Resenha: O Rei Fugitivo

Eu fiquei animadíssima quando esse livro foi lançado. Isso porque eu amei a leitura do primeiro livro, O Falso Príncipe. Fiquei ainda mais feliz quando recebi esse livro da Editora Record (porque já havia um bom tempo que eu tinha solicitado e, enfim, correios…). Como sou bem atrapalhada com leituras e resenhas, não deve ser novidade falar que eu o li ainda em janeiro, mas só agora posto o que achei para vocês.

Observação: Segundo livro de três, ou seja… pode conter SPOILERS! Mas estou tomando os remédios normalmente, então eu provavelmente vou me conter. rs

O_REI_FUGITIVOSinopse: Algumas semanas após Jaron assumir o trono de Carthya, uma tentativa de assassinato o leva a uma situação mortal. Rumores de uma guerra iminente atravessam as muralhas do castelo, e Jaron sente a pressão aumentar. Logo fica claro que abandonar o reino pode ser sua única esperança de salvá-lo. Conforme suas aventuras o levam a territórios desconhecidos e perigosos, Jaron precisa aprender a distinguir os amigos dos inimigos e decidir em quem ele pode confiar – se é que pode confiar em alguém. Mas, quanto mais Jaron é forçado a fugir de sua verdadeira identidade, mais ele se pergunta se está indo longe demais. Será que algum dia ele poderá voltar para casa? Ou terá que sacrificar a própria vida para salvar o reino? Fonte

Nossa, eu direi isso sempre, mas como é difícil começar a resenha de um livro que a gente gostou! A minha primeira intenção é contar logo tudo o que acontece, sem esquecer os detalhes, mas aí lembro que prometi que tenho que me controlar com os spoilers… Argh!

Enfim, de volta ao lugar que considerava seu lar, o príncipe Jaron encontra dificuldade  em governar o seu reino, principalmente porque os membros do Conselho não confiam plenamente em sua capacidade de governar e ele mesmo começa a duvidar de si mesmo quando se compara com seu pai ou com seu irmão, principalmente quando sabe que suas decisões, embora necessárias, podem não ser as melhores.

Embora tenha essas questões mais filosóficas, o livro continua recheado de ação do começo ao fim. Como é explicado na sinopse, Jaron sofre um atentado pelas mãos de alguém que ele queria como amigo e agora os conselheiros o convenceram a se refugiar em outro local, o que para Jaron é uma grande afronta. Mas enfim, ele concorda em sair do palácio…

… Mas não conta aos conselheiros para onde exatamente ele pretende ir. Claro, não poderia esperar menos de Jaron.

Como eu disse, Jaron se recusa a ir para o local indicado por seus conselheiros e chefe da guarda e, como ele é uma pessoa extremamente paciente (só que não), ele decide ir disfarçado direto ao encontro daqueles que ameaçam seu país, principalmente caso se aliem a um dos países vizinhos que planejam uma invasão: os piratas.

Nesse livro nós podemos ver como Jaron age na arte da improvisação. Ele não tem um plano propriamente dito quando vai ao encontro de seus inimigos. O único plano dele é permanecer vivo para lutar. Ele também tem várias surpresas e nós somos coroados com a presença de personagens antigos e novos que dão o que falar.

Jaron sempre tem uma carta na manga – e  é isso que eu gosto nele. Eu já comentei na primeira resenha que ele narra em primeira pessoa a história, mas ele não entrega todo o ouro. Ele nunca revela o que está pensando por completo. Justamente por isso temos sempre um elemento surpresa – e nesse livro nem sempre o elemento surpresa veio de Jaron – , o que faz você ficar na expectativa do que vai encontrar no próximo capítulo.

A leitura continua rápida e fluida, é um livro de aventura para ninguém botar defeito. Tem um clima romântico aqui e ali, e acaba que ficamos também com o coração partido com os rumos de determinados acontecimentos.

Recomendo muito a leitura, para muitos autores que erram feio no segundo livro de uma série, eu fico feliz em dizer que não foi o caso com O Rei Fugitivo.

Esse livro foi gentilmente cedido pelo Grupo Editorial Record para resenha.

record

Ficha técnica:

Nome: O Rei Fugitivo
Autor: Jennifer A. Nielsen
Páginas: 282
Editora: Verus
Onde comprar: Livraria Cultura /Livraria Cultura (e-book) / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Dâmaris Carvalho Lima disse:

    A história do livro me chamou muito atenção, acho que vou ler ele!
    Só uma dúvida, o gênero do livro é aventura ou fantasia?

  • Lucy disse:

    Oi, Dâmaris! O gênero é ação, que se passa em um reino fictício. Leia! Eu recomendo!
    Bjos

  • Marília Sena disse:

    Desde que eu vi a resenha O Falso Príncipe (aqui, se não me engano) eu fiquei com vontade ler. A história, o gênero, tudo fascinante… E é ótimo saber que a série não tem o carma do “segundo livro mal escrito” 😉

  • Lucy disse:

    Oi, Marília! Eu fiquei bastante receosa com esse carma, mas simplesmente adorei! Acho que você vai gostar também.
    Bjos!

  • JOICE SILVA disse:

    NOSSA QUE LIVRO,ME APAIXONEI TEM MISTÉRIO, E UM LIVRO QUE MARAVILHOSAMENTE PRENDERIA A MINHA ATENÇÃO.MUITO BOM MESMO.

  • Lucy disse:

    Oi, Joice! Espero que você tenha oportunidade de ler e espero que goste! 😉
    Bjos

  • Jéssica Castro Paim disse:

    Adorei a resenha, aliás todos os livros que vejo aqui que são cinco estrelas eu dou um jeito de colocar na minha lista de leituras para 2014, claro que não vou conseguir ler tudo, mas esse realmente me encantou, vou começar lendo o primeiro claro mas não vejo a hora de começar o segunda ja!

  • Lucy disse:

    Oi, Jéssica! Obrigada!
    O primeiro também foi cinco estrelas! hahaha Espero que você consiga encaixar os dois na sua lista desse ano, valem a pena!
    Bjos

  • Julliany disse:

    Muito bommm, é sempre assim né, o segundo livro é dificil sair tão bom quanto os outros. Mas o pior é quando isso acontece com o último, como em 16 luas, são livros, os 3 primeiros me apaixonei, já o ultimo x.x
    Enfim, ainda não li o primeiro livro, mas gostaria de ler, porque não leio muito livros que giram em torno de principes e reis, prefiro romances e distopias. Mas esse sinceramente me chamou atenção, sempre é muito bom aquele livro que é em primeira pessoa, mas não entrega tudo o que pensa, dá um frio na barriga e uma vontade de não largar enquanto não acabar haha

  • Lucy disse:

    Oi, Ju!
    Já ouvi falar de séries que estavam indo bem e no último livro… blé! Espero que não seja o caso dessa, mas acredito que não (estou muito esperançosa mesmo).
    Quanto ao gênero, não é distopia, mas se passa em um reino fictício, talvez isso ajude! 😉
    bjos!

  • Nayara disse:

    Pode parecer loucura, mas se o livro for trilogia, saga, série… o que for, que tenha mais que 1 volume, eu já adoro! hahahaha
    E é um alívio saber que o segundo livro continua tão bom quanto o primeiro.
    Já nem preciso falar que já está na lista. Gostei da resenha.
    Beijos

  • Lucy disse:

    Oi, Nayara! Nossa, então esse aqui você vai amar! hahahah
    Obrigada! Espero que consiga ler os dois logo (e espero que goste!)
    Bjos!

  • Isa Aragão disse:

    Você deu 5 estrelas (coroa haha) para o livro então deve ser bom. E normalmente o segundo livro é chato. Então a série deve ser muuuito boa. Mais um para a minha wishlist!

  • Lucy disse:

    Oi, Isa! Realmente os dois primeiros livros são tudo de bom! Super recomendado, espero que consiga ler logo e conferir por si mesma! 😉
    bjos!

  • Nayara disse:

    Lucy, ainda não consegui comprar esse livro.
    Sofro de todo mal de leitores: ter mais livros que consegue ler e menos do que quer ter! Tenho uma pilha gigante aqui =(
    Assim que diminuí-la, vou comprar esse e o segundo volume! 😀
    Beijos

  • Lucy disse:

    Oi, Nayara!
    Isso acontece comigo também, não se preocupe que você não está sozinha nesse mundo. rsrs
    Olha, para fazer a pilha diminuir sem comprar nada é só com muito auto-controle, boa sorte! rs
    Mas se não resistir, pense pelo menos que é uma série muito legal!
    Bjos!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem