Posts com a tag ‘Contos’


A Cuca Recomenda: Branca dos Mortos e os sete zumbis e outros contos macabros

Foi com muita expectativa que comecei a ler Branca dos Mortos e os sete zumbis e outros contos macabros, do autor santista Fábio Yabu, nessa nova edição da Globo Livros. Bem, primeiro é um livro de terror. Depois: terror + contos de fadas. E ainda por cima é de contos. Eu adoro tudo isso, é totalmente a minha praia. Além disso, o autor é santista, da minha cidade, o que foi um plus para que eu tivesse curiosidade de conferir esse título. Infelizmente, a leitura não foi tão proveitosa: salvo por uns dois ou três contos brilhantes, o saldo do livro foi bastante desanimador. Com um terror visceral, Fabio Yabu nos apresenta uma nova versão dos contos de fadas… que não foi tão surpreendente assim.

“Branca dos Mortos e os sete zumbis, clássico underground do escritor e roteirista Fábio Yabu é reeditado pela Globo Livros e ganha um conto inédito “Você acredita em contos de fadas?” Pergunta Eduardo Spohr no prefácio. E continua, “Alguma coisa me diz que até o final deste livro você passará a acreditar”. Para que o feitiço Yabu dê certo, é necessário que esqueça tudo o que você sabe sobre contos de fadas. Branca de Neve não é apenas uma jovem ingênua, mas também uma implacável caçadora de zumbis. Cinderela guarda um terrível segredo, que selará seu destino para sempre. Rapunzel está longe de ser uma reles menina isolada numa torre. E a morte da Pequena Vendedora de Fósforos revela uma tradição macabra de morte e psicopatia que vai muito além de uma inocente história infantil. Em Branca dos Mortos e os sete zumbis, Fábio Yabu resgata a tradição clássica dos contos de fadas dos irmãos Grimm e de Hans Christian Andersen, onde as histórias, mais que um simples entretenimento, servem como lições para moldar o caráter das crianças, na maior parte das vezes por meio do medo. Aqui, não há meias-palavras nem eufemismos. O mundo encantado de Yabu é atormentado, sombrio e com altas doses de tensão sexual. Protagonizadas por personagens dos contos de fadas, revelam facetas nunca antes imaginadas de suas personalidades. Além disso, os doze contos que compõem Branca dos Mortos e os sete zumbis formam uma narrativa não-linear que culmina num desfecho aterrorizante. Um livro para ler com as luzes acesas. Bons sonhos.” Fonte

Todos aqui esperam por alguém. Ou alguma coisa. Uma noiva, um filho, uma herança, um segredo.




A Cuca Recomenda: Botão de Rosa

“A Rosa Vermelha é a cortesã mais sofisticada e renomada em toda a Terra Pátria. Nobres, sacerdotes e burgueses ricos são os únicos que podem arcar com sua companhia. Quando é convidada para uma sessão especial para um grupo seleto, lembra-se de sua trajetória até e, acima de tudo, de por que decidiu se tornar uma artista dos prazeres.” Fonte

Botão de Rosa é um conto do autor Erick Santos Cardoso, que originalmente figura na antologia Erótica Fantástica, da Editora Draco. A proposta desse livro é trazer contos eróticos misturados à fantasia. Assim como já comentamos aqui em algumas resenhas, os contos das antologias da Draco também se tornam e-books individuais na coleção Contos do Dragão. E foi então que me interessei por Botão de Rosa.

O beijo dela era pequeno.




A Cuca Recomenda: Divulgação Boy’s Love

Boy’s Love – Histórias de amor sem preconceito, antologia organizada pela autora e ilustradora Tanko Chan, é mais um dos lançamentos da Editora Draco nesse mês. A proposta do livro é de histórias de amor entre rapazes, o yaoi, presente fortemente em mangás. Não sei vocês, mas eu vibrei quando vi o beijo e aquele final super fofo da novela, com o Felix e o Niko. Acredito que a editora escolheu um ótimo momento para lançar esse livro e, gente, ele está mesmo muito caprichado. Uma ótima pedida para quem curte romances! ‘Bora lá conhecer?

“Porque toda forma de amor deve ser celebrada

Quem escolhe por quem se apaixonar é o coração: não há razão, barreiras nem diferenças, pois amar está acima dos gêneros.

Nas páginas de Boy’s Love – Histórias de amor sem preconceito, o amor entre rapazes se apresenta em uma variedade de situações, sejam eles jovens ou homens feitos, magos, robôs, sobreviventes em sociedades distópicas, cientistas e até mesmo alienígenas.

Boy’s Love ou yaoi são apenas formas de descrever esse fenômeno que surgiu no Japão e conquistou o mundo. São histórias em que o romance está presente em todas as linhas, mas há também questionamentos importantes nas entrelinhas. Cada conto deixa uma marca: algumas vezes uma lágrima ou um sorriso; em outras, uma reflexão. Porém, nessa enorme e deliciosa mistura, há sempre o amor nas suas diversas nuances, podendo ser doce como uma torta de morangos ou picante, cheio de sedução e desejo.

Organizada e ilustrada por Tanko Chan, a antologia traz sensíveis histórias de Inês Montenegro, Marcia Souza, Fabio Baptista, Priscila Barone, Diego Umino-Hatake, Agatha Yukari, Rubem Cabral e Melissa de Sá.

Seja por atração, seja por um capricho do destino, as vidas desses rapazes estão ligadas por laços de afeição que vão superar barreiras sociais, conflitos e enormes distâncias para viverem juntos essa paixão. Prepare-se para sentir intensamente: sem medo, sem preconceito. Porque toda forma de amor deve ser celebrada.” Fonte

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Charlotte Sometimes

“Conto do autor veterano de ficção científica Fábio Fernandes, originalmente publicado em “Interface com o Vampiro”. Um homem, uma noite, um bar. O que ele faz ali? Entre os vapores do gelo seco e as névoas da amnésia, Júlio busca uma resposta para tantas dúvidas que o assombram. Mas ele pode não gostar do que vai encontrar entre os escombros da sua memória – ou será a memória de outra pessoa?” Fonte

Adoro ler contos no meu Kindle. A maioria que leio são brasucas, e se vocês visitarem regularmente a Amazon.com.br, certeza que vão encontrar muita coisa boa, ora a preços baixíssimos, ora até mesmo gratuitos. É o exemplo desse conto do autor Fábio Fernandes. Disponibilizado gratuitamente pela Editora Draco, ele faz parte da coleção Contos do Dragão, que já comentei aqui com vocês em outras resenhas. Recomendo e muito que leiam contos, pessoal. São uma ótima maneira de conhecer um autor e querer procurar outras de suas obras. Foi o que aconteceu comigo ao ler Charlotte Sometimes.

No fundo, porém, o que ele temia realmente era descobrir que todo mundo sentia a mesma coisa, que ele era apenas um garoto normal. Júlio nunca quis ser um sujeito normal.




Resenha Dupla: Deixe a Neve Cair

Eu mencionei esse livro recentemente em um Top Ten Tuesday sobre lançamentos que estava louca pra ler. Como ele era sobre o Natal, decidi que o leria esse mês, apesar da lista infindável de livros na fila.  Também para entrar no clima de Natal, apesar de que o livro todo envolve neve e… aqui não temos neve nessa época. A Lany também aproveitou e leu na mesma época, então resolvemos fazer essa resenha dupla como presente de Natal para vocês, espero que curtam! Meus comentários estão em vermelho e os da Lany em verde.

DEIXE_A_NEVE_CAIRSinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura. Fonte

Continue lendo…