Resenha: Neve de Primavera

Ficha técnica:

Nome: Neve de Primavera

Autor: Márcia Lima

Páginas: 356

“Por um segundo, resolvi esquecer tudo que me separava de Samanta e cruzar o abismo que existia entre nós.
Talvez os dias limitados que eu tinha com ela fossem, de fato, uma boa sorte. Se o adeus era inevitável, viver o agora parecia mais leve.”

Seo Joon foi criado para ser o presidente de um grande conglomerado. Privado de sua própria essência, aprendeu a manter uma aparência sóbria e distante, menos quando se trata do filho Yoon, a quem cria sozinho desde a morte prematura da esposa.
Competente e determinado, Joon não tem tempo a perder, principalmente quando está às voltas com um caso de corrupção em sua própria empresa.
Samanta Lee não conhecia muito sobre a cultura da qual descendia, além de dramas de televisão e lámen. Sozinha desde a morte dos pais, lutou muito para alcançar o tão sonhado cargo de relações públicas, em uma multinacional coreana.
Alegre e extrovertida, Sam está acostumada a lidar com os desmandos do azar, mantendo sempre os pés no chão e os olhos na realidade. Definitivamente, apaixonar-se não estava nos planos.
Ela só queria manter o emprego, ele não pôde fugir de uma viagem de negócios… Mas, quando o destino conspira a favor, quem pode dizer o contrário?
Do outro lado do mundo, no inverno cinzento de Seul, a primavera florescerá

Eu peguei esse livro depois de uma indicação que peguei pela blogosfera e não me arrependi!

A sinopse já nos adianta sobre a vida de Seo Joon e Samanta Lee. Ambos vivem para o trabalho. Ele, vice-presidente da empresa da família, moldado para seguir os passos do pai, a quem não sente muito afeto. Ela, uma jovem brasileira que perdeu o contato com suas raízes coreanas depois da morte do pai, criada pelos tios maternos sem muito afeto.

Samanta trabalha na área de Relações Públicas e fica admirada por ter sido escolhida para acompanhar o presidente em sua visita ao Brasil, isso tudo devido a uma mentirinha em seu currículo… Nada demais, ela só disse que falava coreano… Quando só tinha noções muito básicas do idioma!

Sem poder desmentir, ela aceita a função e qual não é sua surpresa quando quem vem ao Brasil na verdade é o vice-presidente, Seo Joon, que não só percebe de cara que ela não fala nada de coreano, como fala e entende português fluentemente!

O primeiro encontro deles não foi lá muito promissor, mas logo os dois começam a se entender melhor e logo começaram a surgir fagulhas entre os dois. Quanto mais que Joon procurava defeitos em Samanta, mais ele se encantava por ela, por ser tão diferente do tipo de garota que ele costuma conhecer.

Da mesma forma, Samanta já se sentia atraída pelo vice-presidente bonitão, mas só aos poucos ela foi conhecendo a pessoa por trás daquele homem sério e autoritário.

Eu me senti transportada para o universo do K-drama com esse livro! Sério, ele não fica atrás de nenhum dorama que já tenha assistido. A diferença é que nos doramas o casal demora para dar um beijinho sequer, já aqui… A química rola solta, mas não pensem que só tem cenas hots! O livro é um romance – e muito bem escrito, com todos os elementos muito bem dosados, e esse é um diferencial e tanto!

O cenário da história varia entre Brasil e Coreia do Sul, e achei a ambientação muito boa e bem descrita, a autora soube situar bem seus personagens e não achei nenhuma situação apelativa ou forçada.

 

A narrativa é leve e fluida, difícil não se ambientar logo dentro da história. O Samanta e Joon combinam perfeitamente e a trama que os envolveu e que poderia separá-los me fez roer as unhas de exasperação!

Recomendo muito essa leitura! Se você nunca assistiu um dorama, pode ter uma primeira experiência a partir desse livro. Agora, se você já é fã, é mais do que recomendado!

O livro foi lançado de forma independente na Amazon e está disponível no Kindle Unlimited!

 

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  


PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem