Posts com a tag ‘Chick-Lit’


Resenha: Becky Bloom em Hollywood

Para quem já conhece o blog já há um bom tempo, sabe que sou mega fã de Sophie Kinsella e que essa paixão veio com nossa querida Becky. Inclusive, consegui um autógrafo da Sophie na época do lançamento. Nem preciso dizer que fiquei nas nuvens, né? *__*
Ela é muito linda, gente! *momento fan-girl*

BECKY_BLOOM_EM_HOLLYWOODLos Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour – e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas. Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou? Fonte

Essa resenha não contém spoilers de livros anteriores, mas se você não conhece a série, talvez fique um pouco perdido. Vou tentar explicar resumidamente e você pode ler as outras resenhas aqui.

Continue lendo…




Resenha: O Bebê de Bridget Jones

o_bebe_de_bridget_jones__os_d_1473838337611954sk1473838337bDepois de muita pressão dos amigos e familiares (e do seu próprio relógio biológico), Bridget está grávida! Como não poderia deixar de ser, esse não era exatamente o seu plano. Agora, ela vai ter que enfrentar os mil conselhos das amigas solteiras (e frequentemente bêbadas), assim como os de mães esnobes e cheias de regras. E, entre aulas de maternidade, toques de romantismo, batatas gratinadas, ondas de hormônios e muita felicidade, ainda vai precisar encontrar a resposta para a pergunta que todos parecem fazer: “Quem é o pai?”.

Continue lendo…




Resenha: Eu odeio te amar

Eu odeio te amar“Débora estava prestes a viver o dia mais feliz de sua vida. Tudo estava pronto para o casamento perfeito com Felipe, o noivo mais lindo e fofo que alguém poderia ter. O apartamento estava arrumado, e todos os detalhes da lua de mel na Grécia, acertados. Até um novo emprego na redação de uma revista feminina a esperava na volta da viagem. Seria o começo de uma nova etapa de uma vida com a qual ela sempre sonhou. Na véspera da cerimônia, o noivo precisou ficar até mais tarde no escritório para resolver as últimas pendências, e ela resolveu fazer uma surpresa e aparecer sem avisar. Mas quem foi surpreendida foi ela: pegou Felipe em flagrante com a irmã do sócio, na situação mais comprometedora possível. O que fazer? Armar um escândalo e terminar tudo? Esquecer o que viu, casar e ser feliz para sempre? O que fazer quando se sente, ao mesmo tempo, um amor profundo e um ódio avassalador? Para Débora, a resposta é: criar um plano maluco para sair dessa situação e dar a volta por cima!”

Com todo o meu amor por chick-lits, é claro que eu me interessei por “Eu odeio te amar”, de Liliane Prata. Ele tinha tudo para ser aquele livro divertido, que faz o leitor dar várias risadas durante as aventuras da protagonista… Mas, infelizmente, não foi isso o que aconteceu.

Eu odeio te amar é narrado por Débora, que na véspera da cerimônia do seu casamento se depara com uma situação nada agradável. Ela fez uma surpresa para o seu noivo no escritório e acaba o flagrando em uma posição muito comprometedora com Luma, a irmã do sócio. Débora sai sem que ninguém percebesse e então começa a pensar no que fazer. Débora decide continuar com o casamento e na hora do famoso “sim”… Ela iria chocar todo mundo e dizer “não”. Porém, na hora do casamento, Débora muda completamente os planos e decide que ela vai casar sim, mas nada de “felizes para sempre” para eles. Ela pretende traí-lo com alguém… E assim fazê-lo sofrer da mesma forma que ela.

Continue lendo…




Resenha: Quando Saturno Voltar

A Globo Livros disponibilizou esse livro para o blog e eu logo me interessei em ler. Apesar de ser leiga em questão de Astrologia, influência dos astros, eu sou super curiosa com essas coisas e vi de cara que ia gostar dessa história. Depois que recebi o kit mega fofo, ainda tive que adiar um pouco a leitura, mas assim que tive um tempinho, corri para ler! E não me arrependi!

QUANDO_SATURNO_VOLTARQuando Saturno Voltar – Conta história envolvente e divertida sobre aceitar mudanças inesperadas e seguir em busca da felicidade. Em seu novo romance, Laura Conrado conta a história de Déborah Zolini, uma jornalista sonhadora e fã de Pablo Neruda que trabalha como assessora de imprensa de um clube de futebol da segunda divisão e namora o médico Sérgio há quatro anos. Ela faz planos de construir uma vida a dois, arrumar um emprego melhor e correr atrás de desejos que ainda não realizou. Só que a vida, ou as estrelas, guardam surpresas para Déborah. Em uma viagem ao Chile, ela encontra uma mulher misteriosa que lhe fala sobre o retorno de Saturno. O planeta, que leva, em média, 29 anos para dar uma volta no sistema solar, voltará à posição em que se encontrava quando a jornalista nasceu. Para quem acredita em astrologia, esse é momento em que as pessoas passam por várias mudanças, que vão prepará-las para encarar o resto de sua vida. Déborah não leva a moça muito a sério, mas pede às estrelas que a ajudem a realizar seus desejos. No entanto, no voo de volta ao Brasil, um encontro inesperado começa a abalar a vida aparentemente certinha da protagonista. Aos poucos, Déborah começa a notar que seu namoro anda meio morno, a falta de reconhecimento no trabalho a incomoda. Ela começa a admitir que não está gostando do rumo que as coisas estão tomando. Será a hora de partir para novos desafios? Trocar aquele relacionamento confortável pelo frio na barriga? Sair de vez da zona de conforto e ver o que acontece? Fonte

E aos 29, com o retorno de Saturno, decidi começar a viver…




Resenha: Uma curva no tempo

Uma curva no tempoA noite do acidente mudou tudo… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim… Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

Quando eu li a sinopse e reparei na capa de Uma Curva no Tempo, eu cheguei logo a conclusão de que esse livro faz parte do grupo daqueles que eu amo ler. O enredo tinha um potencial incrível e, quando fui ler resenhas dele no Goodreads, a maioria delas era bastante positiva. Depois de ter terminado o livro, fui no Skoob e lá a maior parte das resenhas eram positivas também. Me sinto completamente a “ovelha negra” fazendo essa resenha, mas Uma Curva no Tempo me decepcionou bastante.

Antes de irem para a faculdade, Rachel Wiltshire e seus amigos fizeram um jantar de despedida. Todos eles estavam comemorando essa nova etapa até quando um carro desgovernado foi em direção ao local onde eles estavam sentados. Todos conseguem se afastar – menos Rachel, que demora e fica presa sem conseguir sair. Jimmy, seu melhor amigo, volta e consegue salvá-la – mas ele acaba sofrendo o impacto completo da batida e, infelizmente, não consegue sobreviver. Cinco anos mais tarde, Rachel ainda convive com o sentimento de culpa e uma enorme cicatriz no seu rosto que sempre a relembra sobre o acidente. Porém ela vai ter que ser forte já que terá que voltar para a sua cidade para prestigiar o casamento de Sarah, a sua melhor amiga. Durante a sua visita, ela vai ao cemitério onde o seu melhor amigo está enterrado – e devido a sua dor de cabeça recorrente, acaba desmaiando. Quando ela acorda no hospital, ela se depara com uma realidade completamente diferente: seu pai não está mais com câncer, Matt (seu antigo ex-namorado) é o seu noivo, e o mais impactante de tudo: Jimmy está vivo…

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 912345...Última »