Posts com a tag ‘apocalipse’


Resenha: Mundo Novo

Mundo Novo“Neste mundo novo, só restaram os adolescentes e a sobrevivência da humanidade está em suas mãos.
Imagine uma Nova York em que animais selvagens vivem soltos no Central Park, a Grand Central Station virou um enorme mercado e há gangues inimigas por toda a parte. É nesse cenário que vivem Jeff e Donna, dois jovens sobreviventes da propagação de um vírus que dizimou toda a humanidade, menos os adolescentes.
Forçados a deixar para trás a segurança de sua tribo para encontrar pistas que possam trazer respostas sobre o que aconteceu, Jeff, Donna e mais três amigos terão de desbravar um mundo totalmente novo. Enquanto isso, Jeff tenta criar coragem para se declarar para Donna, e a garota luta para entender seus próprios sentimentos – afinal, conforme os dias passam, a adolescência vai ficando para trás e a Doença está cada vez mais próxima.”

Vou começar essa resenha sendo bastante sincera: eu fiquei com uma dúvida muito grande se eu lia Mundo Novo ou não. A sinopse dele me chamou muito atenção, porém… Ele tinha todos os requisitos para ser uma grande decepção. Então eu pensei… Pensei uma outra vez… Pensei novamente… E depois de algumas mensagens da Lucy, resolvi arriscar. E que bom que isso aconteceu – porque Mundo Novo foi uma leitura deliciosa e exatamente o que eu precisava nesse momento.

Em Mundo Novo, o planeta Terra está bem diferente do que nós conhecemos. Um homem havia dado entrada em um hospital se queixando de dores no peito. Dentro de um dia o hospital inteiro foi varrido pela doença. O vírus não deixou nenhuma chance: ninguém conseguia contê-lo e rapidamente ele foi se espalhando pelo mundo todo. A internet e todos os meios de comunicação começaram a sair do ar, um a um, e a histeria começou a tomar conta da população. Mas essa doença tinha uma característica peculiar: ela só atacava adultos e crianças pequenas. Depois de um mês, em Nova York, só tinham restado os adolescentes. Para tentar sobreviver, os jovens dividiram-se em tribos, cada um com uma filosofia diferente. Mas todos eles sabem do seu fim certo: aos 18 anos, por causa do vírus, todos eles irão morrer.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: A Torre Árabe e A Torre Acima do Véu

Já fazia algum tempo – mais precisamente desde essa resenha no blog Livros de Fantasia – que eu estava morrendo de vontade de ler A Torre Árabe, da autora Roberta Spindler. Vocês provavelmente já a conhecem, ela é a autora de Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos, livro resenhado aqui. Eu gosto muito da escrita dela e quando comecei a lê-lo… e não consegui mais parar! Alucinante e de tirar o fôlego, digo com toda a convicção: você precisa ler.

“Em uma Terra devastada por uma névoa venenosa, os poucos humanos sobreviventes se refugiaram nos altos arranha-céus. Acuados e sob o ataque constante dos seres misteriosos chamados Sombras, vivem com receio da escuridão. A Torre Árabe é sua única proteção, cheia de armamentos e da mais avançada tecnologia humana. Beca se prepara para a sua mais importante missão. Auxiliada por seu pai Lion e seu irmão Ed, irá se esgueirar no domínio dos Sombras e tentaria roubar um dos raros Cubos de Luz – preciosa fonte de energia limpa. O que Beca não sabe é que acabará descobrindo muitos mistérios, alguns que envolvem até mesmo a poderosa Torre Árabe.” Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Passagem

“Primeiro, o imprevisível: a quebra de segurança em uma instalação secreta do governo norte-americano põe à solta um grupo de condenados à morte usados em um experimento militar. Infectados com um vírus modificado em laboratório que lhes dá incrível força, extraordinária capacidade de regeneração e hipersensibilidade à luz, tiveram os últimos traços de humanidade substituídos por um comportamento animalesco e uma insaciável sede de sangue. Depois, o inimaginável: ao escurecer, o caos e a carnificina se instalam, e o nascer do dia seguinte revela um país – talvez um planeta – que nunca mais será o mesmo. A cada noite, a população humana se reduz e cresce o número de pessoas contaminadas pelo vírus assustador. Tudo o que resta aos poucos sobreviventes é uma longa luta em uma paisagem marcada pelo medo da escuridão, da morte e de algo ainda pior. Enquanto a humanidade se torna presa do predador criado por ela mesma, o agente Brad Wolgast, do FBI, tenta proteger Amy, uma órfã de 6 anos e a única criança usada no malfadado experimento que deu início ao apocalipse. Mas, para Amy, esse é apenas o começo de uma longa jornada – através de décadas e milhares de quilômetros – até o lugar e o tempo em que deverá pôr fim ao que jamais deveria ter começado. A passagem é um suspense implacável, uma alegoria da luta humana diante de uma catástrofe sem precedentes. Da destruição da sociedade que conhecemos aos esforços de reconstruí-la na nova ordem que se instaura, do confronto entre o bem e o mal ao questionamento interno de cada personagem, pessoas comuns são levadas a feitos extraordinários, enfrentando seus maiores medos em um mundo que recende a morte.” Fonte

O primeiro ponto positivo que preciso falar sobre esse livro é muito simples: ele é sobre vampiros. Vampiros de verdade. OK, eles tem algumas alterações da lenda original e eles geram um apocalipse (o que é muito legal!), mas eles definitivamente não são frescos e bonitinhos, pelo contrário, são bárbaros, famintos e destroem tudo o que encontram pela frente.

Vampiros de verdade!!!




A Cuca Recomenda: Dias Contados – Volume III

“Nenhuma profecia sobre o final dos tempos se concretizou…até agora. Cometa, desastres naturais, invasões alienígenas, o apocalipse… Nas páginas deste terceiro volume do Dias Contados, você conhecerá várias formas do mundo como você conhece chegar ao fim. O desafio lançado aos profetas desta antologia foi o de escrever o que talvez seja os últimos escritos da humanidade, fazendo justamente o que todas as profecias não fizeram: trazer, de fato, o fim do mundo. Os mais atentos perceberão que, mais do uma antologia literária, este é um livro profético, onde, em um dos contos, pode estar a solução para a sobrevivência. O fim se aproxima. Prepare-se para o inevitável.” Fonte

Hoje a Cuca aqui vai falar do fim do mundo. Afinal, dia 21 de dezembro está aí, e temos que nos preparar. Pessoalmente, acho que vai ser um apocalipse zumbi, mas nessa antologia de contos vários autores imaginaram o fim dos tempos; cada um ao seu modo, cada um com sua própria visão apocalíptica do dia que todo mundo fala há tanto tempo – mas ainda bem que nunca acontece.

Você está preparado?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 11