Resenha: Um Estranho Irresistível

Ficha técnica:

Nome: Um Estranho Irresistível

Autor: Lisa Kleypas

Páginas: 320

Editora: Arqueiro

Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente.

Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu. Fonte

Este é o quarto livro da série Os Ravenels, se quiser saber mais sobre os demais livros, veja aqui as outras resenhas

Essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores, mas pode haver alguma menção de um livro anterior da série.

Ethan e Garrett tiveram sua primeira aparição em Uma noiva para Winterborne, os dois tendo uma participação maior no livro seguinte, Um acordo pecaminoso. Entretanto, o caminho que ambos seguiam era muito distinto e pouco se falavam. Claro que conseguíamos ver as faíscas aqui e ali, e agora temos a oportunidade de ver esses dois juntos.

Garret Gibson é uma mulher à frente de seu tempo. Como médica, se dedica de corpo e alma à carreira, mesmo que ainda veja muita resistência por parte das pessoas serem atendidas por uma mulher. Ela é uma das personagens mais fortes que a autora já escreveu e é admirável a forma como ela defende seu modo de vida.

Ethan é irlandês por parte de mãe, além disso, tem um sangue quente bem típico dos Ravenels. Porém, ele não é um Ravenel de nome, nem quer ser. Quanto aos detalhes sobre esse assunto, deixo para vocês lerem e se divertirem. Ethan também é um personagem cativante e de uma inteligência aguçada. Ele trabalha como agente duplo, ele quer impedir que haja uma revolta entre ingleses e irlandeses.

Aliás, muito interessante a autora abordar esse lado da História. Houve uma guerra separatista entre Inglaterra e Irlanda, a coisa toda foi bem feia e demorada, teve o surgimento do IRA, naquela época um grupo considerado terrorista. Aqui, a autora já mostra as relações entre as duas nações já um pouco tensas para o que viria a seguir no século XX.

Ethan tinha seus princípios, ainda mais vendo o contexto de tudo que é colocado na história, por isso lutava ao lado da Inglaterra, contra o seu mentor que também era irlandês.

Em relação ao romance, não tem como não gostar. Garrett é uma mulher adulta e muito bem decidida, então ela não vê nada que possa impedir que os dois fiquem juntos. Já Ethan, teme que a vida de Garrett seja ameaçada ao associarem a jovem a ele, por isso ele tenta se afastar dela. Claro o destino gosta de brincar com o coração das pessoas, então o reencontro é muito emocionante.

Destaque nessa história para Garrett, que assumiu seus sentimentos, ao mesmo tempo em que teve que lidar com uma provação muito grande. Como separar o lado profissional do coração? Até que ponto ela poderia ir para salvar a vida de alguém que ama?

Recomendo muito a leitura. Esse livro parece ser um spin-off, mas eu diria  que ele na verdade é essencial para a série.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Ana Caroline disse:

    Olá!

    Esse livro tem personagens totalmente diferentes do que estamos habituados hoje em dia. Ela por ser uma médica em um século em que as coisas eram mais rígidas e ele por ser um espião, além de os dois serem maduros e não ficar naquela palhaçada de negar seus sentimentos ou briguinhas desnecessárias (sei que adoramos um belo clichê, mas alguns livros já estão ficando chatos com isso).
    Confesso que sua resenha me deixou curiosa, quero saber o que a autora insere na trama, além dessa parte do espião, para dar um gás na leitura.

  • Andressa Ledesma disse:

    Não achei que ia ter um livro só para a Garret, e eu gostei bastante quando descobri, Ela é uma mulher sensacional e realmente muito além do seu tempo. Estou louca para conferir mais essa história ♥

  • Dayhara disse:

    Como não se apaixonar pelos personagens criados pela Lisa, né? Impossível! Hahahha Eu amo a maneira como ela faz uma contextualização histórica leve e ao mesmo tempo muito bem trabalhada, é sensacional.
    Adorei a resenha!

  • Marijleite disse:

    Oi, gosto muito da contextualização histórica que a Lisa traz em seus romances de época, interessante essa questão da Irlanda, mas é mais interessante ainda o perfil do casal principal e o fato de a mocinha ser médica, quero muito ler esse e os outros livros da série.

  • Leitura Enigmática disse:

    Ainda não li nada dessa escritora, mas confesso que fico curioso com suas obras, pois as resenhas lidas nos blogs literários são excelentes e essa obra que citou parece ter uma história muito intensa e emocionante. Ótima dica.

  • Milena Soares disse:

    Estou lendo esse livro no momento e estou amando, adoro a Dr. Garret Gibson, personagem maravilhoso, queria que a editora publicasse logo os próximos livros dessa série, ansiosa pelo livro do West.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem