Resenha: Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara

YAQUI_DELGADO_QUER_QUEBRAR_A_SSinopse: Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.
Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.
O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes. Fonte

Adquiri esse livro sem saber ao certo o que esperar dele. Depois que o li, senti um gosto meio amargo. Já li outros livros com o tema, e nunca nenhum desse tipo. Vamos lá.

Piddy é uma adolescente que cursa o ensino médio e tem boas notas, mas foi obrigada a mudar de escola depois de mudar de casa. Na nova escola, ela não conseguiu se adaptar muito bem, não pelas matérias, mas pelos colegas. Ser aluno novo é mesmo uma porcaria – pior ainda quando você parece chamar a atenção de alguns meninos. Piddy não percebia que chamava a atenção até que uma menina diz que Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara.

Yaqui é quase uma lenda urbana no colégio. Ela também tem descendência cubana, como Piddy, mas é daquelas que arranja briga gratuitamente, bate primeiro e pergunta depois (não pergunta, aliás). No caso de Piddy, ela botou na cabeça que a jovem quer roubar seu namorado, sendo que Piddy não sabe nem quem é o dito cujo.

Não esperem uma história que no final as duas acabam virando amigas e rindo da situação. Isso não vai acontecer. Lembrem-se que o mundo real é bem cruel – mais cruel do que a história desse livro, aliás, mas aqui temos uma amostra do que a ignorância pode fazer à vida de uma adolescente, só porque ela chamou a atenção por ser bonita.

“Se ter um corpo bonito é tão legal, por que fez da minha vida um inferno?”

Piddy passa a ser perseguida por Yaqui e sua “gangue” de garotas desajustadas, por assim dizer. Elas tentam intimidar Piddy a todo o momento, a hostilizam jogando lixo nela e roubando suas coisas. Pode parecer “leve”, mas o texto em primeira pessoa faz com que você sinta como Piddy se sentia: acuada, com medo, perdida. O pior é que ela não queria falar nada para sua mãe, que já levava uma vida difícil. Além disso, ela sabia que se dedurasse Yaqui, ela acabaria sendo perseguida pelo restante da gangue em busca de vingança.

O que acontece com Piddy quase me fez chorar de indignação. Como eu disse, o mundo não é justo.

O livro aborda muito sobre a realidade nua e crua de quem sofre bullying. Os ataques, o medo que a pessoa sente só de sair de casa, a opressão e o falso senso de justiça que as autoridades demonstram.

Quer um choque de realidade? Dá uma lida nesse livro.

Ficha técnica:

Nome: Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara
Autor: Meg Medina
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Onde comprar: Saraiva / Submarino / Amazon
Minha avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Douglas Fernandes disse:

    Que livro tenso… eu já fui aluno novo em escola… hahahaha Mas nao sofri nada… hahahaha
    Mas deve ser terrivel né, quem vive isso nao deve ser facil, deve atrapalhar ate nos estudos, o livro me deixou bem curioso, espero ler em breve 😉

  • Lucy disse:

    Oi, Douglas! Que sorte! rs
    No caso da Piddy, eu acho que foi motivado por inveja não apenas pelo corpo dela, mas pela vida dela mesmo – e olha que nem era uma vida assim tão fácil. Mas vai entender, né?
    Espero que consiga ler, é um bom livro!
    bjos

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem