Resenha + Sorteio: A Grande Caçada


Algo em A Grande Caçada me atraiu. Não foi a capa – que não gostei, apesar de a edição da Seguinte ser, como sempre, extremamente cuidadosa, cheirosa, deliciosa de tocar e tudo mais. Mas a sinopse me pareceu muito interessante e diferente e, além disso, o livro deu origem a um filme estrelado por Samuel L. Jackson, o que me pareceu um bom prenúncio. No entanto, a palavra para esse livro é morno. Extremamente descritivo, não há como dizer de outro jeito: A Grande Caçada é um livro muito sem graça.

A_GRANDE_CACADA“Num vilarejo remoto na Finlândia, todos os garotos devem passar por um ritual de caça em seu 13º aniversário, simbolizando a entrada na vida adulta. Agora é a vez de Oskari enfrentar uma noite sozinho na floresta — um desafio bem assustador, considerando que o garoto não é muito forte e o arco de caça cerimonial é grande demais para o seu tamanho. Durante sua aventura, Oskari testemunha cenas estranhas pela floresta, como a queda de um avião. Tudo começa a fazer sentido quando ele encontra uma criatura estranha no meio dos escombros: o presidente dos Estados Unidos. A aeronave havia sido sabotada por terroristas que empreendiam uma
verdadeira caçada a um dos homens mais poderosos do mundo. Será que Oskari terá coragem e inteligência suficientes para salvar o presidente e a si mesmo?” Fonte

Demorei muito mais do que deveria para ler esse livro. Ele tem apenas 272 páginas em uma diagramação larga e confortável, mas parecem muito mais. Isso porque esse livro não caminha – se arrasta.

A Grande Caçada nos apresenta o menino Oskari, que vive num vilarejo remoto, além do círculo polar; lá, todos os meninos passam por um ritual ao completarem 13 anos de idade: um menino entra na floresta, mas é um homem que sai dela. Os garotos precisam caçar algum animal e trazer sua cabeça; o troféu mostrará a todos na vila quem aquele menino, agora um homem, será na vida. Corajoso, forte, inteligente, esperto? O animal, ou melhor, a floresta, dirá.

Oskari tinha tudo para ser um protagonista daqueles que a gente torce e quer abraçar. Ele é inteligente e muito, muito corajoso, mas se sente inseguro e fraco, pois não é como os outros meninos; é pequeno e não consegue lidar muito bem com o arco tradicional da aldeia. Para piorar, seu pai trouxe um urso quando fez o ritual e é considerado o homem mais forte do grupo, e obviamente Oskari viveu toda sua vida à sombra do grande feito do pai. Mesmo assim, ele entra na floresta, munido de um arco, alguns mantimentos que o pai lhe deu e sua esperteza. Mas a floresta é mais sábia e lhe entrega um outro tipo de desafio. O presidente dos Estados Unidos.

Um avião cai na floresta, e dentro dele Oskari encontra… sim, ele mesmo, o presidente! Mas ele está sendo perseguido por mercenários que querem matá-lo e cabe ao menino protegê-lo. É dessa maneira que começa uma aventura e também uma improvável amizade.

grande_cacada

O livro tinha tudo pra ser ótimo, certo? E, de fato, essa é uma aventura criativa e tocante, mas não tocante o suficiente, não inspiradora o suficiente. Falta emoção na narrativa. O autor se apega muito aos detalhes, deixando de lado os sentimentos. Só depois de muito tempo que ele melhora isso, sensivelmente, mas aí já é tarde para o leitor se apegar aos personagens. Há um excesso cansativo de descrições, e por muito, muito tempo, Oskari fica sozinho na floresta; por isso, o livro carece de diálogos, de entrosamento entre personagens e, por consequência, de evolução dos mesmos. Sim, ela acontece, mas parece brusca, apenas da metade para o final. Há apenas duas cenas que realmente senti algo no livro, e de alguma maneira faltou um sentimento real de perigo, a tensão da página seguinte.

Foi tudo tão sem tempero que eu nem sabia como vir aqui escrever essa resenha. A escrita foi descritiva e fria demais para me envolver durante a leitura. Com, talvez, a exceção de Oskari, os demais personagens são rasos, previsíveis. Há algumas sequências de ação que empolgam, mas não são suficientes para criar uma tensão palpável, do tipo que esse livro deveria ter. Uma história que tinha potencial, mas foi mal executada. Um livro que não marcou e que dificilmente será lembrado.

Livro gentilmente cedido para leitura e resenha pela Editora Seguinte!

Ficha Técnica

Título: A Grande Caçada
Autor: Dan Smith
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 272
Onde comprar: SaraivaLivraria Cultura / Livraria Cultura(e-book)/ Amazon
Avaliação: 

banner_cacada

Que tal um sorteio? Tirem suas próprias conclusões sobre a história! Para participar basta comentar de forma pertinente aqui na resenha, ou seja, não vale “participando” ou “gostei” ou nada disso, certo? Leiam a resenha! Sejam criativos e especiais! ;) E pra quem comentar, tem outras chances para participar também! O sorteio vai até o dia 10/07!

a Rafflecopter giveaway

Regras Gerais

– O sorteio vale de hoje 10/06/2015 até o dia 10/07/2015;
– O envio do prêmio será realizado pela equipe do Por Essas Páginas em até 30 dias;
– Caso o ganhador não responda ao nosso contato em 48 horas, o sorteio será refeito;
– É preciso ter um endereço de entrega no Brasil;
Não serão aceitos perfis fakes/criados somente para promoções;
Não serão aceitos comentários nas postagens que não sejam com conteúdo pertinente a elas;
Não serão aceitos comentários copiados de outros blogs e/ou resenhas;
– A promoção é válida em todo território nacional, exceto para a equipe do blog Por Essas Páginas.

~RESULTADO~

resultado_grandecacada

Parabéns, Jaqueline Felix! Nós já entramos em contato com você, por favor, responda nosso e-mail em até 48 horas com seu nome e endereço completos para realizarmos o envio do prêmio, caso contrário realizaremos novo sorteio. Caso não tenha recebido o e-mail, por favor entre em contato no contato@poressaspaginas.com ou poressaspaginas@gmail.com.

Querem mais promoções? Então participem das que estão rolando por aqui!

Sorteio Caixa de Pássaros (até 08/08)

Concurso Cultural A Lista (até 02/07)

Sexta do Sebo #124

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Gustavo disse:

    Não me interessei por esse livro desde que vida a capa e a sinopse. A capa é feia, e a sinopse me dizia que não ia ser um livro dos melhores, principalmente por um menino de treze anos ser o bam bam bam e ter que proteger sozinho o presidente. Achei muito fantasioso, mesmo que o tipo de criação dele tenha sido diferente, ainda assim não é como se ele fosse o indestrutível melhor que um monte de guardas pessoais. Enfim, depois da sua resenha fico feliz pela minha primeira impressão ter sido ao menos um pouco certa.

  • Douglas Fernandes disse:

    Realmente tem tudo pra ser um livro bem interessante e é o estilo que me atrai, mas te entendo quando diz que sentiu falta de dialogos, tem livros mesmo que sinto isso e prejudica e leitura, fica chato mesmo, mas acho que desse vou preferir só assistir ao filme mesmo… hahaha

  • Shadai disse:

    Um dia eu assisto o filme, provavelmente. Mas, quanto ao livro, sua resenha tratou de não me empolgar para comprá-lo.
    Se eu ganhar lerei, claro! Sabendo ser só uma história mais de ação do que de sentimentos. E, espero não ter essa péssima sensação de “que livro comprido”, mesmo não o sendo.

  • Marie dos Santtos disse:

    Bom você achou o livro sem graça! Pelo que li na resenha eu até que gostei, o livro tem que ser bem ruinzinho para eu não gostar!! Não sou a favor destes rituais, mas respeito! Também acho que a resenha me lembrou um filme e você acima diz que ele deu origem a um filme!! Torço para Oskari que tenha muita força e coragem e consiga fazer o tem que ser feito!! Participando e torcendo!
    Marie dos Santtos
    mariedossanttos@hotmail.com

  • Aru disse:

    Que pena que o livro é arrastado. Pelo resumo que vc postou ele poderia ter sido muito dinâmico, ainda mais com o presidente dos EUA como um dos personagens principais.

  • Resultado: Promoção Sombras Prateadas « Por Essas Páginas disse:

    […] A Granda Caçada […]

  • Suzzy Chiu disse:

    Realmente a sinopse está bemmm interessante, acho que leria o livro se tivesse apenas lido a sinope, mas a sua resenha me desanimou hein?! hehe…
    Livros de ação e aventura que nao tem ação é osso de encarar, falta de dialogos e excesso de detalhes realmente deixa a leitura arrastada, eu acabo pulando partes só para saber oq vai acontecer no final.
    Também nao gostei muito da capa, achei estranha.
    Não lembro do filme, acho que vou tentar ver antes de ler o livro para ver se é bom pelo menos.

  • Zilda Rosa dos Santos disse:

    Tadinho do Oskari, sozinho no meio da floresta e tendo que cumprir um ritual!! E de repente um avião cai e surge a oportunidade dele ser um herói, ou seja, salvar a sua vida e a do presidente dos Estados Unidos!! Massa!! Participando e torcendo muito!!
    Zilda Rosa dos Santos
    zildarosadossantos1@hotmail.com

  • Andressa Bernardes disse:

    Eu não conhecia o livro, na realidade nunca tinha reparado nele e pelo que você escreveu tinha tudo para ser bom, achei um pouco exagerado,precisava ser logo o presidente? Uma pena que o autor não tenha conseguido desenvolver.

  • Francisca Elizabete disse:

    Oskari tem um grande desafio pela frente, ou melhor dois desafios, que é o de cumprir o ritual e o de salvar a sua vida e a do presidente dos Estados Unidos!! Será que eles conseguirão sobreviver em meio a floresta e aos ataques dos terroristas?! Participando e torcendo muito para ganhar!
    Francisca Elizabete
    beti_bezerra@hotmail.com

  • Tieli Milli disse:

    É como vc mesmo disse a capa também não me agradou muito não mas o livro parece se tratar de um assunto muito interessante que e a vida de uma criança que quando sair da floresta sera um adulto, tenho curiosidade em saber como estes rituais acontecem então ficaria grata em o ler..

  • Ingrid Sodré disse:

    Olha só! Não conhecia o livro e muito menos que tinha uma adaptação. Eu gostei da sinopse, ela é bem instigante. A única coisa que não me agradou muito e que citou na durante a resenha, é o fato de ter poucos diálogos. É realmente muito cansativo leituras que têm ausência de diálogos, mas nada que seja muito incomodo.

  • Juliana disse:

    O livro não tinha me chamado muito a atenção, mas aí quando comecei a ler a resenha pensei: uau acho que livro legal…Então prossigo na leitura da resenha e vejo que o livro é morno, falta sentimento e tal, perdi a vontade de ler de novo. Pena, dessa premissa poderia sair um ótimo livro, reflexivo, instigante…

  • Resultado: Promoção YA Folia « Por Essas Páginas disse:

    […] Sorteio A Grande Caçada (até 10/07) […]

  • Renata Olimpia disse:

    Li algo sobre o filme e pensei que seria interessante, por ser um filme com Samuel L Jackson… O livro nunca me chamou a atenção principalmente pela capa que achei meio insonsa…detesto livros que se arrastam… memória traiçoeira (Sebastian Falks) ta pela metade ha uns dois anos e não consigo terminar a leitura

  • Vivian disse:

    doida para ler!!! :)

  • Sueli Cobbos disse:

    Depois da sua resenha não sei se leria o livro. Não tenho paciência para descrições demais. Sou adepta dos diálogos. Quem sabe possa assistir o filme e acabar gostando, porque parece que do livro não vou gostar não.

  • Juliana Ferreira disse:

    Po, li a resenha e fiquei um pouco desmotivada. :/ Porém já adorei livros que a maioria detestou e já detestei livros que a maioria gostou. Vale a pena arriscar!! Participando e torcendo. (y)

  • Mell Passador disse:

    Bom a sinopse do livro me agradou, mas sua resenha desmotivou um pouco rsrs, já li muitos livros que se arrastam em muitos detalhes o que acaba tornando a leitura pedante e acabam não explorando muito os personagens infelizmente, ainda assim fiquei curiosa em ler e ter minha opinião pessoal, pois parece ser uma aventura gostosa até, vamos lá rs, participando :)
    beijoos

  • Jaqueline Felix disse:

    A capa não é muito atraente nem instigante. Mas a sinopse até que me deixou animadinha.
    Não sou fã de histórias descritivas demais, mas até dou um desconto se “os fins justificarem os meios”. Porque já tive surpresas agradáveis com livros com um início super chato, com um desenrolar morno e um final digno de nota.
    jaque_borchardt@hotmail.com

  • Top Ten Tuesday: Dez capas que eu gostaria de refazer | Por Essas Páginas disse:

    […] A Grande Caçada, Dan Smith [Resenha] […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem