Sexta do Sebo #5

sexta_do_sebo

Hoje é sexta-feira, pessoal! É feriado, é quase Páscoa, mas também é dia de ganhar livros na Sexta do Sebo #5! Semana passada perguntamos qual foi a maior decepção literária e tivemos várias respostas legais e até mesmo autores aliviados por seus livros não aparecerem nos comentários! rs =)

Acho que uma das minhas maiores decepções literárias foi a série Feios, de Scott Westerfeld. Fiquei tão irritada com essa série que abandonei Perfeitos, o segundo da saga, e depois só li spoilers. E fiquei feliz por não ter perdido meu tempo lendo o restante da saga. Blé!

Mas vamos deixar de enrolação! Hoje temos mais pergunta e mais um sorteio! Vamos lembrar as regras?

Lembrando que a Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. Alguns livros estão em inglês, como podem ver na lista, e alguns livros serão enviados dos Estados Unidos (a Vania da nossa equipe mora lá); para esses livros, o prazo de entrega pode variar um pouco mais. Para os demais, é o prazo normal que utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedor. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random

O vencedor da Sexta do Sebo #4 foi…

sexta_do_sebo#4_resultado1

Livia Vieira, por gentileza, envie-nos um e-mail para o contato@poressaspaginas.com ou poressaspaginas@gmail.com com o seu endereço e o livro que escolheu em até 48 horas. Caso contrário será realizado um novo sorteio.

Observação: O número máximo utilizado no Random foi 29 pois houve um comentário repetido.

E agora vamos a pergunta da semana:

#5 – Romance é realmente sempre necessário para tornar uma história cativante na sua opinião? Um livro tem graça se não possuir em sua história uma relação romântica?

Basta responder a essa pergunta nos comentários e você já estará concorrendo ao sorteio! Boa sorte!

E aí vai a lista de livros disponíveis:

The Catcher in the Rye – J.D. Salinger (em inglês)
Eat, Pray, Love – Elizabeth Gilbert (em inglês)
Dedication – Emma McLaughlin & Nicola Kraus (em inglês)
The Thing About the Truth – Lauren Barnholdt (em inglês)
Night – Elie Wiesel (capa levemente rasgada no canto inferior esquerdo – em inglês)
The Scarlet Letter – Nathaniel Hawthorne (em inglês)
Uglies – Scott Westerfeld (em inglês)
Pretties – Scott Westerfeld (em inglês)
Specials – Scott Westerfeld (em inglês)
Extras – Scott Westerfeld (em inglês)
A Northern Light – Jennifer Donnelly (em inglês)
Twilight – Stephenie Meyer (em inglês)
The Jane Austen Book Club – Karen Joy Fowler (em inglês)
The Time Traveler’s Wife – Audrey Niffenegger (em inglês)
A Vintage Affair – Isabel Wolff (capa um tanto quanto “viajada” – em inglês)
The Holy Man – Susan Trott (em inglês)
The Selected Poems of Emily Dickinson – Emily Dickinson (em inglês)
Two or Three Things I Know for Sure – Dorothy Allison (em inglês)
The Five People You Meet in Heaven – Mitch Albom (em inglês)
The Diamond as Big as the Ritz and Other Stories – F. Scott Fitzgerald (em inglês)
The Stranger – Albert Camus (em inglês)
Feios – Scott Westerfeld (encapado)
O caso do marquês desaparecido – Nancy Springer (encapado)
Fifty Shades of Grey – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades Darker – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades of Freedom – E. L. James (em inglês)
Diários do Vampiro, O Despertar – L. J. Smith
Diários do Vampiro, O confronto – L. J. Smith
Nick & Norah, uma noite de amor e música – Rachel Cohn & David Levithan
Swoon – Nina Malkin
Laços de Fogo – Nora Roberts
Laços de Gelo – Nora Roberts
Laços de Pecado – Nora Roberts
Além do azul do céu – Nora Roberts
Everyone worth knowing – Lauren Weisberger (em inglês)
Negócio de Risco – Nora Roberts
A suspeita – Nora Roberts
Concerto Inacabado – Nora Roberts
Segunda Natureza – Nora Roberts
Retratos de um verão – Nora Roberts
A garota da capa vermelha – Sarah Blakley-Cartwright, David Leslie
This Charming Man – Marian Keyes (em inglês)
Jane Eyre -Charlotte Bronte
Emma – Jane Austen
Mansfield Park – Jane Austen
Pride and Prejudice – Jane Austen
O morro dos ventos uivantes – Emily Brontë (edição antiga, beeeeeeem antiga)
O mágico de Oz – L. Frank Baum
Diamantes do sol – Nora Roberts
Cerimônias satânicas – T.D Klein
Toda mulher é meio Leila Diniz – Mirian Goldenberg
Ídolo Teen – Meg Cabot
Pegando Fogo – Meg Cabot
Lua Azul – Alyson Noel (data e capa preta meio arranhada)
Radiante – Alyson Noel
Infinito – Alyson Noel
Estrela da Noite– Alyson Noel
Chama Negra – Alyson Noel
Terra de Sombras – Alyson Noel (capa preta meio arranhada)
Morte nas Nuvens – Agatha Christie
A Lista dos Desejos – Eoin Colfer (Capa um pouco amarelada)
Artemis Fowl – The Opal Deception (Folhas um pouco amareladas – em inglês)
Black Hills – Nora Roberts (Capa com a ponta amassada – em inglês)
Tears of the Moon – Nora Roberts (capa branca um pouco suja – em inglês)
Sea Swept – Nora Roberts (em inglês)
The Search – Nora Roberts (em inglês)
Heart of the Sea – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Jewels of the sun – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Tribute – Nora Roberts (em inglês)
Gossip Girl – Cecily von Ziegesar (folhas MUITO amarelas – em inglês)
Coleção Vira Vira – Pecados Sagrados / Doce Vingança – Nora Roberts
De agora em diante – Nora Roberts
Face the fire – Nora Roberts (amarelado – em inglês)
Heaven and Earth – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
Dance upon the air – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
The devil wears Prada – Lauren Weisberger (páginas amareladas – em inglês)
Chasing Harry Winston – Lauren Weisberger (páginas amareladas – em inglês)

Twilight – Stephenie Meyer (encapado – em inglês)

Game of Thrones – George R.R.Martin (em inglês)
A Storm of Swords – George R.R.Martin (em inglês)
A Clash of Kings – George R.R.Martin (em inglês)
Savor the moment – Nora Roberts (em inglês)The Last Song – Nicholas Sparks (em inglês)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Kelry Caroline disse:

    Bem, acho que um livro, tem de ter ao menos uma página de romance, é necessário que tenha, pois assim livro fica bem mais emocionante. Pode até ter uma ficada em uma festa ou coisa do tipo, afinal é romântico.

  • Cris Aragão disse:

    Para mim romance não é essencial para um livro ser perfeito, adoro livros policiais e trillers e nesse tipo de livro o romance muitas vezes vira uma distração para o foco principal que é a investigação.

  • Rayanne Barbosa disse:

    Acredito que não, já li livros que não tinha um romance como plano de fundo principal e que adorei. Mas sempre que se tem uma história de amor, por mais banal que seja, me sinto mais ‘motivada’ para prosseguir com a leitura. 😀

  • Andreza Galvão disse:

    Eu acho que não necessariamente para uma história ser boa e cativante tem que ter romance. Mas é claro que muitas vezes dá uma maior “leveza” ao livro e ajuda na leitura. 🙂

  • Livia Vieira disse:

    Eu acho que não.. A maioria dos autores colocam romance para dar ao livro um “algo mais”, livros como O mágico de oz não tem romances e não deixam de ser fantástico! Romances são dispensáveis, mas não em todos os casos 😀

  • Amanda disse:

    Eu não acho romance necessário, eu já li Agatha Christie e Arthur Conan Doyle e nem romance tem nos livros e nem por isso ficou ruim, pra falar a verdade, até fugiu um pouco daquela coisa de amor e melação. 😀

  • Larissa Martins disse:

    Não. realmente não acho que seja um tema necessário para um livro ser bom, já li livros que não continham romance devotado e apaixonado (os policiais principalmente) e realmente gostei. Mas, pessoalmente, acho que o romance pode deixar uma história mais emocionante, se o escritor souber falar sobre o amor, e não apenas discorrer paginas e mais paginas de amor açucarado e obsessivo.

  • Rangel Lobo disse:

    Acho que não, não precisa ter sempre um romance, mas depende do gosto de cada um, gosto de estórias sobrenaturais e de suspenses como da autora agatha christie e também gosto de romances como as do Nicholas Sparks, livros com focos sobrenaturais e fantasia quase não tem romance e sempre gosto de ler.E respondendo agora a segunda pergunta eu acho que sim o livro tem graça mesmo não tendo romance,e gosto de estórias emocionantes mas que não tem tom de relacionamentos amorosos e também de livros narrando sobre a História antiga e presente, como guerras e política! abraços!! =)

  • Thais Assunção disse:

    Não acho romance essencial para um livro, pois o terror, o suspense e as aventuras de alguns livros substituem essa parte do romance, e realmente não faz falta alguma dependendo de um livro! Mas o romance também é muito bom, meus romances preferidos são do Nicholas Sparks, mesmo me decepcionando com alguns livros dele, outros me deixaram suspirando por semanas, mas agora estou lendo As Cronicas de Narnia, e ainda não senti falta do romance, pelo contrario achei até melhor tantas aventuras, ao invés de um romance apenas…

  • Roberta Spindler disse:

    Não acredito que o romance seja algo indispensável para um livro funcionar. Há histórias que não têm por foco o relacionamento romântico entre os personagens e mesmo assim são cativantes para o leitor. No entanto, como o amor e a paixão fazem parte de nós, gostamos de ler sobre tais assuntos e nos sentimos atraídos por eles. =)

  • Taina disse:

    Não acho essencial para um livro ter um romance. Costumo ler livros que não têm e na maioria das vezes não me faz falta, contanto que o tema seja interessante e bem desenvolvido. Mas é sempre bom torcer para que um casal fique junto no final e suspirar naquelas declarações e demonstrações de amor que fazem você querer alguém assim para você…

  • Raissa Gattera disse:

    Não acho que Romance seja essencial para um livro ser bom, já li muitos que não tinham e mesmo assim não deixaram a desejar. Não é um casal romântico que vai nos fazer gostar ou não de um livro mas sim a história que o próprio livro traz. (:

  • Eduardo disse:

    Não, seria pressupor que todas as pessoas gostam de romances, e isso não é verdade. Além disso, há muitos outros elementos de atração e identificação numa história, como por exemplo, o comportamento do personagem principal ou mesmo de personagens secundários.

  • Gabriela Lessa disse:

    Eu não acho que precise, alguns livros muito bons de suspense não precisam de romance.

  • Thamires Perrone disse:

    Com certeza nao precisa de uma relaçao amorosa, tanto que ja li um livro assim e adorei. Porém é sempre bom suspirar um pouquinho e torcer pelo casal ne rs

  • Melissa de Sá disse:

    Não, eu não acho que romance seja necessário para fazer uma boa história. Pra mim, o que importa mesmo são se os personagens são críveis e se a trama é boa. O romance ou a ausência dele são só um efeito colateral.

  • Erica Martins disse:

    Depende do gênero, alguns livros juvenis , de aventura não precisam ter um romance para ser bom. Mas acho que o romance sempre é inserido porque faz parte da vida da maioria das pessoa, faz com que elas se identifiquem (ou não) mais com as histórias.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

  • Carolina disse:

    Depende da trama, da escrita do autor, mas não é necessário um romance para fazer boa história.
    Beijos

  • Manu Hitz disse:

    De forma alguma. Li em março dois livros que me prenderam, sem um caso amoroso na história: ‘Ratos’ e ‘Extraordinário’. Ambos foram maravilhosamente bem escritos e não havia romance.

  • Nivia Fernandes disse:

    Romance torna a leitura mais fluida, porque sempre em algum nível a gente se identifica com os sentimentos envolvidos. Claro, descartando os casos em que os autores enfiaram uma agulha de glicose no braço antes de escrever.
    Mas não acho essencial, não. É um elemento que cativa a maioria. Mas não é fundamental. Bons livros de suspense, terror, aventura e políticos sobrevivem bem sem um romance. Depende do que você busca.

  • Greice Michele disse:

    Não necessariamente. Existem centenas de livros maravilhosos que não têm um romance no meio, mas eu particularmente me sinto mais atraída pelo livro quando há uma história amorosa. Fica mais leve (ou não) e gostosa a leitura, na minha opinião. Prefiro livros com romance mas não que seja necessário em todos.

  • Camila Carvalho disse:

    Não é necessário, com certeza. Alguns dos livros que gostei muito não tinham nenhum tipo de romance. Mas não posso negar que o livro se torna mais interessante quando há algum interesse amoroso. Ressalte-se que não gosto muito de mimimi, mas, pra mim, sim, a história de torna mais agradável.

  • ana paula ramos disse:

    Olha….. eu adoro romances…..mas tbem acho que se for bem escrito, o livro não precisa ter não.
    E quando o livro é chatinho, nem uma historia de amor salva!

    bjossss

  • Erica Lima disse:

    Eu não gosto de livros de amor, só de amor, com o tema principal amor. Acho que nunca li, pra falar a verdade. Mas acho que seria cansativo.
    Já livros de ficção, distopias e outras que tem um toque de amor, algum casal que o leitor fica esperando dar certo dá um toque a mais no livro. Exemplos de livros assim: Ecos da Morte, Estilhaça-me, Destino.

  • Alexandre Fonseca disse:

    Para mim não, já que não é meu gênero preferido, um tal envolvimento amoroso até poderia me fazer não ler o livro.

  • Isadora disse:

    Acho que romance na medida certa, sim. Afinal, quem não gosta de um romancezinho? Beem, pelo menos eu gosto. Mas, não sendo o foco o romance em si.

  • Matheus B. disse:

    eu, particularmente, não gosto de romances tanto assim HUAHAUHAHAA
    DESLEMBRANÇA, por exemplo, a história é original, mas PARA MIM o romance dentro da história deixou o livro muito chato -até botei pra trocar HAAHAHHA 😡
    em suma, acho que não precisa de romances não em uma história O/

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem