Resenha: Menina de vinte

Eu sou muito fã da Sophie Kinsella. Quando fiquei sabendo que essa autora iria escrever um livro com um tema um pouco sobrenatural, fiquei mais animada ainda. Mas, fiquem calmos, não tem nenhum vampiro querendo conquistar o amor da protagonista.

Em Menina de Vinte, Lara Lington  (uma jovem normal, apenas com uma imaginação fértil) começa a ser seguida pelo espírito da sua tia-avó Sadie. Apesar de ter 105 anos, o fantasma de Sadie é uma jovem que se veste com as roupas dos anos 20. E ela aparece com um pedido em especial: ela quer que Lara encontre um colar de contas com um pingente de libélula cravejado de strass (que é exatamente esse da capa). Somente assim Sadie conseguirá descansar em paz…

Mas é claro que como em todo chick-lit, nada é fácil. Lara já tem os seus próprios problemas para resolver. Ela terminou seu relacionamento com Josh e ela gastou todo o seu dinheiro para abrir uma empresa de caça-talentos com sua amiga. Só que a sócia foi curtir um romance em Goa e a empresa está afundando!

No início do livro, eu achei a Sadie um pouco irritante. Sadie é uma menina dos anos 20 e realmente acredita que essa foi a melhor época. Ela parecia um pouco orgulhosa e muito teimosa…  Mas, conforme a história vai fluindo, ela foi me conquistando, principalmente por causa da Lara. Imaginem duas pessoas de épocas tão diferentes juntas em um livro da Sophie Kinsella… Pois é, temos muitas cenas engraçadíssimas! Algumas cenas podem até parecer “absurdas”  se explicadas fora de um contexto. Mas a narrativa de Sophie é tão envolvente que você acaba acreditando e se divertindo junto! O mais interessante é que as duas personagens realmente evoluem durante o livro e uma aprende muito com a outra. Enquanto busca o colar, Lara descobre também o passado de Sadie – e Sadie acaba tentando ajudar a vida amorosa e profissional de Lara.

Apesar de o romance não ser o tema central desse livro, um dos meus personagens favoritos da Sophie é exatamente de Meninas de Vinte. Sadie acaba caindo de amores por Ed Harrison, um executivo bonitão, e como ela é um fantasma, acaba convencendo Lara a sair com ele (para que ela pudesse se divertir também). Porém Lara tem que fazer tudo o que Sadie faria na mesma situação, inclusive se vestir com roupas dos anos 20! Sim, eu quase quis me esconder de vergonha pela Lara…

Enfim, o livro é leve e muito engraçado. Mas ele é emocionante também! O final foi muito bom e eu quase chorei (primeira vez em um livro da Sophie que aconteceu isso)… Afinal, não tem nada mais lindo do que uma grande amizade!

Ficha Técnica

Título: Meninas de Vinte

Autor: Sophie Kinsella

Editora: Record

Páginas: 496

Onde comprar: Livraria Cultura

Avaliação:  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  


PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem