Resenha: Percy Jackson e os Deuses Gregos

PJ deuses gregos“Quem melhor do que Percy Jackson para contar as histórias originais dos loucos e fascinantes deuses do Olimpo? Com vocês, a mitologia apresentada por quem a vive todos os dias.

Um editor de Nova York pediu que eu escrevesse o que sei sobre os deuses gregos, e fiquei pensando:”Pode ser anonimamente? Porque não estou a fim de despertar a ira dos olimpianos de novo”. Mas, se assim eu estiver ajudando vocês a conhecer os deuses gregos e a sobreviver caso algum dia eles apareçam na sua frente, então acho que escrever isso tudo vai ser minha boa ação da semana.

Em Percy Jackson e os deuses gregos, o filho de Poseidon brinda os leitores com humor e tiradas sarcásticas ao contar sua visão pessoal da clássica mitologia grega. Não importa se você é iniciante ou profundo conhecedor do assunto, este livro vai fazer a história antiga ficar tão divertida que vai ser impossível deixá-lo de lado.”

Eu nem sei como fazer essa resenha de Percy Jackson e os Deuses Gregos, porque eu só queria escrever aqui “O QUE VOCÊS ESTÃO ESPERANDO? COMPREM LOGO!”. E FIM. Esse é um dos livros mais LINDOS que eu já toquei até hoje. Sério, eu fiquei vários minutos o admirando quando ele chegou aqui em casa. Ele é bem pesado (ele é capa dura e bem maior do que um livro normal), mas mesmo assim eu queria sair dançando com ele.

Bom, eu acho que todo mundo já conhece a premissa do livro: Percy Jackson nos conta as histórias dos Deuses Gregos. Na série protagonizada por ele, nós temos a visão moderna de vários desses mitos, mas nunca nós temos o mito completo. São sempre pedaços, uma descrição ali outra aqui – claro que em alguns casos, por causa do enredo, nós conhecemos melhor algum desses Deuses. Mas o objetivo da série Percy Jackson e os Olimpianos não é ensinar – e sim, utilizar essas histórias já conhecidas como a base para as aventuras do Acampamento Meio-Sangue.

Deuses capa

(Foto para vocês compararem o tamanho do livro!)

O livro começa com uma pequena introdução onde Percy diz que um editor de Nova York pediu para que ele escrevesse um livro sobre os deuses gregos. Ele já explica que existem diversas versões e que ele vai explicar a que faz mais sentido para ele. O livro pode ser dividido basicamente em duas partes: primeiro ele conta como o mundo surgiu e depois tem uma capítulo para cada um dos principais deuses do Olimpo.

A grande sacada desse livro é que a maior parte dos livros de mitologia são chatos se você tenta alcançar o público jovem adulto. Okay, não vou entrar aqui no mérito da discussão de que “Não devemos menosprezar a capacidade dos leitores”, porém todo mundo sabe a relutância de algumas pessoas com a leitura. Eu me lembro muito bem que na escola uma das formas que os professores utilizaram para ensinar sobre mitologia grega de uma forma mais divertida foi através do livro “O Minotauro”, da coleção do Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato. Agora imagine só você ter um livro com os principais deuses gregos de uma forma divertida de ser lida? Isso é sensacional! Eu realmente espero que ele seja usado nas escolas, séria ótimo mostrar como aprender história pode sim ser divertido. Isso é possível porque Percy conserva a sua característica princial: o senso de humor afiado. É claro que ele não se segura e faz piadas durante todo o livro! Inclusive, existem algumas frases destacadas em cada capítulo, e normalmente são frases épicas do nosso narrador favorito.

trecho deuses

O livro tem trechos tão engraçados que em alguns momentos eu não conseguia parar de gargalhar. Esse humor continua até o final porque reparem só em uma parte do posfácio do livro:

“Sei que alguns de vocês vão reclamar dizendo Ah, você esqueceu de falar do sr. Provolone, o deus dos ratos! Esqueceu de mencionar Pochete, o deus da moda brega! E por aí vai.” – página 325

É claro que em alguns momentos Percy cita alguns acontecimentos (e personagens) da sua série, mas isso não é nada que atrapalhe o leitor que não leu os outros livros do Rick Riordan.  Por exemplo, eu achei muito interessante que na maior parte dos livros, Zeus é o primeiro deus descrito, e Percy diz:

“Por que Zeus é sempre o primeiro? Sério, todo livro de mitologia grega tem que começar com esse cara. É por ordem alfabética invertida, por acaso? Tudo bem que ele é o rei do Olimpo e tal. Mas, acreditem, o ego do sujeito não precisa ficar maior.” – página 61

E ele faz na ordem que nasceram, as mulheres primeiro, e começa com a Héstia! Era claro que ele não ia começar com o Zeus, né? Ele é filho de Poseidon!

Sobre o enredo em si, não tenho o que comentar, porque mitologia é mitologia e ponto final. Mas, surpreendentemente, a história que eu mais gostei foi a do Dionísio. Ela é MUITO louca (perdão pelo trocadilho tosco, mas eu tive que fazer). Um ponto interessante é que, no final de cada capítulo, tem um gancho para o próximo deus. Isso é bom porque acaba deixando o leitor curioso, fazendo com que ele vá logo para o próximo capítulo – diferentemente de quando você encara cada capítulo como uma história separada.

E as ilustrações? As ilustrações são LINDAS DEMAIS! Todos os capítulos tem várias, e eu nem sei escolher qual a minha favorita – o livro está muito lindo mesmo! Esse é daqueles que você quer esconder em um lugar bem protegido para ele não ficar velho jamais!

primeira página

(Tem como não se apaixonar quando você abre o livro e encontra uma ilustração linda assim???)

Enfim, Percy Jackson e os Deuses Gregos é indicado para todo mundo – mesmo se você não conheça as obras anteriores de Rick Riordan! E já saiu a “continuação” desse livro que é o Percy contando a história de alguns dos Heróis! Logo logo a Intríseca deve traduzir, e mal posso esperar para ter mais um livro lindo desses na estante. E só mais uma coisa – esse livro também tem a versão digital mas eu aconselho a quem for comprar adquirir a versão física, exatamente por causa de todo o trabalho de diagramação e ilustração!

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Intrínseca

Ficha Técnica

Título: Percy Jackson e os Deuses Gregos
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 336
Onde comprar: Saraiva / Travessa /  Livraria Cultura (e-book) / Amazon
Avaliação: 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Douglas Fernandes disse:

    Eu amo essa série Percy Jackson, amo mitologia, principalemente a grega, acho as historias fantasticas, incriveis *-*
    Eu tive a sorte de ganhar esse livro em um quiz que a editora Instrinseca fez pra comemorar, na verdade poderia escolher qualquer livro da série publicado pela editora, e como eu nao tinha esse nao tive duvidas..rsrs
    O livro é lindo mesmo, fiquei admirando tbm ahahaha
    Ainda nao li, mas nao vai demorar, devo encaixa-lo em minhas primeiras leituras do ano que vem <3

  • Milena Soares disse:

    Estou doida pra ler esse livro, curto muito mitologia e escrita do Percy Jackson e essa resenha me deixou ainda mais interessada em conferi essa história.

  • Fran Ferreira disse:

    Oi Lany.
    Eu ainda não li nada de Percy Jackson, mas vi somente o 1º filme e já amei. Gosto de mitologia quando ela não é tratada como algo obrigatório de aprender. Já havia adicionado a seriem em minha lista, mas confesso não saber desses. Obrigada pela informação (vou ter que prestar mais atenção kk). A capa é linda, mas esta ilustração de abertura é perfeita.

    Bjsss

  • Julio Zudotakimo disse:

    Eu realmente amo a mitologia grega, e neste livro rick riordan (meu autor favorito) nos traz muitas histórias sobre o nascimento dos deuses e titãs, contadas nos estilo de percy(agora, nesta versão, com humor extra).

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem