Resenha: O Exterminador do Futuro


Galera do PEP, chegou aquele momento mágico de conhecer um livro que não é bom. Não é bom, ele é fantástico! É espetacular, assombroso, estupendo, é pra vender um rim, largar a namorada e parar de beber só pra conseguir lê-lo. Ok – talvez não tudo isso, mas pare o que você está fazendo neste exato momento e venha comigo se quiser ler. #euconsegui #trocadilhos  #piadinhasinfames

O_EXTERMINADOR_DO_FUTURO_1428295062442221SK1428295062BO Exterminador do Futuro – Prepare-se para viajar no tempo e reviver uma das maiores aventuras dos últimos 30 anos.
Em 1984, um ciborgue chega em Los Angeles com uma missão: assassinar mulheres. Suas vítimas têm em comum apenas o nome: Sarah Connor. A última Sarah é resgatada por um soldado que alega vir do século XXI. Tem início uma perseguição que põe em risco o destino da humanidade.
O ciborgue é um T-800, máquina de matar perfeita, incapaz de sentir pena, medo ou dor. Nada o fará desistir enquanto não eliminar o líder da resistência humana antes mesmo do seu nascimento. Sem a existência de John Connor, estaremos completamente à mercê da tirania de máquinas inteligentes num futuro sombrio, e cada vez mais próximo. 2029, o Ano da Escuridão.
Bem que ele disse que voltaria. O EXTERMINADOR DO FUTURO está chegando aos leitores brasileiros, 30 anos após o lançamento do filme que projetou as carreiras de James Cameron e de Arnold Schwaznegger. O livro, versão em romance do roteiro original, é assinado pelo próprio Cameron, em parceria com o roteirista Bill Wisher e o escritor Randall Frakes.
Aclamado pela crítica quando estreou em 1984, O Exterminador do Futuro tornou-se um clássico instantâneo, frequentou as listas dos melhores filmes do ano. Em 2008, foi considerado pela Biblioteca do Congresso norte-americano uma obra de significância “cultural, história e estética” e selecionado para ser preservado no National Film Registry dos EUA.
É possível que você já tenha perdido a conta de quantas vezes assistiu ao filme. Chegou a hora de se aprofundar na história. Deixe-se surpreender com O EXTERMINADOR DO FUTURO. Fonte: Skoob.

Como você pode perceber pela capa, vou revisar aqui a edição limitada de O Exterminador do Futuro (Terminator). Não há diferenças no conteúdo entre as duas versões (Clássica e Limitada). As diferenças ficam primeiramente na capa – a edição limitada utiliza a imagem acima em capa dura e com o exterminador estilizado,  já a edição clássica conta com a foto do nosso querido Arnold. Além disso ambos os livros contém fotos dos filmes –  a edição clássica possui algumas imagens a mais em suas primeiras páginas, já a edição limitada contém a visão do exterminador em algumas páginas – e bem eu vou deixar uma imagem falar por mim porque isso é foda demais.

View post on imgur.com

Mas vamos com calma, sim o livro é lindo, isso não podemos negar. Ambas as edições receberam um capricho enorme por parte da editora, ainda mais se tratando de um livro de 1984 que não havia vindo para o Brasil. Mas e quanto à história?

Terminator é uma novelização do roteiro criado por James Cameron. Se você é familiarizado com esse tipo de livro ou não, saiba que esse tipo de fórmula nem sempre dá certo, principalmente se o filme já não lá grande coisa (não é Cowboys & Aliens?). Mas cá estamos nós falando de um filmaço dos anos 80, o primeiro de um legado, uma lenda entre lendas. O que poderia sair errado?

A resposta é nada. Nada mesmo, gafanhoto. Sim, eu posso estar sendo influenciado pelo fato de que adoro a série e sou fã de carteirinha do Arnold (repita três vezes –  Schwarzenegger, Schwarzenegger, Schwarzenegger). Maaas, quer saber? O livro é muito bom.

Enquanto a história flui, é impossível não relembrar do filme com um sorriso no rosto – as cenas clássicas, não só o Exterminador mas tanto a Sarah quanto o Kyle. E além de termos as cenas do filme em maiores detalhes – e detalhes relevantes, não tem encheção de linguiça aqui – podemos absorver melhor o que os personagens estão pensando e sentindo. A implacabilidade do Exterminador, determinado a cumprir sua missão de qualquer forma, uma máquina assustadoramente eficiente e implacável. Todo o medo da Sarah e a imensidão da importância de sua sobrevivência, o temor de Kyle em falhar com sua missão e o choque metal de passar de um mundo em ruínas, onde a morte é uma ameaça, constante para um mundo de relativa paz e abundância. Vai me dizer que não existe uma crítica social velada nesse filme?

Além de entrarmos na visão dos personagens, temos algumas cenas extras com personagens menores do filme, como por exemplo Del Ray – o motorista do caminhão de lixo que primeiro encontra o exterminador; os punks que serão suas primeiras vítimas e os policiais Traxler e Vukovich, tentando solucionar o caso do serial killer de Sarahs, só pra citar alguns. São personagens que passam rapidamente no filme, mas que adicionam uma perspectiva diferente às cenas que já conhecemos.

Se você é fã, já assistiu ou simplesmente está procurando por um livro de ficção diferenciado, leia O Exterminador do Futuro. Acredito que é impossível ler o livro sem ver o filme e fico feliz de dizer que o vice-versa também se aplica. Veja o filme e leia o livro.

Em breve teremos mais Exterminador do Futuro aqui no PEP. Me aguardem. Eu voltarei.

Ficha Técnica

Título: O Exterminador do Futuro
Autor: Randall Frakes e Bell Wisher
Editora: Darkside Books
Páginas: 334
Onde comprar: Saraiva / Livraria CulturaAmazon
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Gustavo disse:

    Eu tinha dúvidas quanto a ler ou não esse livro, não porque não gosto dos filmes (amo todos, incluindo a série que foi feita das cronicas da Sarah Connor, muito bom tudo desse universo), mas pelo motivo de ser uma “novelização de um roteiro”. Muitas vezes não da certo, fica chato e maçante, mas depois dessa resenha, com certeza vale a pena, mesmo sendo a opinião meio que unilateral de um fã de carteirinha kkk certeza que não da pra se arrepender dessa aquisição (linda por sinal *–*)

  • Mell Passador disse:

    Sua resenha me surpreendeu bastante, e me animou também a ler rsrs porque não imaginava que esse livro seria tão bom assim, eu amo livros de ficção mas por este ser um lançamento de livro depois de um filme eu não estava muito animada a ler, você me motivou, quero ele hahah

  • Melissa de Sá disse:

    Eu também amo O Exterminador do Futuro (afinal, eu sou a mulher doida por mundos pós-apocalípticos, né?), mas não fazia ideia que tinha um livro! Como assim?

    E realmente, vários livros baseados em roteiros de filme são péssimos. Exemplo Star Wars. Mas fico feliz em saber que esse é difrente. Assim que tiver oportunidade, vou comprar.

  • Divulgação: Lançamentos da Darkside de Março « Por Essas Páginas disse:

    […] Que tal uns lançamentos para variar? Aí vão os livros de março da Darkside, que todo mundo sabe que se dedica ao terror e fantasia e faz edições simplesmente fantásticas (confira algumas fotos nessa resenha de O Exterminador do Futuro)! […]

  • Top Ten Tuesday: Dez Livros Cinco Estrelas (com Memes!) | Por Essas Páginas disse:

    […] O Exterminador do Futuro […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem