Resenha: Sedução ao Amanhecer

SEDUCAO_AO_AMANHECERSinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à França, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca… e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida? Fonte

Esta resenha contém spoilers de Desejo à meia-noite, mas nada que possa atrapalhar a leitura, já que são histórias diferentes, embora sequenciais.

Como vocês devem lembrar na resenha de Desejo à meia-noite, a família Hathaway é composta por cinco integrantes e cada livro conta a história de um deles. No segundo livro encontramos a doce Win e o rústico Merripen e seus encontros e desencontros. Para quem leu o primeiro livro, sabe que Merripen não deu lá uma boa impressão, por ser muito carrancudo. Pois é, nesse livro teremos muito desse temperamento carrancudo, mas também adorável.

Merripen era um homem da natureza, gostava do contato com a terra e de ter o céu como teto.

Logo no início vemos Win de partida para a França com Leo, lorde Ramsay e seu irmão. Ela vai em busca de tratamento para seus pulmões, muito prejudicados pela escarlatina, o que a tornou quase uma inválida. Como toda a jovem, ela sonhava em poder dançar e ter uma vida normal: se casar e ter filhos. Apaixonada por Merripen, ela decide fazer esse tratamento acreditando ser a única coisa que a impedia de tê-lo.

– Estou correndo atrás de você, e da vida, numa busca desesperada. Meu sonho é que um dia vocês se deixem alcançar.

A história de Leo está vinculada à de Win e Merripen, já que os dois contraíram escarlatina e foi graças a Merripen que sobreviveram. Por sorte, Leo não teve sequelas físicas, mas as emocionais podemos conferir no primeiro livro. A história de Cam Rohan, nosso protagonista masculino do primeiro livro e marido de Amelia, também está vinculada à de Merripen, uma vez que os dois possuem a mesma tatuagem – um pooka, um cavalo alado negro. Por causa dessa coincidência, Cam insiste em procurar sua tribo , o que irrita ainda mais Kev, que teve uma infância muito traumática até ser resgatado pelos Hathaways.

A história dá um salto de dois anos, quando Win retorna da França. Até aí, a propriedade dos Ramsay progrediu graças aos esforços de Merripen, que trabalhava para ocupar sua mente chedia de saudade. Win, ao retornar, decide tentar conquistar Kev, mas não entende por que ele a rejeita, já que no fundo sabe que ele a ama. Até que ela começa a pensar que talvez, apenas talvez ela devesse considerar a corte que o Dr. Harrow faz a ela, o que enfurece Merripen ainda mais.

E se durante a infância você tivesse aprendido que a única razão para sua existência era causar dor aos outros? E que você nasceu para agir com violência? Como desaprender esse tipo de coisa?

Eu acho que esse livro foi o mais romântico de todos da série. Talvez seja um páreo duro com o livro de Beatrix, mas a profundidade dos sentimentos de Merripen é de arrepiar os cabelos. Pode-se dizer que esse livro é quase como um A bela e a fera, uma vez que por um lado temos a doce Win, no início frágil, mas que se torna mais forte para ir em busca de seu amor e, por outro, temos Merripen, um jovem que foi criado para ser um verdadeiro “cão de briga”, sem noção de carinho ou afeto. Quando seus caminhos se cruzam, ainda crianças, Kev já sabia que não conseguiria amar ninguém mais além de Win, mesmo que nunca pudesse tê-la, tanto por sua origem e condição social ser um empecilho, quanto pelo temor de machucá-la com seus modos rudes e quase selvagens.

Amava Win além da terra, do céu ou do inferno. Cada momento longe dela era agonia; cada momento com ela era a paz que jamais conhecera.

A leitura continua sendo uma delícia, Lisa Kleypas consegue nos cativar com sua escrita, sem enrolações e ainda com toques de humor, muitos deles protagonizados por Leo e seu sarcasmo inteligente. Além disso, os fatos são intercalados de forma muito convincente, tudo é perfeitamente encaixado e sem deixar pontas soltas – pelo menos nenhuma envolvendo os protagonistas da história.

Nesse livro também somos apresentados à Catherine Marks, a governanta e que ensinava bons modos para Beatrix e Poppy, para tentar ajudar as duas a se portar de forma convincente na sociedade e assim abrir portas para bons casamentos. A antipatia entre ela e Leo é imediata, o que nos faz prestar mais atenção a essa dupla.

Leitura mais que recomendada. Não recomendo ler antes de Desejo à meia-noite, por ter fatos sobre Merripen a serem considerados.

Ficha técnica:

Nome: Sedução ao Amanhecer
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 256
Editora: Arqueiro
Onde comprar: Livraria Cultura (e-book) / Amazon
Minha avaliação:

 

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Fevereiro. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Daniella Alves Vale disse:

    Sou suspeita para falar dessa série. Comprei por causa das capas e me apaixonei pela história. Terminei de ler o ultimo livro a duas semanas.

  • Lucy disse:

    Oi, Daniella! Realmente, a gente acaba se apaixonando pela série, não tem jeito. rsrs
    Bjos!

  • Cristiane Dornelas disse:

    Amei a leitura e só posso dizer coisas boas do livro, é muito gostoso de ler. Concordo que foi o mais romântico da série, o amor deles tem mais tempo, mais história. Achei tão lindo! A autora fez maravilhas com essa série.

  • Lucy disse:

    Oi, Cristiane!
    É verdade, o amor dos dois tem mais tempo e história e dá um aperto quando Merripen não tem esperança e eu ficava muito aflita!
    Espero que a autora prossiga dessa forma nas demais séries, porque essa foi primorosa!

  • Vitória Pantielly disse:

    Oi Lucy :D

    Ainda não li nenhum livro da série, então me senti um pouco perdida na resenha, mas ainda assim consigo imaginar o quanto a hstória de amor desses dois é linda. Gosto quando os autores nos conta a história do protagonista, acho que assim conseguimos entender melhor o sentimento deles. Sobra a narrativa da Lisa Kleypas, bem, os elogios são tantos que me deixaram curiosa. Já esta na minha lista de desejados, aliás, a série toda, rs!

    Beijos.
    http://passeandocomoslivros.blogspot.com.br/

  • Lucy disse:

    Oi, Vitória! Super vale a pena a leitura, eu recomendo pra você! A história é toda muito bem contada e repito que vale a pena!
    Bjos

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu nao li nenhum livro dessa série, mas de tanto que vejo todos falando bem ta me deixando mega curioso, mas nao tenho nenhum dos livros da serie aqui, o problema é que quando sobra algum dinheiro eu acabo comprando um livro que to muito afim, mas espero algum dia começar a ler essa série.

  • Lucy disse:

    Oi, Douglas! Dá uma economizada, quem sabe você consegue comprar e ler… hehehe
    Bjos!

  • Resenha: Casamento Hathaway « Por Essas Páginas disse:

    […] resenha contém spoilers de Sedução ao Amanhecer, especificamente. Mas, sinceramente, o título já é o spoiler em si, então leiam sem […]

  • Queridinhos do mês: Família Hathaway « Por Essas Páginas disse:

    […] família, já que assumiu o papel de líder da tribo desde o início. Merripen vem em seguida, em Sedução ao amanhecer, quando descobrimos toda a sua história e seu amor por Win. Em Tentação ao Pôr do Sol, […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem