Posts com a tag ‘fantasia’


Resenha: Feita de fumaça e osso

Olá! Esse foi o primeiro e-book que eu comprei diretamente para meu Kindle (se não o primeiro, está entre os primeiros), comprei tem quase um ano e só consegui lê-lo agora, aproveitando o Desafio realmente desafiante 2013, que é promovido pelo blog Silêncio que eu to lendo da Clícia Godoi.

Por falar nisso, esse livro é uma das opções para o item número 5. Ler um livro que o autor tenha a mesma inicial que a sua.

Para ler as outras resenhas feitas para o Desafio, é só dar uma olhadinha na minha meta de leitura.

feita_fumaça_ossoSinopse: Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito. Fonte.

Eu terminei de ler esse livro hoje e estou com a sensação ainda de confusão. O livro é bom, mas… Sempre tem um “mas”.

Era uma vez um anjo e um demônio que se apaixonaram. A história não acabou nada bem.




Resultado: Concurso Cultural – Por que você curte ler fantasia?

concursoliterario

E aí, pessoal? Curiosos para saber quem ganhou nosso concurso cultural e levou para casa o excelente livro Sombra e Ossos? Lembrando que, conforme as regras, o sorteio foi realizado via Random entre os comentaristas que seguiram as regras (responderam à pergunta e colocaram seu e-mail no corpo do comentário). Apesar das ótimas respostas, o vencedor foi escolhido segundo o método descrito acima e nas regras. Preparados? Então ‘bora lá conhecer o sortudo ou sortuda!

Quem será?




Resenha + Promoção: A menina que semeava

Logo que chegaram os kits de junho/julho da Novo Conceito não consegui resistir e, mesmo sem ter finalizado minha leitura atual, iniciei imediatamente a leitura de A menina que semeava. Desde que o livro foi apresentado fiquei interessada por ele: primeiro, a capa é linda (e ainda mais bonita quando se pega o livro na mão); segundo e mais importante, a sinopse realmente chama a atenção. O livro se trata da história de um pai e uma filha que criaram um mundo de fantasia para fugir da triste realidade do câncer. Minhas expectativas, portanto, estavam altíssimas, e o livro realmente correspondeu a elas. Sensível e comovente, A menina que semeava é uma leitura tão fantástica quando o reino azul de Tamarisk.

“Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá que enfrentar mais um grande problema em sua vida. Quando Becky era pequena e teve câncer, Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema. Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão que desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles.A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse. Uma fantasia que trabalha assuntos densos como a separação dos pais, oncologia infantil, separação de filha e pai, adolescência. A menina que semeava não é um livro sobre adolescentes comuns. É sobre uma que se deparou prematuramente com a ameaça do fim e teve de tentar aprender a lidar com ele.” Fonte

A imaginação cria coisas infinitas.




Concurso Cultural: Por que você curte ler fantasia?

concursoliterario

E aí, pessoal? Prontos para um concurso cultural valendo Sombra e Ossos? Quem leu a resenha aqui no blog já sabe que eu adorei esse livro e que ele foi uma das minhas melhores leituras do ano. Agora o Por Essas Páginas e vários outros blogs, com o apoio da Editora Gutenberg, trazem a chance de vocês também ganharem um exemplar desse super lançamento! Preparados? Então vamos lá conhecer as regras!

Continue lendo…




Resenha + Promoção: O Livro do Amanhã

Demorou, mas saiu! Faz tempo que li O livro do amanhã, mas aconteceram TANTAS coisas aqui do outro lado da tela que não conseguia postar a resenha dele. Pois bem, não apenas teremos a resenha, como também uma promoção. Mas vamos por partes, primeiro, a resenha.

O_LIVRO_DO_AMANHASinopse: Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino. Fonte

Embora eu tenha um exemplar de P.S. Eu te amo, esse é o primeiro livro de Cecelia Ahern que eu li.  A leitura é intrigante e, embora algumas partes pareçam monótonas ou descritivas demais, ela consegue aguçar sua curiosidade a partir de determinado ponto da história que é difícil largar o livro antes do final.

“Dizem que uma história perde algo cada vez que é contada. Se assim for, esta nada perdeu, pois a contarei pela primeira vez.”

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 17 de 20« Primeira...10...1516171819...Última »