Resenha: O Beijo das Sombras

Ano passado, quando fiquei sabendo que Academia de Vampiros ia virar filme, algumas amigas minhas insistiram para que eu lesse a série. Como estou apinhada de livros, não dei tanta bola assim, ainda mais porque se tratava de um tema que já estava saturado: vampiros.

Aí a Lany e a Vânia começaram a ler o spin-off Bloodlines e estavam tentando me convencer a ler. Eu sei que para ler um você não precisa ter lido a outra série, basta saber de alguns spoilers (e eu li todos os spoilers), mas com o filme se aproximando decidi dar uma chance à Academia de Vampiros, então o escalei para a Maratona Literária 2.0. A minha surpresa foi que eu o li rapidamente.

Esse livro também faz parte do Desafio Realmente Desafiante 2014, promovido pela Clícia do blog Silêncio que eu to lendo. O item é o número 10: O primeiro livro de uma série.

O_BEIJO_DAS_SOMBRAS1Sinopse: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi – os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 

Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 

Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar? Fonte

Sabe aquele livro que te surpreende? Pois é, posso dizer que O Beijo das Sombras me surpreendeu bastante.

Nesse livro somos apresentados à Rose, uma dampira, e Lissa, sua melhor amiga e vampira Moroi. Mais uma vez temos uma nova “lenda” de vampiros, diferente do que estamos acostumados, e que diferencia três raças de vampiros. Como no livro explica mais detalhadamente, o que você precisa saber sobre eles é basicamente o seguinte:

Morois – Vampiros bonzinhos, não matam humanos, apenas sugam a quantidade necessária de sangue. Possuem certa resistência ao sol e praticam magia com os 5 elementos da natureza. Existem inúmeras famílias Moroi, mas apenas doze delas são da realeza.

Strigois – Vampiros malvados, mortos-vivos, que matam suas vítimas. Não podem ficar expostos à luz solar e quando um Moroi vira Strigoi, perde sua magia. Moroi, humanos ou dampiros podem se tornar Strigoi. Strigois possuem pele extremamente branca, e círculos vermelhos em seus olhos. Possuem força e velocidade extremas.

Dampiros – Meio vampiros e meio humanos. Só se alimentam com comida comum. Podem pisar em solo sagrado e se expor à luz solar. Nascem do cruzamento entre um dampiro e um moroi, deste modo, não reproduzem entre si. São, na maioria das vezes, guardiões de Moroi.

Dadas as explicações, vamos ao que interessa:

Ali na sinopse falou-se muito de Lissa, porque de fato ela é muito importante para a série, mas a verdade é que a protagonista é a Rose. A história é toda narrada em primeira pessoa por ela e por causa disso percebemos de cara como Rose é impetuosa e impulsiva (muitas vezes grossa também, diga-se de passagem). Percebemos também que a ligação entre Lissa e Rose é muito forte: por mais que estremeça em um ponto ou outro, a amizade das duas é sempre forte e sincera. Tanto que as duas possuem um laço muito raro, que elas não sabem da onde vem, então facilita para Rose saber tudo o que se passa na cabeça de Lissa, literalmente.

Quando as duas são obrigadas a voltar para a escola S. Vladimir, elas meio que viram alvo de especulações sobre a fuga que durou dois anos e temem que um segredo de Lissa seja revelado, segredo esse que é revelado aos poucos na narrativa da Rose. Quando retornam, ameaças estranhas que envolvem bichinhos passam a perseguir Lissa, cuja reação prejudica a ela própria e preocupa Rose. Além disso, quando elas retornam, Rose descobre que talvez não possa ser a guardiã de Lissa, por ter parado seus estudos e treinamento, por isso ela começa a ter aulas extras com um dos professores, o bonito/gostoso/tudo de bom Dimitri.

Eu gostei muito da escrita da Richelle Mead, ela soube falar sobre amizade, hormônios adolescentes atração, paixão, vampiros e novamente adolescentes de modo que me convenceu, sem parecer piegas ou forçado. Ela também mostra como a adolescência pode ser uma fase difícil com todo aquele status e esteriótipos que encontramos e que as escolas são na verdade um verdadeiro campo de guerra de status social. Em um primeiro momento, essa relação pode ser superficial, mas vamos lembrar que o livro é narrado por uma jovem de 17 anos, então não prejudicou a leitura, muito pelo contrário, conseguiu ambientar muito bem o universo de “high school”.  Então temos aqui um YA que retrata bem os adolescentes com um “plus” de sobrenatural, com vampiros. O que pegou muito bem.

Outra coisa que me chamou a atenção foi que o livro, embora seja um YA, tem lá sua carga sensual (adolescentes e hormônios a mil, claro) sem forçar a situação. Mostra que existe mesmo atração entre pessoas no ambiente escolar, existem as questões “polêmicas” de sexo na escola e perda de virgindade, alunos que são mais “precoces” para uma vida sexual e os alunos que gostam de curtição, mas em nenhum momento eu achei que ela foi piegas ou forçou a barra em cenas mais quentes. Afinal de contas, é um YA e não NA.

Eu sei que o tema vampiros pode já estar batido, mas se eu tivesse lido o livro na época da modinha vampírica, eu acho que não teria gostado tanto como eu gostei agora, então por um lado foi bom esperar (mesmo porque todos os livros da série já foram lançados e até eu chegar no spin off vai demorar um pouco).

O livro teve uma adaptação para o cinema, que infelizmente teve uma bilheteria baixa e por isso será lançado aqui no Brasil apenas em DVD (assim diz a lenda). O que é uma pena, eu estava torcendo para poder assistir.

Enfim, confiram abaixo o trailer:

Ficha técnica:

Nome: O beijo das sombras – Academia de Vampiros – Livro I
Autor: Richelle Mead
Páginas: 320
Editora: Nova Fronteira
Onde comprar: Livraria Cultura / Livraria Cultura (e-book) / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Jaynne Souza disse:

    Ainda não li essa serie,mas vou ver o filme pra ter uma ideia de como é , pensei que fosse algo mais obscuro e não tão adolescente :c

  • Lucy disse:

    Oi, Jaynne! Aí é que está o diferencial. A série tem um lado mais obscuro, mas voltado para o YA. Acho que você devia dar uma olhada primeiro no livro (porque o filme não vai rolar tão cedo) para ver como é. Eu estava tão descrente quanto você e acabei gostando. rsrs
    Bjos

  • Dâmaris Carvalho Lima disse:

    Tinha ouvido falar da série, mas não sou fã de romances com vampiros!

  • Lucy disse:

    Oi, Dâmaris! Acho que você devia arriscar, é bem diferente dos vampiros que brilham. rsrs
    Bjos

  • Nayara disse:

    Sempre que vejo os livros d’ Academia de Vampiros eu fico “leio ou não leio?” fico olhando um tempão e sempre acabo não comprando. Hahaha.
    E lendo a resenha agora e vendo o trailer fiquei curiosa.
    Acho que dá próxima vez que eu ver os livros eu compre! Hahaha
    Beijos

  • Lucy disse:

    Oi, Nayara! Dá uma olhada, sim! Acho que você não vai se arrepender. :D
    Bjos!

  • Melissa de Sá disse:

    Lucy, eu totalmente me identifiquei com essa sua resenha! Tenho os mesmos sentimentos em relação a Academia de Vampiros e confesso que a série é o meu guilty pleasure favorito. :)

    Sinceramente? Foi o único YA sobrenatural que realmente me conquistou.

  • Lucy disse:

    Oi, Mel!
    Bem, eu estava muito encucada para ler, mas não me arrependo (agora tenho todos os livros, só me falta tempo para ler -_-‘). Também tenho essa série como um guilty pleasure, adorei, porque simplesmente é um YA sobrenatural que convence a gente.
    Bjos!

  • camila rosa disse:

    Oi, que bom que o livro te surpreendeu, eu amo essa série li ela em 2012, mas ainda me lembro claramente, falta ler o ultimo livro ainda, e estou super ansiosa. Fiquei triste que a adaptação só terá em DVD mas fazer o que né.
    Beijos!!!

  • Lucy disse:

    Oi, Camila!
    Você até teve sorte, eu só li o primeiro ainda esse ano e agora não consigo pegar os outros para ler! u__u’ Ai ai ai, quero um dia de 48 horas de leitura!
    Eu fiquei indignada com o fato que a adaptação não vai passar no cinema. Isso quer dizer que vamos ter que esperar pra assistir, mas enfim, é isso mesmo.
    Bjos!

  • Bruna Oliveira disse:

    Só li até o terceiro livro, porque peguei emprestado de uma amiga e ela não tinha o resto. Mas já virou minha série favorita, não tenho nem o que falar… sou simplesmente apaixonada pelos personagens <3
    Acho que todos deveriam ler porque eu também não estava esperando nada da série quando comecei a ler, mas depois, me surpreendi e quando menos esperava já tinha vidado minha favorita! Não vejo a hora de terminar de ler os que faltam.
    Beijo

  • Lucy disse:

    Oi, Bruna!
    Realmente eu acho que VA é uma daquelas séries que a gente tem que ler pra comprovar. Foi uma boa surpresa mesmo e eu espero conseguir ler todos da série esse ano para começar logo o spin-off!
    Bjos

  • Caroline Evans disse:

    Eu adoro a série, embora ainda não tenha lido todos os livros, ela foge do normal sobre vampiros.
    Estou aguardando o filme sair online, sacanagem não ter nos cinemas daqui. Mas também que publicidade horrorosa que fizeram.

  • Lucy disse:

    Oi, Carol!
    Realmente, a publicidade foi péssima, por isso não vão lançar aqui. Algo sobre a modinha de vampiros ter passado. -_-‘
    Fala sério, né?
    Bjs

  • Geovanna disse:

    Eu já estava pensando em comprar esse livro, só queria ter realmente certeza se era bom. To indo comprar já rsrs

  • Top Ten Tuesday: Dez Livros para Entrar no Espírito do Halloween « Por Essas Páginas disse:

    […] 10. O beijo das Sombras (Academia de Vampiros 1), Richelle Mead: Para quem gosta de vampiros, essa série é bem recomendada. Eu realmente não dava muito por ela, mas acabei lendo o primeiro livro muito rápido. Infelizmente os outros livros ainda terão que esperar um pouco para eu retomar minha leitura… Resenha. […]

  • Resenha: Aura Negra « Por Essas Páginas disse:

    […] resenha pode conter spoilers de O Beijo das Sombras, mas sinceramente, pode ler sem […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem