Resenha: Ruínas do Tempo

Eu recebi esse livro da Record já tem um tempinho, mas foram acontecendo mil e uma coisas que não consegui ler antes. Infelizmente, também o peguei em uma época não muito propícia, porque eu tive que interromper a leitura várias vezes por motivo maior e acho que isso fez com que perdesse um pouco o brilho, e já explico por quê.

RUINAS_DO_TEMPOSinopse: Ano de 1962. Em um trecho rochoso do litoral italiano, um jovem dono de hotel olha para as águas incandescentes do mar da Ligúria e vê uma aparição; uma bela mulher se aproximando em um barco. Ele então descobre que se trata de uma atriz, uma estrela americana, e que ela está morrendo. A história dá um salto e recomeça nos dias atuais, a meio mundo de distância, quando um idoso italiano aparece em um estúdio de cinema procurando pela misteriosa mulher que ele viu pela última vez em seu hotel décadas atrás. O que se desenrola a partir daí é um romance que abrange cinquenta anos e algumas vidas. Da filmagem de ‘Cleópatra’ à agitação do Edinburgh Fringe Festival, o autor nos apresenta um emaranhado de vidas de uma dúzia de personagens – o apaixonado dono de hotel italiano e seu amor desaparecido; o conservado produtor que outrora conseguiu juntá-los e sua jovem e idealista assistente; o veterano do exército que se tornou escritor e o libertino Richard Burton, cujas vontades são responsáveis pelo desenrolar de toda a narrativa – ao lado dos amantes e sonhadores, celebridades e perdedores que povoam o mundo nas décadas que se seguem. Fonte

O livro conta a história de Pasquale, um italiano que em 1962 mora em Porto Vergogna, uma pacata e minúscula vila italiana litorânea. Quando a jovem atriz Dee Moray chega à ilha dizendo que está morrendo, ele percebe mudanças em sua vida. Cinquenta anos depois,  Claire, assistente-chefe  de desenvolvimento de Michael Deane, um famoso produtor cinematográfico, recebe a visita de Pasquale Tursi, querendo saber o paradeiro de Dee Moray.

A partir daí, passamos a conhecer um pouco mais a história de Pasquale e de todos os envolvidos e como a vida desses personagens foi afetada por uma informação e como essas pessoas seguiram sua vida depois disso.

O livro é muito bom, muito bem escrito. A narrativa é com detalhes e confesso que não é um livro para se ler com pouca atenção devido aos detalhes. Pois é, meu problema foi esse, porque estou passando por uma fase complicada aqui na vida do outro lado da tela (não exatamente eu, mas que me afeta diretamente) e aí… eu tive que retornar várias vezes para o começo de um mesmo capítulo para conseguir ler e isso triplicou meu tempo de leitura, além de ter me esgotado um pouco e então eu precisava parar novamente a leitura.

E isso foi o que mais me chateou, porque a história de Pasquale e Dee é linda. Não mostra uma paixão arrebatadora, mas mostra simplesmente a vida dessas pessoas, seus amores e dissabores, um amadurecimento incrível e completamente real. Você consegue ver a expressão dos personagens e sentir todas as suas emoções, decepções – porque o livro é cheio delas, e quer saber o que acontece, torce para o reencontro. O final chega a ser irônico, ao mesmo tempo é lindo e triste. Acabei me emocionando um pouco e digo que esse livro vai para a minha lista de releitura, para quando eu estiver mais na vibe de romance desse tipo.

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pelo Grupo Editorial Record.

record

Ficha técnica:

Nome: Ruínas do Tempo
Autor: Jess Walter
Páginas: 364
Editora: Verus
Onde comprar: Livraria Cultura
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Karen disse:

    Que pena que você não tava em um momento bom para ler esse livro, Lu. Mas isso acontece. Tem livros que pegam a gente no momento certo, outros não… Mas releia-o sim! A história parece muito bonita.

  • Lucy disse:

    A história é, mas sabe quando você não consegue aproveitar direito? Foi bem assim…
    Vou reler sim, assim que tiver chance.
    Bjos

  • Shadai disse:

    Você tocou num assunto importante nessa resenha: vibe de leitura
    Tem livro que por melhor que ele seja, se lido numa época “errada”, a gente acaba lendo de uma forma não tão agradável, meio dispersa, e assim não aproveitando tão bem – pelo menos, comigo é assim: tem fases que preciso de livros fáceis rápidos então se tentar ler algo denso complicado a leitura fica extremamente chata mesmo que seja uma história super interessante que eu goste.
    Quanto ao livro resenhado:
    parece bom, gosto desse tipo de história, romance adulto realista.

  • Lucy disse:

    Nossa, Shadai! Foi bem assim que me senti! Eu estava mesmo na fase de livros rápidos (ou de “zero” livro”) e aí não consegui aproveitar.
    Recomendo o livro, de qualquer forma. Acho que você vai gostar. :)
    Bjos

  • Jullyane Prado disse:

    Poxa Lucy tem livros que a gente não está bem preparada pra ler eles, já aconteceu comigo!! Fiquei encantada com esse livro!! Parece ser daqueles livros que nos transmite muita reflexão, mostrando o amadurecimento das pessoas e como a vida as vezes é cruel! rsrs. Gostei muiiito da capa e quero muito ler esse livro! Beijos!

  • Lucy disse:

    Oi, Ju!
    Recomendo muito a leitura, é bem realista – embora não seja baseado em fatos. rsrs
    Bjos!

  • Caroline Centeno disse:

    Sinceramente eu conversei com uma colega de sala de aula que terminou a leitura desse livro,só que a história ficou confusa e meio sem graça. Até tentei gostar ao ler a sinopse na saraiva e ainda sim continuei desanimada por isso mesmo com sua resenha senti que esse livro não iria me aproximar…Enfim, pelo menos a capa é muito linda xD

  • Lucy disse:

    Oi, Carol!
    Caramba, é mesmo? Bem, posso dizer que o livro é realmente denso e tem que estar no clima para a leitura. Quem sabe no futuro você não reconsidere?
    A capa é linda, sim! Adoro!
    Bjos

  • Isa Aragão disse:

    Esse livro é lindo lindo e lindo, sem mas. É o tipo de livro que não tem como não se apaixonar. Recomendo muito. E leia de novo, você vai se apaixonar mais e mais <3

  • Lucy disse:

    Oi, Isa! Pode deixar que já está na lista de releituras. rsrs
    Bjos!

  • Jessica Lisboa disse:

    Faz um tempo que quero esse livro, o enredo me pareceu otimo sem duvida nenhuma! ♥

    xx

  • Lucy disse:

    Oi, Jéssica! o enredo é bom mesmo, recomendo. ^^
    Bjos!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem