Sexta do Sebo #71

sexta_do_sebo

Sexta do Sebo no ar! Because I’m happy… lá, lá, lá! (estou ouvindo essa música e dançando que nem um Minion!)

Bem, sobre a pergunta da semana… eu não estaria num lugar muito feliz. Estaria na Inglaterra, em meio à Primeira Guerra Mundial, com um pai no front e uma mãe definhando para tentar sobreviver em meio ao caos. Triste. Mas o livro é muito bom! Fique onde está e então corra, do incrível e perfeito John Boyne. Logo vai ter resenha. 🙂

‘Bora lembrar as regras?

Lembrando que a Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. O prazo de entrega dos livros é o que normalmente utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedor. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random

O vencedor da Sexta do Sebo #70 foi…

sexta_do_sebo#68_resultado1sexta_do_sebo#70_resultado1

sexta_do_sebo#63_resultado1Parabéns, Solange Cristina! Por gentileza, envie-nos uma mensagem para os endereços de e-mail contato@poressaspaginas.com ou poressaspaginas@gmail.com com o seu endereço e o livro que escolheu em até 48 horas. Caso contrário será realizado um novo sorteio.

E agora a pergunta da semana:

#71 – Qual o livro que marcou sua infância? Diga o nome do livro e do autor, porém, se não conseguir lembrar, vale descrever o enredo, capa e especialmente, a sensação de lê-lo!

Basta responder a essa pergunta nos comentários e você já estará concorrendo ao sorteio! Boa sorte! E aí vai a lista de livros disponíveis:

Fifty Shades of Grey – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades Darker – E. L. James (em inglês)
Fifty Shades of Freedom – E. L. James (em inglês)
Everyone worth knowing – Lauren Weisberger (em inglês)
Concerto Inacabado – Nora Roberts
Segunda Natureza – Nora Roberts
Retratos de um verão – Nora Roberts
Infinito – Alyson Noel
Estrela da Noite – Alyson Noel
Terra de Sombras – Alyson Noel (capa preta meio arranhada)
Artemis Fowl – The Opal Deception (Folhas um pouco amareladas – em inglês)
Black Hills – Nora Roberts (Capa com a ponta amassada – em inglês)
Tears of the Moon – Nora Roberts (capa branca um pouco suja – em inglês)
The Search – Nora Roberts (em inglês)
Heart of the Sea – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Jewels of the sun – Nora Roberts (Folhas meio amareladas – em inglês)
Tribute – Nora Roberts (em inglês)
Gossip Girl – Cecily von Ziegesar (folhas MUITO amarelas – em inglês)
De agora em diante – Nora Roberts
Face the fire – Nora Roberts (amarelado – em inglês)
Heaven and Earth – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
Dance upon the air – Nora Roberts (amarelado e a capa está um pouco suja – em inglês)
Chasing Harry Winston – Lauren Weisberger (páginas amareladas – em inglês)
Twilight – Stephenie Meyer (encapado – em inglês – com algumas manchas)
A Clash of Kings – George R.R. Martin (em inglês)
Savor the moment – Nora Roberts (em inglês)
J.K. Rowling – Uma biografia do gênio por trás de Harry Potter – Sean Smith
(páginas amareladas e letras da capa descascadas)
Amnésia – Jennifer Rush (prova de livro em A4 – encadernada)
Melancia – Marian Keyes (pocket/ com nome na primeira folha)
Férias – Marian Keyes (pocket/ com nome na primeira folha)
Diário de uma Paixão – Nicholas Sparks (pocket/ com nome na primeira folha)
Conselho de Amiga – Siobhan Vivian (amarelado em algumas páginas)
Sonhe Mais – Jai Pausch (amarelado em algumas páginas)
Manhã, Tarde & Noite – Sidney Sheldon (com dedicatória na primeira folha e páginas amareladas nas bordas)
As Areias do Tempo – Sidney Sheldon (com dedicatória, páginas amareladas e capa em mau estado;
livro antigo)
Se Houver Amanhã – Sidney Sheldon (livro antigo, mas em bom estado; algumas páginas amareladas)
O Vôo da Águia – Ken Follett (com nome nas duas primeiras folhas, livro antigo com algumas páginas
amareladas)
A Ira dos Anjos – Sidney Sheldon (livro antigo; com algumas manchas e páginas amareladas;
capa e lombada com alguns defeitos causados pelo tempo)
O buraco da agulha – Ken Follett (livro antigo em capa dura; algumas páginas amareladas)
A mão misteriosa – Agatha Christie (livro antigo com nome na primeira folha e páginas amareladas)
Escrito nas estrelas – Sidney Sheldon (livro antigo com algumas páginas amareladas)
Um estranho no espelho – Sidney Sheldon (livro antigo, em brochura, com nome na primeira folha e
algumas páginas amareladas)
Um estranho no espelho – Sidney Sheldon (livro antigo, em brochura, versão econômica sem orelhas e
algumas páginas amareladas)

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Barbara disse:

    Meu pé de laranja lima, José Mauro de Vasconcelos

  • Katia Costa Schwanke (katiaelipe) disse:

    O Livro que marcou minha infancia foi Zezinho o Dono da Porquinha Preta do autor Jair Vitoria pois foi o primeiro que ganhei na vida, quando tinha uns 9 anos e hj tenho 40, lembro dele até hoje.

  • Douglas Fernandes disse:

    Na inha infancia eu gostava muito dos gibis da turma da Mônica 😀

  • Juliana Jesus disse:

    um dos primeiros que li e que marcou foi A Casa Sonolenta. (Andrey Wood).

  • Débora disse:

    Muitos livros marcaram minha infância, como os do Monteiro Lobato com seu Sítio do picapau amarelo. Meu pé de laranja lima, A terra dos meninos pelados, etc. Mas o que deixou marcas mesmo e que me fez entrar num mundo de fantasia e magia foi a série Harry Potter. Que marcou minha infância e adolescência.

  • Juliana Holdefer disse:

    Eu realmente não lembro de nenhum livro que pegava quando criança além de gibis, mas com uns 12 ou 13 anos eu li Romeu e Julieta, e foi assim que eu comecei a ler livros, e parei de querer gibis kkk

  • Carla disse:

    Na verdade, os livros que marcaram minha infância foram os de Harry Potter da JK Rowling ♥ e me fizeram entrar no mundo da leitura.

  • Jenefer Alexandre disse:

    Os livros que marcaram a minha infância foram dois: A Fada Que Tinha Ideias, da Fernanda Lopes de Almeida, e A Bolsa Amarela, da Lygia Bojunga.

  • Sabrina Nunes Finoti disse:

    Eu gostava muito de Monteiro Lobato quando tinha 12 anos (quando realmente percebi que adorava ler), na minha escola tinha aquela coletanea com capas duras e cada semana eu pegava um pra ler.

  • Giovanna Territsen disse:

    Com cerrteza foi Harry Potter. Foi o livro que me iniciou no mundo da leitura e que sou apaixonada até hoje. Com o mundo criado pela Rowling eu me sentia menos só, e devorei a série. Amo e tenho um carinho super especial por eles.

    http://encantosparalelos.blogspot.com.br/

  • Hellen Nobre disse:

    O livro é A droga da obediência, de Pedro Bandeira =D

  • Juliana Souza disse:

    Eu lia gibis na infância. Porém, o que me fez amar leitura foi o livro A Marca de Uma Lágrima do Pedro Bandeira e A Menina Que Roubava Livros, mas eu já tinha 15, 16 anos.

  • Cristiane disse:

    São tantos livros que marcaram minha infância… Vou citar dois deles que foram A Fada que tinha ideias de Fernanda Lopes de Almeida e Pluft, o Fantasminha de Maria Clara Machado.

  • Larissa Telles disse:

    Aqueles famosos livrinhos fininhos de contos de fadas, eu lia também a coleção dos Amiguinhos do Criador, enfim, aqueles livrinhos definitivamente de crianças kkkk

  • Fabiana Strehlow disse:

    Meu Pé de Laranja Lima – José Mauro de Vasconcelos

  • Kamilla Evely disse:

    Não lembro dos livros que li em infância. Aliás, comecei a ler mais agora. Depois de velha hhauha Mas como serei pra sempre uma criança, um que me marcou foi Harry Potter ^^

  • Cris Aragão disse:

    Meu pé de laranja lima, euzinha curtindo os clássicos desde sempre.

  • Livia Vieira disse:

    O menino do dedo verde, Maurice Druon. Foi o primeiro livro que eu li e eu lembro que na época não gostei muito dele, haha

  • Mirella disse:

    Um livro que marcou quando eu ainda tinha uns 9 anos por Twilight.

  • Mirella disse:

    Um livro que me marcou bastante quando eu tinha uns 9 anos foi Twilight.

  • Tainara H. disse:

    Além de vários da Série Vaga-Lume, acho que o que mais me marcou, pelo “trauma” na época e por eu lembrar de todos os detalhes até hoje, foi “O Estudante”, de Adelaide Carraro. Pra uma criança esse tipo de história pode ser muito chocante e talvez tenha influenciado na minha visão da vida, de alguma forma. ;D

  • Marília Sena disse:

    Bem, eu não comecei a ler exatamente quando criança, e não consigo lembrar de algum livro infantil que tenha me marcado. Então vou falar o livro que marcou minha saída da infância e entrada na adolescência que foi Twilight, Stephenie Meyer.

  • Fabíola Nunes disse:

    O livro que marcou a minha infância foi o 1º livro que li que me fez apaixonar-me pela leitura! Chama-se É Proibido Miar – Pedro Bandeira! Conta a história de um cachorrinho que é renegado pela família por não latir e sim miar! É lindo!

  • Jessica Lisboa disse:

    Foi um livro 3D da historia dos tres porquinhos, aquilo lembro que foi magico!!

  • Carolina Ordonha disse:

    Na verdade foram dois livros que marcaram minha infância.
    Creio que foi um dos primeiros livros que li na minha vida, era cheio de ilustrações e era sobre uns dinossauros e ensinava a criança a ser educada, algo assim. Não me lembro nem do nome nem do autor, infelizmente.

    O segundo, creio que foi o livro que me inseriu no mundo da literatura. É o primeiro livro da série O Capitão Cueca, um livro super engraçado e gostoso de ler!!

    Beijos xD
    @carol_ordonha

  • Mah Barbosa disse:

    ”Uma Professora Muito Maluquinha”, do Ziraldo. Tenho certeza de que, esse é o livro que mais li na vida! Amo muito, até hoje! Foi de grande importância pra mim, pois foi o que me fez entrar de cabeça no mundo dos livros. Esse livro sempre será maravilhoso, para mim.

  • Manu Hitz disse:

    Alice no país das maravilhas (Lewis Carroll) me marcou muito. Ainda nem sabia ler e minha mãe lia pra mim. Adorava aquelas imagens malucas da Alice bem grande e depois bem pequena, do Gato e do Chapeleiro. Além do livro tinha o disquinho, hahahaha, colocava na ‘radiola’ e ficava ouvindo a narração. Tempos bons!

  • Luciana Campos disse:

    Acho que o livro que marcou a minha infância foi um que contava histórias do Pooh e que tinha até um cofrinho musical, além de imagens “3D” saltando das páginas. Lembro o quanto eu era apaixonada por esse livro e por suas páginas duras, mesmo sem saber ler eu adorava ficar folheando e olhando as imagens ^^

  • Carolina Bastos disse:

    Dois me marcaram muito: o primeiro foi a primeira história que eu li sozinha que é sobre uma princesa que tem seus irmãos transformados em gansos e precisa costurar mantas para eles voltarem ao normal, mas enquanto costura não pode falar com ninguém; e a segunda é As Crônicas de Nárnia, que foi o primeiro livro grande que eu li

  • maria eduarda disse:

    o livro que marcou minha infância foi o livro do Bambi da disney (isso mesmo Bambi),lembro de rele-lo sempre,sempre mesmo e foi logo que comecei a aprender a ler então era bem pequeno e eu adorava!

  • Sandy Mayara disse:

    Eu nao era muito de ler, mas adorava os gibis da turma da monica, as revista do Paozinho e da Açuquinha, Revista Recreio… nao é livro mas nao deixa de ser leitura né 😀 e era bom demais!

  • Mallu Marinho disse:

    A coleção Os Karas do Pedro Bandeira, sem dúvidas marcaram a minha infância. Foram os primeiros livros sem gravuras que eu li e lamento muito por não tê-los na minha estante. As capas são lindas e as aventuras além de bem escritas, muito criativas.

  • Lauren Alice disse:

    Eu aprendi a gostar de ler depois dos meus 15 anos, que mudei de colégio e as minhas novas amizades me influenciaram muito a gostar de ler. Uns dos primeiros nessa nova fase foram Fotos secretas, missão viagem e Fotos secretas missão namoro, da Angélica Lopes.
    Na minha infância eu gostava de ler gibis e o que é, o que é? , mas também gostava de ler sobre os animais, e os dois que mais me marcaram que eu lembro até hoje é O Ornitorrinco (que eu achei super fantastico um mamífero que coloca ovo, tem pelos e bico e patas de pato, que vive na água e na terra) e O Cavalo-Marinho (também achei legal só por saber que é o pai quem carrega os filhos enuanto eles são ovos e q mãe que só faz e vai-se embora hehehe)
    bjs

  • Julliany Nogueira disse:

    O menino do dedo verde de Maurice Druon. Marcou muito minha infância, porque ele ensina valores muito importantes. Sim! Ele é bobinho, mas para crianças é muito legal.

  • Aline Ramos Costa disse:

    Esse é fácil, o livro quemarcou a minha infância foi A Bolsa Amarela de Lygia Bojunga. Foi um livro que me marcou muito, pois o li quando tinha 09 anos,então imagine o quanto me identifiquei com a personagem principal.. Ano passado, acabei comprando o livro,mas ainda não tive coragem de ler, pq tenho medo de destruir essa memórias lindas que possuo. 😀

    bjs

  • Luana Reis disse:

    O único livro que marcou a minha infância que eu consigo me lembrar agora,veio da época que eu nem sabia ler ainda. Toda noite eu pedia para o meu pai ler a história do Bambi pra mim e ficava sempre muito feliz,como se fosse a primeira vez que ouvia. Agora o que mais marcou o começo da minha adolescência foi a série do O diário da princesa. Lembro até hoje do frio da barriga de esperar lançar o próximo livro, de virar a noite lendo e de reler tantas vezes a ponto de sempre saber o que ia acontecer no próximo capítulo.

  • Ronevia Novaes disse:

    Eu comecei a gostar de ler mesmo, foi na adolescência. na infância eu gostava muito das revistinhas Gibis do Cabo Zero, Turma da Mônica, Tio Patinhas, entre outros. Mas tem um livro em especial que marcou muito, estava na transição entre infância e adolescência… Bem do Seu Tamanho de Ana Maria Machado. Me diverti muito com as aventuras de Helena e sua turma.

  • Inês Gabriela A. disse:

    Caraca, fiquei em dúvidas entre Pollyanna e O Pequeno Príncipe.
    O Pequeno Príncipe eu li aos 8 anos, gostei tanto que devorei em um dia! Pollyanna acredito ter lido aos 11. O livro me encantou tanto e de tal maneira q eu fiquei tentando jogar o jogo do contente por meses! Mas tenho que admitir que é especialmente difícil.

  • Raquel Pereira disse:

    Com certeza foi O pequeno principe de Antoine de St Exupery.

    Bjok

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem