Posts com a tag ‘Adrian Ivashkov’


Bloodlines Read-Along: Capítulos 5-8

Yay! No segundo dia do nosso Bloodlines Read-Along (para acompanhar os outros posts é só entrar aqui), nós vamos discutir do capítulo 5 até o capítulo 8. Peguem os seus livros e participem conosco! Lembrando: os meus comentários estão em vermelho e os da Vania em roxo! Não deixem de acompanhar a leitura conosco e comentar para concorrer a prêmios no final do Read-Along!

bloodlines1

Continue lendo…




Queridinho do Mês: Adrian Ivashkov

Bom dia pessoal! Hoje estamos de volta com o Queridinho do Mês, e o amado de hoje é tão especial, mas tão especial que eu não poderia falar dele sozinha; minha paixão por Adrian Ivashkov é dividida igualmente com a Lany. E é claro que com todo o seu charme, ele não aceitaria que esse post tão maravilhoso fosse escrito por uma pessoa só, por isso meu texto será roxo e o da Lany vermelho.

ATENÇÃO: Esse post contém altos níveis de fangirling e spoilers da série Vampire Academy e Blodlines (Laços de Sangue)

fangirling

He was too perfect despite being one of the most imperfect people I knew




Resenha: The Indigo Spell (Bloodlines #3)

indigo_spell_capaATENÇÃO: Além de spoilers de Bloodlines e The Golden Lily, os dois primeiros livros da série, essa resenha contém ALTOS NÍVEIS de fangirling.

Essa semana foi lançado o terceiro livro da série Bloodlines (Laços de Sangue, com lançamento previsto para Junho/13 pela Editora Seguinte). Esse é um título que tanto a Lany quanto eu esperamos ansiosamente desde Junho de 2012, quando o segundo volume da série saiu aqui nos Estados Unidos. É o tipo de livro pelo qual nós fazemos contagem regressiva, que nos deixa de ressaca literária por um bom tempo após sua leitura. É aquele livro que a gente compra o ebook pra podermos fazer o download dele à meia-noite e já começar a ler. Como o livro foi lançado terça-feira – e nada de Carnaval por aqui – eu tive aula normal na universidade e por isso fui torturada pela Lany (que terminou de ler bem antes de mim) pelo twitter. Chegando em casa, não pude ficar atrás, e embora eu tivesse dois artigos para escrever, deixei meu lado Sydney Sage de lado e embarquei logo nas páginas de The Indigo Spell.

what do you think, buttercup?




Resenha: The Golden Lily (Bloodlines #2)

ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers do primeiro livro da série Bloodlines (resenha aqui).

 

Ficha técnica:

Título: The Golden Lily
Autor: Richelle Mead
Editora: Razorbill
Páginas: 418
Onde comprar: Livraria Cultura
Minha opinião: 

 Desde que li Bloodlines ano passado, mal consigo conter minha ansiedade por sua continuação. The Golden Lily foi lançado aqui nos Estados Unidos ontem, e como hoje tive um merecido dia de folga, mergulhei no mundo de Morois, Strigois, Dhampirs e Alquimistas criado por Richelle Mead.

Isn’t it obvious, Sage?




Resenha: Laços de Sangue (Bloodlines #1)

ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers dos seis livros da série Academia de Vampiros.

“Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger – os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável – ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono – o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade. Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com Jill e seu guardião Eddie, quando os três são matriculados como irmãos no último lugar em que qualquer um procuraria a realeza dos vampiros – a Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. Mas entre uma pizza e outra, entre um jogo de minigolfe e uma conversa sobre garotos, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo de Jill que desperta os sentimentos mais contraditórios – e proibidos – em Sydney… O problema é que além de refletir sobre suas convicções e se preocupar com o seu coração, que anda acelerando mais do que deveria, a garota terá de encarar outros inconvenientes um pouco mais graves, como as tatuagens que viraram febre entre os alunos da escola e que parecem conferir poderes sobrenaturais a quem as usa. De que ingredientes elas eram feitas? Quem estaria por trás disso? Será que havia algum alquimista traidor entre eles? Caberá a Sidney resolver todos esses mistérios e garantir a paz entre os humanos antes que seja tarde demais.” Fonte

Okay, eu admito: a série Vampire Academy da autora Richelle Mead é meu grande guilty pleasure literário. Li os cinco exemplares, embora não saiba exatamente o que me levou a continuar lendo livros narrados por uma personagem que eu simplesmente detesto. Mas lidos eles foram, e embora Rose e Dimitri não façam parte do hall dos meus personagens favoritos, outros ocuparam esse posto dentro da série, especialmente Adrian Ivashkov. Por isso eu fiquei extremamente contente quando esse spin-off foi lançado: poderíamos ver um pouco mais de Adrian, dos Moroi, Dhampirs e Alquimistas que permeiam o universo criado por Mead sem a chatice da Rose. Para ler Bloodlines não é necessário ter lido a série predecessora, embora ajude no entendimento da história.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 5 de 6« Primeira...23456