Posts com a tag ‘Erótico’


Resenha: Só tenho olhos para você

Mais um livro da família Sullivan! Eu já li algumas resenhas falando que esse era o melhor livro da série, mas sinceramente, não achei tudo isso. Então vamos lá:

SO_TENHO_OLHOS_PARA_VOCESinopse: Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é.

No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado. Fonte

Continue lendo…




Resenha + Promoção: Não posso me apaixonar

Apesar de sermos parceiros da Novo Conceito, acabei adquirindo este livro em e-book, porque… Bem, simplesmente porque o kit em que viria esse livro demorou só seis meses para chegar!  rs

Isso mesmo, infelizmente os livros da Novo Conceito de janeiro não vieram na época certa, houve algum tipo de extravio e só chegou no mês passado (não tenho certeza se mandaram outro kit, mas que demorou seis meses para chegar, é fato).

Em todo o caso, não tive oportunidade de fazer a resenha antes, então vou aproveitar que agora podemos sortear um exemplar e fazer a resenha. :)

NAO_POSSO_ME_APAIXONARSinopse: Gabe Sullivan é um bombeiro de São Francisco que arrisca sua vida todos os dias. E sabe, por experiência própria, que não deve se envolver com as vítimas de incêndios. Megan Harris admite que deve tudo ao heroico bombeiro que entrou no prédio em chamas para salvar sua filha de sete anos. Ela lhe deve tudo, exceto seu coração, pois, após perder o marido, cinco anos antes, jurara nunca mais sofrer por amor e pela perda.

Contudo, quando Gabe e Megan se reencontram e as chamas incontroláveis do desejo se acendem, como ele poderia ignorar a coragem, a determinação e a beleza dela? E como ela poderia negar não apenas o forte vínculo de Gabe com sua filha, mas também a maneira como seus beijos carinhosamente sensuais a induziam a colocar em risco tudo o que manteve por tanto tempo?

A atração entre Gabe e Megan é irresistível, e se ambos não forem cuidadosos, correm o risco de se apaixonar.

Continue lendo…




Resenha: S.E.G.R.E.D.O

“Ao contrário de outros romances que retratam situações e pessoas quase irreais, S.E.G.R.E.D.O. traz como protagonista uma mulher como muitas que deixou sua sexualidade de lado – e que não vê a hora de retomá-la.

Cassie, uma viúva de 35 anos que vive sem nenhum luxo em um quarto alugado, trabalha como garçonete em Nova Orleans e tem uma vida amorosa nula, deixa para trás as incertezas que a marcaram durante seu casamento com um marido alcoólatra e egoísta para descobrir seu potencial como mulher. Cassie é chamada a participar de uma sociedade secreta essencialmente feminina, que tem por objetivo “ajudar mulheres a entrar em contato com seu lado sexual. E, assim fazendo, elas tornam a ter contato com a parte mais poderosa de si mesmas. Um passo de cada vez”, e 10 Passos no total.

Dentro de S.E.G.R.E.D.O., as integrantes são convidadas a redescobrir sua feminilidade e sensualidade a partir das fantasias que elas mesmas escolhem (mesmo sem saber ao certo como ou quando elas se realizarão). Os homens, neste contexto, apenas ajudam a organização a realizar os desejos mais íntimos das participantes em cada um de seus 10 Passos. Ao longo dessas etapas, elas ganham a confiança para buscar novos amores: o seu amor próprio e o de uma nova paixão.” Fonte

Tenho que confessar: fiquei muito curiosa quando descobri esse livro. Li algumas resenhas e críticas muito boas, mas já pela sinopse dava para perceber o que mais me atraiu: era um livro erótico diferente dos livros eróticos atuais. Para começar, Cassie não era uma garotinha virgem, mas sim uma mulher já madura e viúva, com experiências sexuais. E gostei também da premissa de uma sociedade secreta que ajudasse as mulheres a se redescobrirem. Aí encontrei uma bela promoção no Submarino (e até veio uma linda pulseirinha) e, pronto, comprei e passei o livro à frente de todas as leituras. Valeu a pena? Sim, mas nem tanto.

Os corações deveriam se assentar no fundo do estômago, onde há mais isolamento para esconder sua batida ansiosa.




A Cuca Recomenda: Tesão

“Esqueça a ordem poética da sedução neste livro de Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas Roque Clube. Porque os contos e poemas eróticos de Tesão conduzem o leitor a um mundo sem limites, sem preconceitos. A uma atmosfera enigmática que instiga a imaginação e desperta o desejo por uma aventura que entorpece o corpo. Carne, sexo, violência e força – o encontro de dois animais num confronto vital pela continuação da existência. O primitivo, o condenável, o que os outros não têm coragem de levar adiante por medo do pecado e do julgamento divino. Um prazer que assassinou a culpa, depois cuspiu o sangue no chão.” Fonte

A Cuca hoje tá “sapekenha”, gente! Recebi Tesão da nossa parceira Belas Letras, o novo livro do autor e compositor Tico Santa Cruz, do grupo Detonautas Roque Clube, essa semana e li em UMA NOITE! Sério, gente, o livro foi viciante. Acho que demorei apenas umas duas horinhas para ler. Você não consegue parar. ‘Bora lá saber o que achei desse livro erótico e poético?




Resenha: A História de O

“A História de O, da autora francesa Pauline Réage, é uma novela sadomasoquista que veio a público poucos anos antes da morte da autora. Publicada em 1954, em francês, é uma fantasia de submissão feminina de uma fotógrafa parisiense de moda que é vendada, acorrentada, chicoteada, marcada, feita para usar máscara, e ensinada a estar sempre disponível para o sexo oral, vaginal e/ou anal. Trata-se de um clássico do gênero erótico na linha de Venus in furs, pois o sadomasoquismo é seu ponto forte. É sobre uma jovem que no início joga como dominada, mas quanto mais resiste à tortura, mais gosta de ser escrava. Anos antes do movimento feminino, essa história ensina as mulheres a assumir o controle de seus desejos sexuais e não permitir que ninguém faça escolhas por elas. Em fevereiro de 1955, o livro ganhou o prêmio francês de literatura Prix des Deux Magots, embora isso não tenha evitado que as autoridades francesas acusassem o editor de obcenidade. As acusações foram rejeitadas pelos tribunais, mas um boicote publicitário ocorreu durante longos anos. Isso porque a sociedade não teve cabeça aberta o suficiente para entender o caminho que a sexualidade pode tomar em seus momentos mais escuros.” Fonte

A História de O não é um livro para ser lido duas vezes. Mas é uma história que deve ser lida.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 4 de 512345