Sexta do Sebo #24

sexta_do_sebo

Olá, pessoal! Para nossa alegria, mais uma Sexta do Sebo! Semana passada perguntamos qual autor vocês gostariam de ir a uma tarde de autógrafos. Muitas respostas legais e algumas bem diferentes, foi super divertido acompanhar vocês interagindo com a gente. Acho que a resposta unânime do blog seria J. K. Rowling (e não é que a Vânia foi!), mas eu, Karen, gostaria de também encontrar alguns autores que vocês citaram, como o mestre Stephen King. 

E agora vamos lá para outra pergunta e mais um sorteio? Antes, que tal relembrar as regras?

Lembrando que a Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. Alguns livros estão em inglês, como podem ver na lista, e alguns livros serão enviados dos Estados Unidos (a Vania da nossa equipe mora lá); para esses livros, o prazo de entrega pode variar um pouco mais. Para os demais, é o prazo normal que utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedor. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random

O vencedor da Sexta do Sebo #23 foi…

sexta_do_sebo#23_resultado2

Parabéns, Nivia Fernandes! Por gentileza, envie-nos uma mensagem para os endereços de e-mail contato@poressaspaginas.com ou poressaspaginas@gmail.com com o seu endereço e o livro que escolheu em até 48 horas. Caso contrário será realizado um novo sorteio.

Obs.: foi utilizado o número máximo de 44 entradas pois havia um comentário da equipe do blog no post.

Obs. 2: foi realizado um novo sorteio no dia 11/08 pois a ganhadora anterior não entrou em contato no prazo solicitado.

E agora a pergunta da semana:

#24 – Qual sua opinião sobre capas com modelos? (tipo, pessoas reais e não desenhos etc.) 

Basta responder a essa pergunta nos comentários e você já estará concorrendo ao sorteio! Boa sorte! E aí vai a lista de livros disponíveis:

The Catcher in the Rye – J.D. Salinger (em inglês)
Eat, Pray, Love – Elizabeth Gilbert (em inglês)
Dedication – Emma McLaughlin & Nicola Kraus (em inglês)
The Thing About the Truth – Lauren Barnholdt (em inglês)
Night – Elie Wiesel (capa levemente rasgada no canto inferior esquerdo – em inglês)
The Scarlet Letter – Nathaniel Hawthorne (em inglês)
Uglies – Scott Westerfeld (em inglês)
Pretties – Scott Westerfeld (em inglês)
Specials – Scott Westerfeld (em inglês)
Extras – Scott Westerfeld (em inglês)
A Northern Light – Jennifer Donnelly (em inglês)
Twilight – Stephenie Meyer (em inglês)
The Jane Austen Book Club – Karen Joy Fowler (em inglês)
The Time Traveler’s Wife – Audrey Niffenegger (em inglês)
A Vintage Affair – Isabel Wolff (capa um tanto quanto “viajada” – em inglês)
The Holy Man – Susan Trott (em inglês)
The Selected Poems of Emily Dickinson – Emily Dickinson (em inglês)
Two or Three Things I Know for Sure – Dorothy Allison (em inglês)
The Five People You Meet in Heaven – Mitch Albom (em inglês)
The Diamond as Big as the Ritz and Other Stories – F. Scott Fitzgerald (em inglês)
The Stranger – Albert Camus (em inglês)
O caso do marquês desaparecido – Nancy Springer (encapado)
Fifty Shades of Grey – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades Darker – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades of Freedom – E. L. James (em inglês)
Diários do Vampiro, O confronto – L. J. Smith
Swoon – Nina Malkin
Laços de Fogo – Nora Roberts
Laços de Gelo – Nora Roberts
Laços de Pecado – Nora Roberts
Além do azul do céu – Nora Roberts
Everyone worth knowing – Lauren Weisberger (em inglês)
Negócio de Risco – Nora Roberts
A suspeita – Nora Roberts
Concerto Inacabado – Nora Roberts
Segunda Natureza – Nora Roberts
Retratos de um verão – Nora Roberts
This Charming Man – Marian Keyes (em inglês)
Radiante – Alyson Noel
Infinito – Alyson Noel
Estrela da Noite – Alyson Noel
Terra de Sombras – Alyson Noel (capa preta meio arranhada)
Artemis Fowl – The Opal Deception (Folhas um pouco amareladas – em inglês)
Black Hills – Nora Roberts (Capa com a ponta amassada – em inglês)
Tears of the Moon – Nora Roberts (capa branca um pouco suja – em inglês)
Sea Swept – Nora Roberts (em inglês)
The Search – Nora Roberts (em inglês)
Heart of the Sea – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Jewels of the sun – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Tribute – Nora Roberts (em inglês)
Gossip Girl – Cecily von Ziegesar (folhas MUITO amarelas – em inglês)
De agora em diante – Nora Roberts
Face the fire – Nora Roberts (amarelado – em inglês)
Heaven and Earth – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
Dance upon the air – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
The devil wears Prada – Lauren Weisberger (páginas amareladas – em inglês)
Chasing Harry Winston – Lauren Weisberger (páginas amareladas – em inglês)
Twilight – Stephenie Meyer (encapado – em inglês – com algumas manchas)
Game of Thrones – George R.R.Martin (em inglês)
A Storm of Swords – George R.R.Martin (em inglês)
A Clash of Kings – George R.R.Martin (em inglês)
Savor the moment – Nora Roberts (em inglês)
The Last Song – Nicholas Sparks (em inglês)
Alice no país das maravilhas – Lewis Carroll (encapado)
O rei Lear – William Shakespeare (encapado)
Mr. X – Peter Straub (em ótimo estado, lido apenas uma vez)
Cárcere Privado – Elmore Leonard (com algumas manchas)
Missão Silverfin – Charlie Higson (em ótimo estado, lido apenas uma vez)
O Mistério do Chocolate – Joanne Fluke (encapado)
Apocalipse Zumbi – Os primeiros anos – Alexandre Callari (com alguns amassados e manchas)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Iva Mille disse:

    Depende da capa, se for bonita…

  • Carolina Bastos disse:

    Eu prefiro capa com modelos do que com desenho, principalmente se for YA

  • Juciele disse:

    Depende muito do livro, por exemplo, se for um livro de fantasia aí colocar um modelo na capa ficaria muito estranho, mas em livros como os da Nora Roberts eu acho legal quando tem um modelo na capa, dá mais realidade ao romance. Parece que a garota da capa é a personagem, isso é o que acontece com a Trilogia da Fraternidade.

  • João Pedro F. Gomes disse:

    Eu odeio praticamente todas. Só acho que fica bom em livros de romance, porque no resto… só Deus na causa

  • Inês Gabriela A. disse:

    O pessoal tem uma birra com capas do tipo, mas eu não ligo, a não ser é claro quando a modelo é muito feia. Rsrsrs

  • Matheus B. disse:

    (se referindo às capas da Novo Conceito é? UAHDUHASDUDASHU)
    não são meu tipo preferido de capas não, prefiro muitas vezes algo mais simples, do que com modelos e ficar estranho.. Mas o que importa é o conteúdo (apesar de eu não seguir essa ‘regra’ uahauhauhauhau pra mim a capa vale, e muito /o/)

  • Douglas Fernandes disse:

    Depende da história né… acho que é até ruim, pq vc fica com a imagem da pessoa da capa como personagem, vc nao consegue “criar” a imagem do personagem no livro, prefiro eu mesmo criar a imagem…

  • Roberta Krutzmann disse:

    Particularmente eu não gosto muito de capas com modelo, gosto mais das que não aparecem pessoas, pois acho que isso obriga quem cria a pensar mais e fazer algo mais criativo.

  • Manu Hitz disse:

    Não gosto da maioria. Isso me induz a pensar que as personagens são aquelas. Prefiro criá-las na minha cabeça, seguindo a descrição do autor ou, na falta disso, eu mesmo invento! Haha!

  • Tainara H. disse:

    Eu acho muito feias, vide as da Novo Conceito. Claro que tem exceções, como aquelas que traz uma pessoa de longe, de costas, como numa fotografia histórica, tipo os livros do Zafón, eu acho bem bonitas. Mas quando a capa tem uma pessoa de frente, com um close no rosto, ou um casal como os do Nicholas Sparks, eu acho horrível, a não ser que seja capa de filme (Um Dia <3).

  • ana paula ramos disse:

    Depende um pouco tbem, tem algumas que ficam muito bonitas, que da até para imaginar alguns personagens… mas tem algumas capas que parece que é sempre os mesmos modelos… dai eu acho que fica mais complicado gostar…. 😀

  • Franciely Bortoski disse:

    Não gosto muito, prefiro capas com desenhos ou fotos mas sem pessoas. Claro que sempre tem as exceções e eu acho a capa de Julieta Imortal muito bonita, mas não supera ass capas tipo O nome do Vento, O temor do Sábio, todas as capas do Terry Pratchett ou da coleção Harry Potter…

  • Mylene Leme disse:

    Gosto dos desenhos, vc acaba assimilando o personagem com a foto, e eu prefiro imagina-los do meu jeitinho.

  • Tyele disse:

    Eu adoro.. até prefiro as capas com modelos do que as com ilustrações… Principalmente quando são casais.. rs
    Beijos

  • Gabrieli Prates disse:

    Acredito que dependa bastante do livro que é, e o estilo da foto. Algumas ficam boas, principalmente se for um trabalho bem feito.

  • Bruna Bento disse:

    Não gosto muito, pois em geral, os modelos da capa não tem absolutamente nada em comum com a descrição dos personagens que o(a) autor(a) faz.
    O único livro que com modelos na capa que eu amo é “Orgulho e Preconceito” com a Keira e o Matthew ! *—-*

  • Raissa Gattera disse:

    eu acho que algumas capas acabam ficando muito lindas, mas prefiro as que tem desenhos de partes da história ou aquelas bem simples só com o nome mesmo

  • Mirella P. disse:

    Não consigo imaginar os modelos da capa como os personagens do livro, então não faz diferença lol

  • Morgan Rose disse:

    Acho bem bregas. Não gosto. =/

  • Isadora Aragão disse:

    Por mim tanto faz. Tem capas que tem modelos na frente e são muito bonitas. Como uma edição do livro Lolita. É uma menina na frente e é linda. Isso não influência muito a minha escolha.

  • Vilmar Junior disse:

    Eu não me importo muito com a capa, antes eu deixava a capa me influenciar bastante, mas agora para mim não importa.

  • Melissa de Sá disse:

    Não tenho nada contra capas de modelos per si, mas não gosto daquelas capas que têm modelos lindas/lindos de matar. Aquelas capas onde as pessoas são super irreais, onde os modelos têm pouco a ver com as personagens e estão li apenas para “embelezar” o livro. Um exemplo seria as capas da série Academia de Vampiros: ridículas! Eu adoro os livros, mas tenho vergonha daquelas capas.

    Os modelos têm que ter a ver com os personagens ou pelo menos com o tema do livro! Uma capa com modelos que gosto muito, por exemplo, é a do livro Annabel e Sarah. Essa sim combina demais!

  • ELIZABETH MACHADO SALLES disse:

    Depende do que se trata. Qual o conteúdo do livro, se tem relação e assim por diante.

  • Flávia Fernandes disse:

    Se for um livro que estou muito querendo ler… n posso fazer nada. Mas se eu posso escolher ou ao comprar um livro pela capa escolho os que NÃO tem modelos! odeio… acho muito nada a ver, não combina… igual antigamente que tinha fotos de mulheres nas embalagens de xampu, coisa esquisita.

  • Debora Miller disse:

    breguíssimas.

  • Drielle Giovana disse:

    Tem uns livros que ficam bonitos e não fica sem noção, mas tem outras completamente ridículas, depende de como for a foto.

  • Thicy Lopes disse:

    Depende muito do livro e do gênero, mas na maioria das vezes eu gosto bastante!!

  • Cris Aragão disse:

    Eu quase nunca gosto de capas com modelos, algumas são bregas, outras não têm muito a ver com a trama. Mas algumas também são muito boas, depende muito.

  • Bianca Remohi disse:

    Dependendo do livro, combina. Quando se é por exemplo um romance, que nem os livros do Nicholas Sparks, ou quando é sobre Deusas e na capa há uma modelo fantasiada, isso é bem legal. Mas gosto de livros que envolvem o objeto principal da história da capa, como por exemplo As Crônicas de Nárnia onde é o Leão, ou Violetas de Março com o diário na capa. 🙂

  • Bruu Gonçalves disse:

    #24 – Qual sua opinião sobre capas com modelos? (tipo, pessoas reais e não desenhos etc.)

    Sinceramente? Não gosto muito, pois gosto de imaginar o personagem e muitas vezes a capa é muito diferente ://

  • Jullyane Prado disse:

    EU gosto muiiiito livros com pessoas reais, deixa o livro mais bacana e mais real ainda, a gente já lê o livro e imagina a pessoa da capa, não precisa criar sua própria personagem. rsrsrs!

  • Nivia Fernandes disse:

    Tem umas capas que são bonitas com modelos, mas ainda prefiro desenhos. Porque desenho, na minha opinião, possui uma expressão e interpretação mais pessoal da obra. Admiro muito.

  • patty pereira (@pacupe) disse:

    definitivamente eu não gosto, prefiro contruir o personagem a partir do livro e capas com modelos limitam minh imaginação.

  • Hannah disse:

    Eu tenho um preconceito muito grande com fotos de pessoas na capa, como em Estilhaça-me e Liberta-me… Aquilo foi uma tragédia.

  • Claudia Nobre disse:

    Não gosto não, me lembram aquelas fotonovelas antiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiigas!!!
    Prefiro capas simples, só com as informações básicas mesmo, ou ilustrações.

  • Só mais um disse:

    Eu não apenas gosto, como PREFIRO capas com modelos. Não sei ao certo porquê, apenas acho elas mais bonitas. Vá entender, gosto é gosto. 😛

    Att.,
    Eduarda Henker
    http://www.blogsomaisum.blogspot.com.br

  • Fabíola Nunes disse:

    Não tenho absolutamente nada contra. Apenas acho que o trabalho deve ser bem feito e tenha a ver com o conteúdo do livro.

  • Joedson Lopes disse:

    Existem alguns tipos de livros que combinam mais com capas com pessoas, mas normalmente não curto muito… prefiro alguma arte, acho mais bonita! Se bem que existem capas e capas, né? Tem umas que parece que o pessoal estava com preguiça de fazer alguma coisa decente e me taca uma pessoa ou um casal aleatoriamente na capa sem nenhum cuidado na harmonia!

  • Jaqueline Cruz disse:

    Prefiro muito uma capa com gravuras ao invés de modelos. Não consigo evitar de imaginar os modelos no lugar dos personagens e na hora de ler um livro AAAAMO contar apenas com minha imaginação, ficando muito mais fácil quando são desenhos!

  • Juliana Souza disse:

    Eu gosto de capas com modelos, acho super bonitas em livros YA. As com desenhos não me atraem muito. Mas isso é apenas um detalhe, o importante é a estória.

  • Livia Vieira disse:

    Eu acho que fica legal desde que não mostre o resto da modelo (como em A seleção). As vezes eu sinto como se a modelo da capa fosse para ser a personagem principal, mas geralmente ela nunca parece com oq eu imagino, hahaahha

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem