Resenha: Relatos de um gato viajante

Ficha técnica:

Título: Relatos de um gato viajante

Autor: Hiro Arikawa

Páginas: 225

Editora: Alfaguara

Compre aqui

Sinopse: “O gato Nana está viajando pelo Japão. Ele não sabe muito bem para onde está indo ou por que, mas ele está sentado no banco da van prata de Satoru, seu dono. Lado a lado, eles cruzam o país para visitar velhos amigos. O fazendeiro durão que acreditaque gatos só servem para caçar ratos, o simpático casal dono de uma pousada que aceita animais, e o marido abandonado pela esposa que ama animais. Mas qual é o motivo dessa viagem? E por que todos estão tão interessados em Nana e Satoru? Ninguém sabe muito bem o que está acontecendo e Satoru não diz nada, mas quando Nana descobrir o motivo da viagem, seu pequeno coração passará por uma das mais difíceis provas de suas sete vidas. Narrado em vozes alternadas, esse romance emocionante e divertido nos mostra um jovem de grande coração e um narrador-gato muito esperto, numa amizade que desafia as fronteiras de um país e da própria vida.”

Em junho de 2019, realizei um desejo antigo: visitar o Japão. Parecia uma ideia distante, quase um sonho impossível de realizar, mas com muito planejamento, consegui passar vinte dias em Tóquio e até dei uma passadinha pelos arredores. Durante a longa, longa viagem de avião até lá, assisti a um filme lindo que ainda não conhecia (e derramei muitas lágrimas – ainda bem que as luzes estavam apagadas!). A obra se chamava Tabineko ripôto, em japonês, e As aventuras do gato viajante (em tradução livre).

~ Dica: acompanhe nosso Instagram e fique por dentro das resenhas e indicações em primeira mão! ~

No filme, que só depois fui descobrir ser adaptado do livro da autora Hiro Arikawa, uma gata chamada Nana sai numa viagem pelo Japão de carro com seu tutor, Satoru. Por algum motivo desconhecido, ele está procurando um novo dono para a gata, apesar de amá-la muito; porém, Nana não quer trocar de humano e fará de tudo para permanecer ao lado de Satoru.

Apesar de já saber o final por causa do filme, quando descobri o livro (no Brasil, editado pela Alfaguara, selo da nossa parceira Companhia das Letras), quis lê-lo imediatamente. A única diferença entre as duas obras é o fato de que, no filme, Nana é uma gata fêmea, enquanto no livro, é um gato macho, mas posso dizer que isso não influencia nenhuma das duas obras, as duas maravilhosas do início ao fim.

Grande parte do livro é narrado pelo próprio Nana, o gato, e são as partes mais deliciosas e divertidas, que dão um ar de leveza e humor ao livro (mesmo assim, no final, são os momentos narrados pelo gatinho os que mais fazem o leitor soluçar de tanto chorar). É incrível como a autora conseguiu captar a essência felina, com falas aguçadas cheias de um humor ácido e, ao mesmo tempo, encantador, típico de um bichinho desses. Quem já teve ou tem um gato sabe. Certeza que Hiro Arikawa deve ser uma cat person (ou em bom português, uma gateira!).

Intercaladas com as narrações de Nana, temos a visão dos entes queridos que Satoru visita durante a viagem: o amigo de infância com problemas no casamento e para lidar com o pai idoso, o amigo da adolescência fazendeiro que acha que os gatos só servem para caçar ratos, o casal de amigos da escola e da faculdade que possuem um hotel que aceita animais e uma história inacabada com o protagonista, e finalmente a tia de Satoru que cuidou dele. Cada um narra ao leitor um pouco do seu passado com o personagem, e cada história é mais comovente que a outra. E, em meio às histórias, há as já mencionadas e divertidas narrativas de Nana e seus comentários super sinceros a respeito dos humanos.

Relatos de um gato viajante é um livro doce, sensível e emocionante sobre a amizade entre um gato e um humano, e os caminhos tortuosos e indecifráveis da vida. Em meio às lindas paisagens do Japão, um homem e um gato vão explorar muito mais que estradas e montanhas, vão também fazer uma viagem através de histórias e encontrar o sentimento mais profundo dentro de si mesmos.

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela editora Alfaguara, selo da Companhia das Letras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Larissa Dutra disse:

    Olá, tudo bem? Nossa, esse livro deve ser maravilhoso! Não conhecia a obra, mas fiquei bem curiosa para ler, pois parece ser mesmo uma obra linda e emocionante. Adorei a resenha e dica, já quero!

    Beijos,
    Duas Livreiras

  • Debyh disse:

    Ah que lindo! Parece ser um livro bem emocionante daqueles que você chora sem perceber rs. Não sou gateira, mas amo bichinhos no geral e eu acho que iria gostar também.

  • Rayanni Araujo disse:

    Não conhecia a obra mas fiquei bem interessada e curiosa com a premissa e principalmente com a sua resenha!
    As fotos estão lindas ♥

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem