Resenha: Os Solteiros

OS_SOLTEIROSSinopse: Os Solteiros – Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso… Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens…
Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor. Fonte

Esse livro é bem no estilo de “ele não está tão afim de você” ou “Quatro casamentos e um funeral” (mas nesse caso é apenas um casamento e nenhum funeral).

A história começa com a noiva arrumando a disposição das mesas e dos convidados em sua festa de casamento. Todos tinham pares, menos cinco deles, os Solteiros do título. A partir daí, cada capítulo é narrado do ponto de vista de cada solteiro. Hannah tem a narrativa mais arrastada, porque ela sofre da síndrome da mulher abandonada (*bate na madeira*) – depois de dois anos de rompimento. Ela ainda mantém contato com Rob, que sempre gostou dela desde a época da faculdade, mas os dois não ficaram juntos porque Bee (a noiva) na época tinha uma quedinha por Rob. Vicki também é sua amiga de faculdade e sofre de depressão, se refugiando em seus romances de banca e com uma luminária de auto-ajuda. Joe é um quarentão que não gosta de compromisso e que coincidentemente já tinha conhecido Vicki e até passaram a noite juntos! Porém, ela não se lembrava de nada…

Sobre Nancy… Como não foi mencionado na sinopse, eu prefiro que vocês leiam para saber, senão é capaz de eu ser acusada de falar spoiler rs.

Enfim, a história fala do reencontro dos amigos e as confusões que podem rolar em um único fim de semana em um casamento. Claro que ninguém quer estragar o casamento de Bee, então todos tentam se comportar da melhor forma possível, ainda mais Hannah, que sofre a pressão de ser uma das madrinhas e ainda por cima sofre com o iminente reencontro com seu ex-namorado e a atual dele. Por causa disso tudo, ela está a um passo de uma crise nervosa, a menos que receba o apoio de Vicki e Rob (que na verdade quer evitar ir ao casamento) e uma das madrinhas que lhe oferece gentilmente dois comprimidos inocentes…

Embora a história tenha narrativa de vários pontos de vista, os personagens que receberam mais destaque foram Hannah e Vicki – e, entre as duas, Hannah. Não sei se por Hannah ter uma carga melodramática maior que os outros personagens, mas talvez por Hannah, uma diretora de elenco, ficar imaginando quais atores ela vai escalar para fazer o filme sobre sua vida. Já Vicki, tenta pensar em como sua vida chegou aonde chegou: uma pessoa um tanto solitária por morar em um lugar longe dos amigos e um emprego tedioso.

Pouco falei de Joe, não é? Joe na verdade é tio de Bee e gostou de ter reencontrado Vicki, embora ela não o reconhecesse. Mesmo assim, ele começa a fazer planos para aquela noite e o fim de semana, que promete ser… no mínimo surpreendente. Já Rob, dividido entre ficar cuidando de sua cadela epiléptica e ir ao casamento, passa a refletir como seria seu reencontro com Hannah e se seria mesmo uma boa ideia. E já disse que não vou falar de Nancy… rs

Consegui ler o livro em pouquíssimo tempo (só não consegui postar a resenha antes, desculpa aí!), é um livro divertido e sem compromisso, mas eu esperava mais da leitura. Como comédia romântica, teve uma leve tendência ao dramalhão, com alguns exageros e tempestades em copos d’água. Mesmo assim, a leitura continua leve e recomendo para quando você sair de uma história densa e quiser relaxar, talvez passar aquela ressaca literária traumática.

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela editora Novo Conceito.

 

Ficha técnica:

Nome: Os Solteiros
Autor: Meredith Goldstein
Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Onde Comprar: Livraria Cultura / Livraria Cultura (e-book) / Amazon
Minha avaliação:

 

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Março. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Shadai disse:

    já havia lido outra resenha não muito favorável a esse livro.
    e realmente não tem nada nele que tenha despertado minha curiosidade e vontade de lê-lo.

  • Lucy disse:

    Oi, Shadai!
    Vendo pelo seu perfil (pelo pouco que te conhecemos aqui do blog), acho que esse livro realmente não é o seu estilo. Mas é assim mesmo, às vezes do nada talvez você ainda pegue o livro pra ler e acabe gostando, nunca se sabe! 😀
    Bjos!

  • Gustavo disse:

    Mesmo a resenha não morrendo de amores pelo livro, e falando que sim, ele tem pontos chatinhos, eu ainda assim tenho tanta vontade de ler ele que quase nem li a resenha para não me decepcionar kkk mas não me arrependi de ler, ao menos sei que posso não riri horrores como imaginei, e nem me decepciono tanto.

  • Lucy disse:

    Oi, Gustavo!
    Que bom que você vê o lado positivo da resenha. rsrs Verdade, não morri de amores pelo livro, mas valeu pela experiência. 😉
    Bjos!

  • Tarsila Martins disse:

    Gosto de comédia romântica, mas não gosto de coisas dramáticas demais, de uma forma desnecessária. A história não me chamou muita atenção, então não estou disposta a lê-lo por enquanto.
    Beijos!

  • Lucy disse:

    Oi, Tarsila! Aguarde para um momento que você estiver mais disposta. Algumas mocinhas de comédia romântica têm mesmo talento para o drama. rsrs
    Bjos!

  • Douglas Fernandes disse:

    De começo não fiquei muito afim de ler, mas como vc disse no final da resenha pra quem quer se distrair e relaxar é uma boa então eu me animei.. haha

  • Lucy disse:

    Oi, Douglas! Nunca se sabe, às vezes você acaba gostando mais do livro do que eu. rsrs
    Bjos!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem