Resenha + Sorteio: A Rainha Vermelha

Quando a Cia das Letras disponibilizou A rainha vermelha, eu logo me interessei. Tive a sensação de que ia gostar da história – e a capa chamou muito a atenção. Bem, eu não estava errada, realmente gostei! E agora vou contar para vocês o motivo.

A_RAINHA_VERMELHAO mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração. Fonte

Sabe quando alguém fica esnobando falando que tem “sangue azul” para se diferenciar na sociedade? Pois é, você verá muito isso nesse livro, mas com as pessoas falando que tem sangue prateado. Literalmente. Os prateados, além de ser a elite, possuem poderes que desafiam as leis da Física bem no estilo X-men. Já os vermelhos não possuem tais poderes, então são obrigados a trabalhar para os prateados em um sistema escravocrata (ou bem próximo a isso). Mal conseguem o suficiente para se alimentar e aqueles que não conseguem formação profissional ou emprego são mandados para a guerra.

É nesse mundo que vive Mare Barrow, uma jovem de sangue vermelho que é uma talentosa batedora de carteiras, “profissão” que se obrigou a praticar para conseguir algum dinheiro para sua família. Depois de um encontro inesperado, ela consegue emprego no palácio real e lá ela descobre que também tem poderes. Como isso é possível, se Mare é, sem sombra de dúvida, uma vermelha?

Para abafar o escândalo, o rei determina que Mare faça parte da corte e finja ser uma prateada. A partir daí, ela se vê infiltrada na vida do palácio contra a sua vontade, além de ser obrigada a se comprometer com alguém que nunca viu na vida, abdicando de sua família para sempre.

A história é envolvente e cativante. Mesmo a autora usando no começo um ou outro clichê, eu achei bem original, com o foco na questão política e um romance bem irrelevante, mas que dá um gostinho de quero mais. A leitura é recheada de intrigas, traição, jogo de poder, você fica sem saber quem é o verdadeiro mocinho e vilão, uma vez que a história é narrada por Mare e somos influenciados pelo ponto de vista dela. Ela tende a ser desconfiada, mas também é movida pela impulsividade, o que a faz se aliar a uma rebelião na tentativa de libertar os vermelhos. Mas quando se está muito envolvida em uma causa, é comum também confiar em pessoas erradas e ela tem que tomar muito cuidado, pois um passo em falso, uma brecha, pode ser fatal.

Eu gostei muito da personalidade da Mare. Ela pode ser irritante às vezes, mas não é chata nem cheia de “mimimi” como algumas mocinhas de outras séries. Ela tem os pés no chão, dá para perceber uma certa amargura pelo modo de vida que ela e a família levam e, por incrível que pareça, ainda consegue ser ingênua. Os príncipes, Cal e Maven, também dão seu show à parte. Cal é mais reservado em relação às palavras, sendo um ótimo guerreiro, o que me fez ficar um pouco decepcionada com ele pela sua (falta de) atitude dele, mas acho que no próximo livro ele terá um papel muito mais destacado. Maven é justamente o oposto: não é tão bom lutador como Cal, mas tem o dom da palavra e sabe usá-las para influenciar as pessoas – menos sua mãe, a odiosa rainha Elara. Arre, que mulher horrível!

A história tinha tudo (talvez ainda tenha) para ter um quadrado amoroso. Que bom que pelo menos no momento não aconteceu, já que Mare estava mais centrada na revolução. De boa, se continuar assim, está ótimo.

Depois do término do livro, cujo final foi extremamente emocionante, me restou apenas a tristeza de ter de aguardar o lançamento do próximo volume, acredito eu que será apenas em 2016.

Esse foi um dos melhores livros de 2015, recomendo a leitura sem dúvida!

Esse livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Companhia das Letras.

logo_companhia_das_letras

Ficha técnica:

Nome: A Rainha Vermelha
Autor: Victoria Aveyard
Páginas: 424
Editora: Seguinte
Onde comprar: Saraiva / Saraiva digital / SubmarinoAmazon
Minha avaliação:

E agora vamos à promoção básica, porque livro bom tem que ter promoção também!

banner_rainhavermelha
A regra obrigatória é comentar nesse post (comentário pertinente) para liberar mais opções para ganhar! Boa sorte!

a Rafflecopter giveaway

 

– O sorteio vale de hoje 21/09/2015 até o dia 21/10/2015;
– O envio do prêmio será realizado pela Editora Seguinte;
– Caso o ganhador não responda ao nosso contato em 48 horas, o sorteio será refeito;
– É preciso ter um endereço de entrega no Brasil;
– Não serão aceitos perfis fakes/criados somente para promoções;
– Não serão aceitos comentários nas postagens que não sejam com conteúdo pertinente a elas;
– Não serão aceitos comentários copiados de outros blogs e/ou resenhas;
– A promoção é válida em todo território nacional, exceto para a equipe do blog Por Essas Páginas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Alessandra Fernandes disse:

    Estou louca para ler esse livro e para começar amei essa capa. Adoro fantasia e saber que o livro nos traz tantas emoções, aumentou ainda mais minha vontade para ler. Eu achei muito interessante também, o modo como a autora demonstrou essa divisão de classes, pela cor do sangue. E a protagonista é o tipo de personagem que eu gosto, que surpreende.
    Resenha Adorável!!
    Abçs Lucy!!

  • Laís N. disse:

    Já estou ficando desesperada para ler esse livro! hahahahaha
    Só leio elogios…dando mais vontade de ler!
    Curti o “estilo X-men”. Adoro histórias nos quais os personagens possuem poderes.
    A Seguinte está de parabéns, a capa é maravilhosa!
    E por fim…viva as protagonistas sem mimimi! kkkkkkkk
    Beijoos

  • Nayara disse:

    Oi Lucy! Amei a resenha.
    Estava um pouco com um pé atrás com esse livro…. não sabia se li ou não, mas confesso que depois da sua resenha, fiquei com muita vontade de ler! <3
    (e ainda tem o sorteio! É mto amor! :D)
    Beijos.

  • Vivian disse:

    Doida para ler o livro!!! A capa realmente é sensacional!!! :)

  • Beatriz dos Santos disse:

    Posso dizer que estou apaixonada pela capa também? Me conquista livros que abordam essa sociedade dividida entre os poderosos e os que foram destinados a servir sem contestar.
    Pelo que você descreveu, acho que Mare é a mocinha-heroína que não abaixa a cabeça, e não fica esperando o príncipe em seu cavalo branco vim salva-la, parece ser mesmo uma historia envolvente.

  • Ana Maria disse:

    Estou ansiosa querendo ler esse livro.

  • Sabrina disse:

    Sua resenha me deu vontade de ler o livro! Já tinha visto a capa, e ficado meio curiosa com a sinopse, mas estava achando que, infelizmente, seria só mais um daqueles livros de romance água com açúcar, com um pano de fundo bom. Acabou de entrar pra lista!

  • Drielle Giovana disse:

    Estou ansiosa para ler esse livro tem muito tempo, mas ainda não tive a oportunidade. A história é bem o meu estilo mesmo, e adoro essa coisa meio X-men, com poderes e o livro me lembra a época medieval, mesmo que provavelmente não se passe nela.
    Enfim, acho que mesmo que tenha sofrido muito, a maldade nas elites é sempre pesada e muito suja, por isso ainda parece ingênua.
    Beijos.

  • Suzzy Chiu disse:

    Hello!

    Aiii…Rainha vermelha foi amor a primeira vista, essa capa está mtoooo linda e qdo soube que ia ter filme e corri pra comprar, pq eu queria saber de tudooo!
    Gostei demais da resenha e de como abordou o lviro, Mare me parece uma gueirreira mesmo que luta pelo seu povo, e agora que tem poderes, espero que saiba por esses prateados no seu lugar.
    Nao sabia do quadrado amoroso, hahaha! Como é isso? Mas to curiosa com tudo. Tb prefiro que o foco seja mais politico e nas tramas do que em um romance meia boca.

    Beijos.

    https://fuxixiu.wordpress.com/

  • Mayara Pinto disse:

    Um dos melhores livros que li esse ano. Simplesmente amei tudo na historia, os personagens, o jeito que a historia foi construída, nunca tinha lido nada igual apesar de ter elementos que já vi em outros livros, a Victoria soube criar algo original. A Mare é aquele tipo de heroína que dá vontade de ser um pouco como ela, e realmente espero que em “Glass Sword”, o romance entre ela e o Cal seja desenvolvido.

  • Ingrid Sodré disse:

    Confesso que uma das coisas que mais me chamou atenção nesse livro foi essa capa, que é belíssima. Essa é a segunda resenha que leio sobre a história e me despertou mais curiosidade, porque já faz um tempo que li a primeira. Eu adoro X-men, então achei interessante um enredo com personagens parecidos. Fiquei ainda mais empolgada, porque não te decepcionou. É muito ruim quando temos expectativa para um livro e ela não é alcançada.

  • Rianne disse:

    Me interessei primeiro por esse livro por causa da capa linda kk
    Mais depois li tantas coisas positivas sobre ele que me deixo muito curiosa para ler, infelizmente não tive oportunidade ainda…mas é um dos meus livros mais desejados.
    E depois de ler sua resenha só me deixo com mais vontade de ler, e ainda mais por sabe que a personagem não é cheia de “mimimi” que é uma coisa que não sou muito fã ~na verdade não tenho muita paciência com personagem chata.

    Só não gostei disso de a historia talvez tenha um quadrado amoroso que é outra coisa que não gosto. Mais com certeza eu vou ler A rainha vermelha *-*

  • Andrieli disse:

    Uaauuu que história!!! Fiquei muito curiosa pra saber como Mare vai se sair no palácio.
    Para uma fã de “A Seleção” essa é mais uma história imperdível!!
    Participando e torcendo muito pra ganhar! Bjos.

  • Douglas Fernandes disse:

    Esse livro já está na minha lista, agora vendo essa resenha só posso dizer que preciso desse livro pra ontem…rsrs
    Que bom que a Mare nao é aquele tipo de personagem chato e cheio de mimimi, já fico muito feliz por saber disso, nao tenho paciencia pra personagens assim… hehehee

  • Ana carolina disse:

    Louca por este livro, muito bem falado aqui e lá fora . A capa também é linda .
    Ótima resenha .

  • Helen disse:

    Quando vi a capa dele toda prateada/brilhante fiquei curiosa.
    Falar que é um dos melhores livros de 2015 chama muito atenção,e não é a primeira resenha que vejo cheia de elogios assim,quero ler!
    Gostei de saber que a personagem principal,a Mare,não é cheia de mimimi.

  • Paloma Monteiro disse:

    Desde o lançamento desse livro estou louca para le-lo e sua resenha só me fez ter mais vontade ainda kkk..amo distopias e essa serie parece ser incrível.

  • Gizeli Regina Meister disse:

    Eu fiquei curiosa com esse livro desde quando a editora anunciou que publicaria o título no Brasil. Achei a capa maravilhosa, fiquei extremamente interessada pela sinopse e adorei o gênero da história. Como não desejar depois desta resenha?? Impossível! <3 Espero poder tê-lo logo. Acredito que tornará um dos meus favoritos.

  • Marília Sena disse:

    Desde que fiquei sabendo do lançamento do livro estou louca para ler! A história é instigante e já fiquei contente em saber que a protagonista não é mais uma dessas clichês (ela me fez lembrar da Cia, de O teste). A sua resenha está ótima e com certeza me deixou ainda mais determinada a ler A Rainha Vermelha.
    Beijos!

  • Helio de Oliveira e Souza disse:

    A vida de Mare virou uma grande confusão a o tentar ajudar a família isso num mundo já dividido pela cor do sangue e o preconceito que vem devido a isso muito criativo por parte da autora introduzir o racismo através da cor do sangue este e um livro que vou querer ler .

  • Cristiane de oliveira disse:

    Esse já está na lista de desejados, amo distopias e esse parece incrível a cada pessoa que me fala dele eu suspiro na esperança de ler logo, muito bom a Mare não ser cheia de mi,mi,mi, vamos ver como vai ser a parte romântica do livro, esperando lançar todos pra ler se não vou morrer de abstinência.

  • Maisa Medeiros disse:

    Já fiquei curiosa pra ler o livro! Parece ser bem o tipo de leitura que eu gosto!
    Parabéns pela resenha!

  • Jeanne Martins disse:

    Essa capa está linda!! Sem dúvidas que esse livro entrou na lista de desejados, ouvi vários comentários sobre ele, tanto positivos quanto negativos, então só lendo mesmo pra ter alguma opinião. A premissa é justamente o que gosto em distopias e fantasias, e eu AMO livros assim. Vi que os direitos já foram comprados para ser adaptado ao cinema, alguém sabe se é verdade?

  • Julia Mattos disse:

    Esse livro já tá na minha lista há algum tempinho, e as resenhas que li foram muito positivas! Seria ótimo ganhá-lo e tirar minhas próprias conclusões :3

  • Fran Ferreira disse:

    Sério; quanto mais resenhas leio, mais me apaixono e fico louca por esse livro, imagina a hora que concluir a leitura, ficara no topo da lista e da estante de tanto amor. As vezes me pego imaginando se a autora se inspirou nas historias já existentes como: “DIvergente”, “Ex-Men” e “A Seleção”, ou se foi algo tão natural que veio de encontro com eles em coincidências; inspiração ou não, o que importa que este livro pra mim é só Love desde o ínicio.
    _____________________________

    Para quem participar, boa sorte.
    Fran Ferreira
    fran_lixinha@hotmail.com

  • Milena Soares disse:

    Estou doida pra ler esse livro, curto muito uma distopia, parece ser bem eletrizante e envolvente, cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

  • lorena disse:

    ja tinha ouvido falar dele pois amo a serie A seleção e dizem que eles são bem parecidos! e agora que li a resenha minha vontade de ler ele duplicou!!!

  • Marie dos Santtos disse:

    Pelo que li na resenha o livro dever ser muito bom mesmo!! Como pode ser possível Mare Barrow ter poderes se ela tem o sangue vermelho e não o prateado? Será que ela vai se envolver com algum dos príncipes? Será que ela vai conseguir ajudar sua família? Ansiosa para ler o livro!!

  • Sueli Cobbos disse:

    Li algumas resenhas do livro e a cada uma mais quero conhecer Mare e seu destino na trama. Sem contar que amei a capa também. Esperando ganhar para poder ler.

  • Bruna Costenaro disse:

    Aqui entre nós eu gosto de vez em quando de ler um livro com a elite rs, é um universo tão diferente e repleto de conspirações de poder que soa divertido, claro de ler e não de viver =P!

    Miquilis

  • mirian kelly disse:

    Bem bacana a historia teve um jeito diferente, e estes sangue prateado parecem ser mesmo esnobes, mais pelo visto vejo que Mare veio para ficar e mudar e nos deixar atraída pela historia. Vejo tantas pessoas falando bem do livro que não tem como discordar. Este sorteio é incrível.

  • Shadai disse:

    Nem suspeitava que esse livro poderia ser tão bom. Mas, sua resenha fez eu mudar de impressão. Parece ser uma série que tem tudo pra ser bem interessante. Apesar dos muitos clichês!

  • calebe mendes disse:

    Oi, gostei muito da resenha… Eu já tenho o livro em casa mas nunca peguei ele para ler, quando soube que ie virar filme fiquei tipo: Tenho que comprar esse livro logoo. Em fim Quero ganhar outro kkkk… Mas serio, gosto de resenha assim, pequena, simples e que fale tudo que queremos ler!!1

  • Zilda Rosa dos Santos disse:

    O livro está super comentado!! A vida de Mare Barrow não é nada fácil, uma vez que ela não faz parte da elite!! Mas tudo pode mudar quando eles descobrem que ela tem poderes que só pertence á Elite!!

  • Thalia Sales disse:

    Distopias é um dos gêneros que mais gosto de ler, e essa história distópica mas também bem diferente de outras distopias achei muito interessante.O livro parace ser uma mistura de A Seleção com X-Men bem diferente de qualquer outra distopia! Estou louca para ler!!! Bjss

  • Maristela G Rezende disse:

    Já tem algum tempo que estou querendo muito ler esse livro. Cada resenha que leio mais se reforça essa vontade. Parabéns pela resenha.

  • Camila Morais disse:

    Já estou super ansiosa para ler esse livro!
    Sem contar que a capa me pegou de primeira mas como dizem para não julgar um livro pela capa acho que com esse não será um problema já que só leio elogios sobre ele o que só me da muito mais vontade de ler!
    Adorei a sua resenha e se já tinha muita vontade de ler antes agora já virou um desespero sauhsuahsauhsa

  • Francisca Elizabete disse:

    A vida de Mare Barrow não está nada boa, uma vez que ela não faz parte dos que tem o sangue prateado!! Ela tem que roubar para ajudar a sua família!! Porém, apesar de ela não ter o sangue prateado, ela tem poderes? Mas como isto é possível?

  • Paola Campelo disse:

    Estou louca para ter esse livro na minha mao. Ler ele e ver se corresponde as minhas espectativas.

  • Sabrina Finoti disse:

    Achei suua resenha muito bacana, eu tinha visto outras, e as pessoas sempre falavam que o livro é mais do mesmo de distopia, e pela sua resenha vi completamente outra coisa, principalmente por ela focar na revolução e não em casos amorosos.

  • Ana I. J. Mercury disse:

    Oiii, eu li A Rainha vermelha emprestado mês passado e ameei!!
    Apesar de achar muitoooo cruéis os personagens!! Nossa, muito diferente das distopias que já tinha lido.
    E fiquei curiosíssima para o próximo, pena que só ano que vem!!!
    Me deu muita raiva da Mare algumas horas, mas isso que é legal, ela é tão diferente das heroínas que estamos acostumados, ela sai fora de todo padrão, amei isso!! A autora arrasou mesmo!!
    bjos

  • Cailes Austen disse:

    Já li algumas resenhas desse livro e a sua veio a acrescentar mais uma opinião positiva sobre o mesmo. Gostei de toda a trama descrita, do jogo de poder, das lutas e também do romance não ser o centro da história, penso que é mais um diferencial do livro. A personagem Mare também parece forte e determinada, o que me fez querer ainda mais conhecer essa mocinha e toda a história de A rainha vermelha!

  • Fábrica dos convites disse:

    Não vejo a hora de ler este livro, mas confesso que andei dando uma desanimada por conta de algumas resenhas que li. Esta sua resenha me deu um novo ânimo. Acho que um clichê bem feito enriquece o enredo, por isso não me importo com a presença deles.
    Bjs, Rose.

  • Rafaela Moura disse:

    Adoro livro que tem príncipes e reis!! E ainda mais uma pitada de romance e fantasia? #PartiuLer

  • Cristiane Dornelas disse:

    Eu adorei a ideia de misturar tantas coisas conhecidas em uma mesma série. Não sei se funcionou mesmo, mas pelo que vi e vejo, é um livro que é único de um jeito que não é. Está sendo muito bem falado.
    Uma coisa que achei bacana você falar foi da personalidade irritante ou não. Tenho um treco quando leio livros e o principal é uma mala, ou o ponto de vista de quem é contado estraga a trama, fica de mimimi e dá vontade de jogar o livro longe. Custo a ler livro assim (no momento estou até empacada com um desses). A parte chata mesmo é mofar agora esperando uma continuação que vai demorar meses pra sair. Essa é a parte ruim se você leu e gostou =/
    Mofamos né. Mas estou aguardando também!

  • Rudynalva Correia Soares disse:

    Lucy!
    O livro parece arrebatador, feitinho para mim que adoro distopias onde os poderes são exaltados.
    E esse lance de vermelhos e prateados mostra o quanto é parecido com nossa realidade onde os ricos não se misturam aos pobres.
    Quero ler é já.

    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos você tem?”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

  • Nadja disse:

    Oi! Esse livro é interessante. Também me lembrei do tal “sangue azul” que muitos dizem ter, ainda bem que não tem poderes como os prateados, mas sempre aproveitam para nos esnobar. Achei esse livro legal, diferente essa distopia que diferencia as pessoas pelo sangue e quero muito saber o porque ela é assim, tem poderes mesmo sendo um vermelho, é um grande mistério. Não gosto quando cria um triangulo amoroso, imagine um quadrado, é horrível.

  • Kamylla Cavalcanti disse:

    Já li muitas resenhas sobre esse livro e também achei semelhante a outros nesse mesmo estilo como a saga de jogos vorazes e divergente. Mas como gosto do estilo estou animada para lê-lo!

  • juliana disse:

    Faz tempo que tenho vontade de ler esse livro, de tanto ouvir falar, mas não tinha ideia do que se tratava. Achei bem original essa premissa de sangue prateado e poderes a la x men.

    Achei muito legal saber que vai ter um próximo volume, achei que se tratava de volume único.

  • Gabriele Almeida disse:

    Morro de vontade de ler esse livro! Minha amiga tem e me contou um pouco da história, mas bem pouco mesmo… resolvi pesquisar sobre e achei sua resenha, fiquei com muita, muita vontade mesmo de lê-lo! A capa é maravilhosa e pelo que pude analisar é fiel ao conteúdo da história!
    E ainda tem sorteio õ/ uhuul!!

  • Thamires Menezes disse:

    Olá
    Só leio comentários positivos sobre esse livro, cada vez fico mais curiosa.
    Gostei da historia, ainda mais por ser uma gênero que sou apaixonada.
    Fiquei encantada com a personagem Mare, por sua força e coragem.
    Gostei da forma como foi colocada a divisão da sociedade.
    Ótima resenha

  • daniela teixeira disse:

    Parece um livro bem intrigante, bem no estilo distopico mas ao mesmo tempo diferente, ja tinha vontade de ler ele mas agora fiquei mais curiosa, porque parece ser aquele tipo de leitura que prende até o final, Adorei a resenha

  • LAIS TAVARES RANGEL disse:

    Fiquei interessada em ler só não gosto quando os livros tem sequencia e a mesma ainda não está publicada porque a ansiedade fica reinando.

  • Livia Vieira disse:

    Tenho doi amigos que leram esse livro e amaram, eu fiquei muito curiosa. Acho que o fato de ter conseguido 5 estrelas me deixou mais ainda.
    Quero ler logo!

  • Giovanna disse:

    Esse livro é simplesmente perfeito, me prendeu. Estou completamente apaixonada.

  • Ana Luiza Vaz disse:

    Resenha legal Lucy, tõ curiosa, espero poder ler logo

  • Yara Lopes disse:

    Mto boa a resenha.. confesso q me interessei pelo livro só pela capa (q eu achei maravilhosa).. mas ao ler resenhas dos blogueiros eu me interessei mto pelo livro… amo esse tipo de história :D

  • Iêda Cavalcante disse:

    Oiê!
    Raramente leio distopias, sou mais da turma do romance e como tem tantos bons por ai, é difícil seguir outro caminho, mas quero muiiito ler esse livro.
    Desde o seu lançamento me apaixonei pela capa, ai fui pesquisar o gênero e enredo.
    Só tenho que comentar que achei um tanto repetitiva a história das “facções”, porém ainda assim quero conferir, pois tem tantas outras coisas acontecendo que a gente acaba nem se apegando a esse detalhe.
    Espero ler brevemente.
    Bjokas!

  • Luana Souza disse:

    Pra ser sincera, quando o livro foi lançado fiquei bem “não quero ler” porém li varias resenhas positivas. É bom saber que ela não é cheia de mimimi porquê estamos com muitos livros assim :v Adoro a capa, é muito linda!

  • Renata Olimpia disse:

    Não estava muito interessada no livro mas depois dessa resenha….tenho que te-lo

  • TTT: Dez “Novos” Autores Favoritos que Li pela Primeira Vez em 2015 | Por Essas Páginas disse:

    […] Victoria Aveyard (A Rainha Vermelha): Um dos melhores livros de 2015, A Rainha Vermelha me conquistou. Espero ansiosamente a […]

  • Top Ten Tuesday: Dez Livros da minha Lista do Outono « Por Essas Páginas disse:

    […] A espada de vidro, Victoria Aveyard – Continuação de A Rainha Vermelha, um dos lançamentos que mais estou ansiosa para ler! A Mare pode ser até um pé no saco às […]

  • Top Ten Tuesday: Dez livros que todo fã de aventura deve ler « Por Essas Páginas disse:

    […] 8. A Rainha Vermelha, Victoria Aveyard – Uma aventura um pouco diferente e muito bem-vinda. O mundo é dividido entre pessoas com sangue prateado e poderes sobre-humanos e pessoas com sangue vermelho, que vivem na miséria e vivem de forma sub-humana. Mare Barrow tem sangue vermelho, mas descobre que tem poderes de um prateado. Em meio a uma nova vida que não escolheu, ela se arrisca a confiar demais nas pessoas, mesmo sabendo que todo mundo pode trair todo mundo. Resenha […]

  • Resenha: Espada de Vidro « Por Essas Páginas disse:

    […] resenha contém SPOILERS de A Rainha Vermelha (tentei evitar, mas não […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem