofrênico. Desejo sorte nas próximas maratonas.

  • Bianca Martins disse:

    POxa, q pena…eu até qria ler O Maníaco do Circo: e o menino que tinha medo de palhaços, mas agora desanimei total..uahsuahsuas
    Qnts decepções esa semana hein..=/Q triste..=//

  • Patrini Viero disse:

    Acho que eu cometeria o mesmo erro que tu com o primeiro livro. A sinopse, apesar de não atraente, causa uma certa curiosidade, quando aliada ao tema, principalmente associado a referência do mestre Stephen King. Os outros realmente não me interessaram.

  • Suelen Mendes disse:

    Mas que falta de sorte hein!Pelas sinopses e capas até daria pra se dizer que eram de outro nível.
    É horrivel quando nos deparamos com um livro ruim,imagina três! :/
    Bjus

  • Nathalia Simião disse:

    Que pena que O Maníaco do Circo é tão ruim assim, a trama tinha tudo pra ser excelente :/ Nem a sinopse dos outros dois me chamou a atenção. Suas leituras não foram muito produtivas mesmo.

  • Amanda Freitas disse:

    As capas estão lindas, mas o problema é o que parece ter dentro das capas. Já sei que esse eu não vou ler, apesar de gostar do tema deles. Eu gosto de ler histórias bem escritas e convincentes, e esses não parecer ter isso. Infelizmente!

  • Michele Lopez disse:

    Oie…
    Desconhecia os livros apresentados e as capas são muito bonitas!
    Fiquei curiosa para ler Fome, parece ser bem interessante.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem