Posts com a tag ‘aventura’


Resenha: A Maldição da Pedra

Eu confesso que sou daquelas que tem a famosa “coceira” para comprar livros, mas deixo eles na fila para a próxima leitura – que raramente é a próxima leitura. Pois bem, isso aconteceu com A Maldição da Pedra – não só com esse, mas com a trilogia O mundo de tinta, da mesma autora. Enfim, esse ano a Seguinte publicou o terceiro livro. E a coceira voltou.

Só que é bem injusto eu adquirir o terceiro livro sem ter lido sequer o primeiro! Então eu resolvi corrigir esse isso.

A Maldição da PedraJohn Reckless, pai de Jacob e Will, sumiu sem deixar vestígios. Inconformado, Jacob gasta o dia procurando pistas que lhe deem alguma ideia do seu paradeiro. O garoto vasculha cada cantos do escritório do pai, até que um dia descobre um espelho que servia como um portal para um mundo mágico – um mundo que lhe oferece a perspectiva de liberdade e aventura.
Mantendo segredo do seu achado, Jacob passa cada vez mais tempo do outro lado do espelho. Após doze anos, o mundo sombrio se torna seu verdadeiro lar, onde tem amigos e inimigos e é reconhecido como um dos melhores caçadores de tesouros que já existiram por ali.
Will, o caçula, sente falta do irmão e estranha aqueles sumiços prolongados. Um dia, consegue burlar sua constante vigilância e o segue através do espelho, ato que tem uma consequência terrível. Ferido pelos goyls – homens frios e violentos, que têm pele de pedra e olhos de ouro -, ele acaba vítima de uma maldição: vai se transformando lenta e dolorosamente em uma dessas sinistras criaturas.
Numa corrida contra o tempo, Jacob precisa encontrar o antídoto para o feitiço. Para empreender essa jornada, ele conta com a ajuda da raposa Fox, sua companheira de muito tempo, e Clara, a namorada de Will, que atravessa o espelho para encontrá-lo. Juntos, eles vão enfrentar os perigos e as armadilhas do Mundo do Espelho – antes que seja tarde demais e Jacob perca o irmão para sempre.
Povoado por fadas, bruxas, unicórnios e tritões, e tendo cenários como o castelo da Bela Adormecida e a casa de doces da bruxa de “João e Maria”, o mundo criado por Cornelia Funke remete o leitor aos mais conhecidos contos de fadas de todos os tempos. Na narrativa, contudo, a ênfase da autora recai nos aspectos mais sombrios e brutais das histórias, criando-se uma atmosfera ao mesmo tempo familiar e soturna. É nesse mundo que se desenrolam as aventuras dos irmãos Reckless, uma história de maldição, traições e vingança, mas também de coragem, lealdade e amor. Fonte

Continue lendo…




Resenha: O Martelo de Thor

o_martelo_de_thorEm A Espada do Verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.
Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin — tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.
Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano. Fonte

Embora seja uma sequência, essa resenha está LIVRE de spoilers.

Continue lendo…




Top Ten Tuesday: Dez motivos para ler Metrópole: Despertar

ttt2013

O Top Ten Tuesday de hoje seria REWIND, mas eu estava com preguiça de escolher um tópico antigo, então pensei, que tal fazer um FREEBIE? Bem, aqui estamos. Problema 1 resolvido, vamos ao problema 2: tema.

Eis que duas coisas aconteceram essa semana. 1. Metrópole: Despertarde Melissa de Sá entrou em pré-venda na sexta-feira passada no site da Editora Draco. 2. A Melissa de Sá faz aniversário hoje (Parabéns, Mel! \o/ Comprem os livros dela para fazer uma autora feliz!). Bem, eu já queria fazer uma resenha desse livro fantástico há algum tempo (sim, eu li antes, meus amigos, eu tenho esse superpoder), então… por que não um Top Ten Tuesday-Resenha para agitar as coisas?

Então venham descobrir os dez motivos para ler Metrópole: Despertar, esse livro foda que você mal conhece, mas vai gostar pacas.

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

Continue lendo…




Resenha: O Mensageiro

Um livro aparentemente inocente, daqueles que começam calmos, e acabam por mudar sua vida. Não se engane, apesar da capa tímida e de seu antecessor ter diminuído as expectativas da série, O Mensageiro é um livro para abalar as estruturas e confronta de cara a cara seu primogênito, O Doador de Memórias. Vem comigo.

“Há seis anos, Matty chegou ao pacato Vilarejo. Sob os cuidados de Vidente, um cego que tem uma visão especial, ele amadureceu e se adaptou à nova vida. Agora, espera receber seu nome verdadeiro, que determinará seu valor ali, como ocorre com todos os habitantes.

Contudo, algo nefasto está se infiltrando no Vilarejo, e os moradores, antes orgulhosos de receber forasteiros, passam a exigir que as fronteiras sejam fechadas para se protegerem.

Por ser um hábil mensageiro, Matty é encarregado de avisar os outros povoados sobre o bloqueio. Sua missão também tem outro grande objetivo: buscar Kira, a filha de Vidente, antes que seja tarde demais.

Ele é o único capaz de viajar pela Floresta, que já provocou algumas mortes. O problema é que ela também está se tornando um lugar perigoso para o garoto. Mas muitos dependem de Matty. Então, armado apenas de um poder recém-descoberto, ainda incompreensível e incontrolável, ele se arriscará a fazer o que talvez seja sua última viagem.” Fonte: Skoob

Continue lendo…




Resenha: A Rebelde do Deserto

Quando a Cia das Letras disse que tinha provas disponíveis desse lançamento, algo me dizia que eu tinha que lê-lo. A minha sorte é que dessa vez minha intuição funcionou!

A_REBELDE_DO_DESERTOO deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 2 de 712345...Última »