Série – A Rainha Vermelha


A Rainha Vermelha, Victoria Aveyard

O mundo de Mare Bare é dividido entre duas castas: As pessoas de sangue vermelho e as pessoas de sangue prateado. Os prateados são a elite, com seus poderes sobre-humanos. Os vermelhos são trabalhadores, praticamente escravos, muitos sendo convocados para travar uma guerra que não é deles em nome de um rei que eles renegam. Mare tem sangue vermelho, mas mesmo sendo uma vermelha, ela também tem poderes dos prateados. Sem saber o motivo de ser diferente, ela é obrigada a viver no palácio, fingindo ser uma prateada. Esse fato não mudaria apenas seu estilo de vida, mas coloca em jogo todo o reino e seu coração.

A série é publicada no Brasil pelo selo Seguinte da Editora Cia das Letras.

A_RAINHA_VERMELHAA Rainha Vermelha
A Rainha Vermelha – livro 01 (2015)

Leia a resenha

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

Fonte

COROA_CRUELCoroa Cruel
A Rainha Vermelha – livro 0,5 (2016)

[Leia a resenha]

Duas mulheres — uma vermelha e uma prateada — contam sua história e revelam seus segredos.
Em Canção da Rainha, você terá acesso ao diário da nobre prateada Coriane Jacos, que se torna a primeira esposa do rei Tiberias VI e dá à luz o príncipe herdeiro, Cal — tudo isso enquanto luta para sobreviver em meio às intrigas da corte.

Já em Cicatrizes de Aço, você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha, que tenta expandir o movimento para Norta — e acaba encontrando Mare Barrow pelo caminho.

Esta edição traz, ainda, um mapa de Norta e um trecho exclusivo de ‘Espada de Vidro, o aguardado segundo volume da série A Rainha Vermelha.

Fonte

ESPADA_DE_VIDROEspada de Vidro
A Rainha Vermelha – livro 02 (2016)

[Resenha]

“Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.”

O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.

Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

Fonte

A Prisão do ReiA Prisão do Rei
A Rainha Vermelha – livro 02 (2017)

Leia a resenha

Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira.

Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

Fonte

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •