Resenha: Um acordo pecaminoso

Ficha técnica:

Nome: Um acordo pecaminoso

Autor: Lisa Kleypas

Tradutor: Ana Rodrigues

Páginas: 304

Editora: Arqueiro

Compre aqui

Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.

Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.

Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.

Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar. Fonte

Esta resenha pode ter spoilers dos livros anteriores da série e do livro Pecados no Inverno, mas que não prejudicam a leitura (eu acho…).

Eu sou mega fã de romance de época, ainda mais quando se trata de Lisa Kleypas. Assim que esse livro foi lançado, eu o adquiri em e-book para devorá-lo. Sim, eu demoro para postar resenhas, é uma meta de 2018 que não consegui atingir – não demorar muito para postar resenhas – mas falarei sobre metas em outro post. Então, voltando ao assunto…

Se você não conhece a série ou quer saber sobre os livros anteriores, eu explico tudo aqui. Mas, resumindo, cada livro conta as peripécias de um membro da família Ravenel em encontrar o amor. Este livro trata-se especificamente de Pandora, uma das irmãs gêmeas Ravenel e a mais arisca de todas.

Pandora sempre foi um espírito livre e com pais negligentes, não recebeu uma educação própria para uma dama se comportar em sociedade. Ela também tem um problema causado por um dos castigos de seu pai que a torna mais “desastrada” aos olhos dos outros, mas ela não deixa seu problema a abater. Ela também tem uma meta na vida: ela quer ser dona de seu próprio negócio e tem em mente lançar um jogo de tabuleiros que com certeza fará o maior sucesso.

Claro que ela não poderia prever que, ao tentar ajudar uma amiga a sair de uma situação delicada, ela mesma fosse se colocar em uma posição comprometedora, com ninguém menos que Gabriel, lorde St. Vicent. Para quem conhece as demais séries da autora, ele é filho de Sebastian e Evie, de Pecados no Inverno, terceiro livro de As quatro estações do amor, outra série muito bacana da autora.

Mas, se você não leu essa série, não tem problema, porque essa história pode ser lida sem problema. Mas desde já recomendo a leitura, é muito bacana você encontrar personagens já amadurecidos de outras séries e ver no que eles se tornaram (sinto falta dos demais personagens, inclusive da série Os Hathaways, mas tudo bem).

Voltando à história, Gabriel também não tinha a menor intenção de se casar tão cedo, mas a própria recusa de Pandora em assumir um compromisso o deixou intrigado – e, porque não dizer, encantado – com a jovem. Assim sendo, e sabendo que ele tinha um dever para com a honra, Gabriel insiste em fazer a corte a Pandora e os dois se veem em um jogo de sedução em que cada um é cativado pelo outro da forma mais encantadora que a autora já descreveu.

Não preciso nem dizer que eu adorei a história, não é? Lisa Kleypas continua com sua escrita fluida e simples, personagens cativantes, turrões e com um humor ácido, além das situações criadas que foram muito bem boladas.

Além disso, temos pequenas subtramas relacionadas à história principal e participação de personagens que já deram as caras em livros anteriores, além dos que vão protagonizar os próximos livros. Ou seja, não é simplesmente a história de amor de Pandora e Gabriel até um possível “felizes para sempre”, temos algo além disso – e é uma das características que gosto da autora.

Não percam tempo e leiam!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Larissa Dutra disse:

    Olá, tudo bem? Quero muito ler algo da Lisa Kleypas, espero mesmo que esse ano ainda eu consiga, hehehe. Essa série parece ser maravilhosa, bem como eu gosto de ler. Adorei tua resenha e minha curiosidade só aumentou!

    Beijos,
    Duas Livreiras

  • Fuxicos e Rabiscos disse:

    Vejo ótimas críticas sobre esse livro, ainda não li mas tô bem ansiosa pra conhecer a história, tem uma premissa bem diferente da “mocinha a espera do príncipe encantado/conquistador que é o garanhão por quem a mocinha suspira”, achei bem legal a proposta. Adorei sua resenha, me deixou ainda mais curiosa pela história.

  • Mirelly disse:

    Oii, tudo bem?

    Eu amoooo a Lisa Kleypas, e estou louca para ler essa série dela.
    Aiii gente, já amo o Gabriel, só por ser filho de quem é kkk eu vou amar encontrar os outros personagens das outras séries.

    Amei sua resenha, me deixou com ainda mais vontade de ler o livro.
    Obrigada por compartilhar!!
    Beijinhos!!

  • Greice Negrini disse:

    Infelizmente este não foi o meu livro favorito. O segundo de Rhys foi o melhor. Eu não achei a história tão agregada, achei estranho o que aconteceu, e toda a perseguição e agora espero o quarto que é sobre a doutora.

  • Dayhara disse:

    Pulei grande parte da resenha para evitar pequenos spoilers, mas se tratando dessa autora não é spoiler algum saber que a história surpreendeu positivamente e que foi uma leitura agradável, ela é uma das minhas queridinhas dos romances históricos, sua escrita é muito envolvente.

  • Ivi Campos disse:

    Eu li sua resenha bem por cima porque ainda não comecei a ler a serie e pretendo ler todos os livros.
    Essa autora consegue nos envolver e nos fazer ficar apaixonados, não é mesmo?
    Beijos

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Ahh eu adoro a Pandora. Achei que o livro dela traz uma leveza e ao mesmo tempo questões importantes para mulheres. Fiquei impressionada com sua preocupação em ser uma defensora das causas femininas, do direito ao trabalho e ser alguém na sociedade.
    Uma leitura muito cativante.
    Beijos!

  • Vitoria Doretto disse:

    Oi, Lucy!
    Esse livro está na minha lista! haha adoro a forma como a Lisa faz com que cada uma de suas histórias seja única. Pelo o que você contou, Lisa continua fazendo histórias maravilhosas e cheias de charme, fiquei curiosa para saber sobre esse problema que a mocinha tem, vou ter que ler logo haha
    Beijos!

  • Larissa - Srta. Bookaholic disse:

    Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler romances de época com muita frequência, sabe? Por isso dificilmente fico realmente animada com alguma dica desse gênero. Sobre essa autora, ela é bem comentada, mas eu não tenho muita curiosidade com as obras.

    Beijos :*

  • Maria Luíza Lelis disse:

    Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro há algum tempo e confesso que, infelizmente, ele não me cativou como os outros. Achei a Pandora uma protagonista muito chata e o Gabriel, apesar de carismático, teve momentos que me irritou muito também. O que tirei de bom foram só os personagens de As quatro estações do amor que apareceram e as pistas para o próximo livro.
    Mas adorei ler sua resenha e fico feliz que tenha gostado tanto do livro.
    Beijos!

  • Bruna Bueno disse:

    esse livro ta na minha menina mais primeiro quero ler o livro um sedutor sem coraçao ja que ele eu ja tenho na estante mais esse ainda irei ler

  • Leitura Enigmática disse:

    Ainda não li essa obra, mas estou muito curioso, pois parece ser uma trama de arrancar suspiros, mas ao mesmo tempo surpreendente.

  • jessica santana disse:

    olá!
    estou a três meses lendo meu primeiro romance de época, e os da Lisa estão super na minha lista futura. Amei sua resenha e espero poder ler e também gosta como você desse romance.

  • Resenha: Um Estranho Irresistível « Por Essas Páginas disse:

    […] aparição em Uma noiva para Winterborne, os dois tendo uma participação maior no livro seguinte, Um acordo pecaminoso. Entretanto, o caminho que ambos seguiam era muito distinto e pouco se falavam. Claro que […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem