Resenha: Pecados no Inverno

E mais uma vez venho aqui com minha paixão por romances de época falar de uma série que está sendo a minha segunda queridinha (porque nada supera Os Hathaways). E esse foi o melhor livro até agora!

PECADOS_NO_INVERNOAgora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução… ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor. Fonte

Essa resenha contém um pequeno spoiler de Era uma vez no Outono, mas eu deixei de forma que você pode escolher entre ler ou não.

Nesse terceiro livro de As Quatro Estações do Amor conhecemos um pouco mais da nossa querida Evie, uma jovem tímida que sofre de gagueira quando está nervosa – o que acontece com muita frequência.

Evie tem sérios problemas com sua família. Órfã de mãe e filha de um dono de uma casa de jogos, ela foi entregue para ser criada pela família materna, que só quer se apossar de sua herança quando o pai morrer, tanto que querem que ela se case com um primo desprezível. Para fugir desse destino, Evie, que não tem ilusões quanto ao amor ou matrimônio, recorre ao maior libertino de Lontres, Sebastian, Lorde St. Vicent.

Para quem não sabe quem é St. Vicent, aqui vai um pequeno spoiler. Selecione o texto se quiser ler: Ele é apresentado como um dos amigos mais antigos de Lorde Westcliff, mas no livro anterior, teve a infelicidade de sequestrar Lilian Bowan, a protagonista, para tentar se casar com ela à força. Mas Lorde Westcliff apareceu a tempo e a resgatou, casando-se com ela e dando uma bela surra em Sebastian. Pronto, passou o perigo!

Mesmo sabendo do passado promíscuo de Sebastian, Evie sabe que, como ela, ele está desesperado: Ele precisa de uma noiva rica, pois seu pai conseguiu dilapidar o patrimônio da família e uma das coisas que Sebastian menos gosta é de ser pobre rs. Pois eis que Sebastian aceita e, em pouco tempo, Evie se torna a nova Lady St. Vicent!

Agora livre de sua família, a única coisa que Evie quer é cuidar de seu pai, que está nas últimas. Sebastian, embora um libertino, tenta cuidar do bem-estar da nova esposa e se recusa a deixar que ela fique sozinha na casa de jogos. Ele toma para si não apenas a segurança de Evie, como também a direção do local. Com a ajuda de Cam Rohan (siiiimmm! O Cam de Desejo à meia-noite!♥) ele começa a colocar ordem no lugar.

Claro que nem tudo são flores para o novo casal. Afinal, embora Sebastian possa ter todas as mulheres do mundo com um estalar de dedos, ele quer apenas aquela com quem se casou e que se recusa a dividir novamente um leito com ele. Claro que, se ele cumprir um determinado acordo, Evie está disposta a ceder…

Esse foi, sem dúvida, o melhor livro da série. Eu digo isso mesmo sem ler o último, porque algo me diz que o livro de Daisy será muito mais suave. Sebastian é um homem que sabe o que quer, a não ser no quesito coração. Ele tende a não se envolver demais, por não saber lidar com perdas. É muito bom ver como ele se desenvolve e amadurece na trama, seja como um homem apaixonado e mesmo como o novo dono da casa de jogos (Cam ajuda muito nessa parte). Evie é uma jovem muito doce, porém determinada. Ela também vai desabrochando aos poucos, sem mudar completamente sua essência. Ao dar uma chance e conhecer melhor o marido, percebe que ele não é o demônio que muitos acreditam (bem, só um pouquinho rsrs).

Como fã de romances de época, essa leitura é mais do que recomendada! Acho que é até possível ler isoladamente, mas aí você acaba perdendo o fio da meada que vem dos livros anteriores. Mas a série é muito boa, recomendo também!

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

Arqueiro_parceria

 Ficha técnica:

Nome: Pecados no Inverno
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Onde comprar: Livraria Cultura / Kobo / Saraiva / Lev /Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Aline Santos disse:

    Ameeeei! Estou louca pra ler essa série por ser o gênero que eu mais gosto!
    E realmente Lisa Kleypas arrasou! Parabéns pela resenha!
    Bjs!!

  • Lucy disse:

    Oi, Aline! Obrigada!
    Espero que vc logo tenha oportunidade de ler, não vai se arrepender!
    Bjos!

  • Thais Lima disse:

    OI!
    Romance histórico é o meu gênero literário favorito e esse livro me mostrar o porque. Lisa Kleypas é uma das minhas autoras favoritas e concordo com você, o livro da Evie é com certeza o melhor. E foi uma surpresa bem vinda ver de novo personagens da outra serie dela publicada também pela arqueiro.
    Beijos!

  • Lucy disse:

    Oi, Thais! Olha a situação: essa série é a que precede os Hathaways! Mas por algum motivo, provavelmente de direitos de publicação, ela chegou depois aqui no Brasil (eu não me incomodo nem um pouco hehehe). Por isso conhecemos o Cam nessa série. Acho que quando foi lançada no exterior, ninguém imaginava que o Cam seria protagonista de um dos livros dela! (E que protagonista… *se abana* hahaha).
    Bjos!

  • Elidiane Lima disse:

    Amo de paixão a série Os Hathaways, mas confesso que o meu interesse por a série As Quatro estações do amor só começou a ser despertado a partir do segundo livro, mas só depois do lançamento de Pecados no Inverno decidi ler a série… Só não sei se vou conseguir simpatizar pelo Sebastian, não gostei da atitude que ele tomou no livro anterior, mas só mesmo lendo pra saber…

  • Lucy disse:

    Oi, Elidiane! Sinceramente, o primeiro livro de As Quatro estações do amor é bem fraquinho. O segundo e o terceiro são os melhores. O Sebastian é o típico bad boy da época vitoriana que se redime, o melhor. rsrs Você não vai se arrepender.
    Bjos!

  • Ana Lúcia de Paula Pires disse:

    Adorei a resenha fora que Romance histórico é o meu gênero literário favorito,e esse me deixou com vontade de mais….Quero ler tudinho….

  • Lucy disse:

    Oi, Ana! Também adoro romances históricos, viraram um dos meu gêneros favoritos! rsrs Leia sim! Garanto que vai adorar! E ainda recomendo Os Hathaways!
    Bjs

  • Rônida Lorenzoni disse:

    Mesmo que já tenha lido livros parecidos, os de época me cativam cada vez mais. Evie com toda sua timidez irá derreter o coração do mulherengo Sebastian, acho que será bem divertido este relacionamento.

  • Maristela G Rezende disse:

    Como disse em outra resenha, amo livros cuja história é romance de época. Achei a capa linda e pretendo ler assim que conseguir comprar os livros. Gostei da resenha.

  • rudynalva disse:

    Coitada da protagonista… tímida e gaga em uma sociedade que não perdoa, deve ter sofrido muito.
    E mesmo com a ambição de Sebastian, pelo menos deu um nome para ela e tenta protegê-la a todo custo.
    Gostei muito!
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy

  • Ana Lúcia de Paula Pires disse:

    Como disse em outra resenha, amo livros cuja história é romance de época. E como dos outros uma resenha otima…O livro que me chama a atenção pela forma com que aborda a época..

  • Aline M. Oliveira disse:

    Realmente, pelas resenhas, esse parece ser sim o melhor livro. Apesar do clichê que a gente sempre observa nesses romances, onde o casal se une por conveniência e depois acaba se apaixonando, há o desenvolvimento dos personagens, não somente amoroso, mas num âmbito maior, como pessoas. Como ele ajudando a manter e organizar a casa de jogos do pai dela e tomando conta dela. Adoraria ler!
    Bjoxx ♥

  • Hérica Lima disse:

    Acho que esse foi o livro que mais me chamou atenção! Ainda não li nada dessa série, mas tenho certeza que esse é o que vou gostar mais!
    Acho que pq a menina é tímida e tals e oferece a mão para um mulherengo que sei que depois vai se render a ela!
    Quero ler!

  • Rayssa disse:

    Amei a resenha, já que vou sim amar esse livro, querendo muiiiito ler <3

  • ELIZABETH MACHADO SALLES disse:

    Encantada com esses personagens. Fiquei empolgada pra ler. Não fazia ideia que é tão viciante assim. Ansiosa pra saber o final. Gamei.
    Beijos.

  • Carol Ordonha disse:

    Adoro quando tem crossovers entre as séries!!!

    Realmente, com exceção do último que ainda não sei o enredo, esse pareceu ser o livro mais atraente da série. Não selecionei o spoiler, mas já entendi a conexão entre o livro 2 e o 3 hahahaha
    O que mais estou gostando nessa série é que cada livro tem sua particularidade, as situações acabam deixando cada livro bem diferente um do outro.

    Beijos

  • Adriana C. Sousa disse:

    Interessante! Gosto desses desafios, e o desafio desse livro é fazer um mulherengo assumido se apaixonar pela primeira vez. Será que isso vai acontecer? Quero muito saber!

  • Carnaval Literário – Book TAG « Por Essas Páginas disse:

    […] Jenner e Sebastian, Lorde St. Vincent, de Pecados no Inverno. Eu adorei esse livro e a interação do casal. Entre tantos livros que li, acho que esse merece […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem